Cidades

Segunda-Feira, 09 de Julho de 2018, 16h:54 | Atualizado: 10/07/2018, 11h:50

GUERREIRA

Enterrada viva recebe alta hospitalar, mas futuro incerto ainda a mantém internada

Santa casa

Criança respira sem ajuda de aparelhos e funções renais normalizaram

A indígena recém-nascida enterrada viva, supostamente pela bisavó e pela avó, recebeu alta hospitalar nesta segunda (9), na Santa Casa de Misericórdia, na Capital. Ela nasceu em Canarana (a 837 Km de Cuiabá), em 5 de junho.

Um dia depois, foi transferida do Hospital Regional de Água Boa (a 747 km de Cuiabá) e chegou em Cuiabá com a saúde comprometida. Permaneceu quase um mês internada na UTI neonatal. Passou por procedimento cirúrgico, para colocar e, posteriormente, retirar uma sonda que era utilizada para alimentá-la. Respirava por aparelho e fez diálise, em razão de problemas nos rins.

Porém, conforme  boletim médico desta segunda, a criança apresentou melhora nos últimos dias e deixou de utilizar a sonda e passou a respirar sem aparelhos. Ela também deixou de utilizar antibióticos, que controlavam infecções causadas pelo período de mais de cinco horas em que ficou enterrada.

Nesta segunda, o Ministério Público Estadual foi notificado sobre a alta hospitalar da criança. Caberá à instituição definir para onde a criança será levada. O responsável por definir o futuro da recém-nascida deverá ser um promotor de Canarana, que está acompanhando o caso. Por enquanto, requereu que fique tutelada em abrigo.

Enquanto segue com o futuro incerto, a pequena permanece em um quarto da Santa Casa de Misericórdia. Desde que chegou ao local, ela tem sido acompanhada por representantes da Casa de Saúde Indígena (Casai).
Conforme a Santa Casa, a criança não deve apresentar sequelas em decorrência do período em que esteve enterrada viva.

Apesar de a mãe da criança, uma adolescente de 15 anos, ter manifestado interesse em ficar com a filha, não há definição se a jovem se tornará a responsável pela criança.

O caso

Conforme a Polícia Civil, a criança foi enterrada viva pela bisavó e pela avó. As duas teriam planejado, desde a gestação, o enterro da pequena logo após o seu nascimento. A bisavó, porém, alegou que decidiu enterrar a garota por acreditar que ela havia nascido morta.

A bisavó e a avó chegaram a ser presas, após decisão da Justiça. Atualmente, elas permanecem em liberdade, mediante o uso de tornozeleiras eletrônicas.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Selma sob risco de ganhar e não levar

selma arruda curtinha   Uma das grandes surpresas nas urnas de MT, a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), eleita senadora na 1ª vaga, ao alcançar 678.542 votos, ainda vai ter muita dor de cabeça até o fim da investigação em que é acusada de abuso de poder econômico, através de caixa...

Deputado culpa Emanuel pela derrota

valtenir pereira curtinhas   Valtenir Pereira (foto), do MDB, tem culpado, em parte, pela derrota nas urnas pelo quarto mandato, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, do mesmo partido. Em privado, reclama que o prefeito, que recebeu o seu apoio para chegar ao Palácio Alencastro em 2016, lhe passou as pernas, pois havia se comprometido em...

Eraí paga R$ 1 mi de dívidas de Taques

erai maggi   O empresário Alan Malouf revelou, em delação no STF, que em meados de 2016, já no segundo ano do Governo Taques, o rei da soja Eraí Maggi (foto), do Grupo Bom Futuro, lhe pagou R$ 1 milhão, inclusive em espécie. Segundo Alan, o pagamento serviu para abater o débito de parte de um...

Modesto embolsa R$ 300 mil de extra

julio modesto curtinhas   Não foi somente Paulo Brustolin, que recebera salário extra milionário para comandar a pasta de Fazenda do Governo Taques, totalizando R$ 1,4 milhão (R$ 500 mil de "luva" e mais R$ 80 mil mensais entre janeiro e dezembro de 2015). Segundo o delator Alan Malouf, um grupo de empresários,...

Mais de R$ 1 milhão só de salário extra

paulo brustolin sefaz curtinhas   Em delação homologada no Supremo em janeiro deste ano, o empresário Alan Malouf conta que o executivo Paulo Brustolin (foto), numa negociação chancelada pelo governador Taques, recebeu R$ 500 mil a título de "luva" para assumir o cargo de secretário estadual de...

Vice migra para PP e deve ir a prefeito

ubaldo barros curtinha   O vice-prefeito de Rondonópolis, professor universitário e empresário Ubaldo de Barros (foto), só esperou o resultado das urnas para migrar de partido. Trocou o PSL pelo PP, que terá uma cadeira na Câmara, com Neri Geller, e outra na Assembleia, com Paulo Araújo. Embora...

Pivetta atuará como gestor do Núcleo

otaviano pivetta curtinhas   Com carimbo de bom gestor que ajudou Lucas do Rio Verde, enquanto prefeito por 3 mandatos, a ganhar o topo nacional em referências, como de IDH e de educação, o empresário e vice-governador eleito Otaviano Pivetta (foto), do PDT, não vai assumir secretaria na gestão Mauro. Mas...

Distante e com maior votação em ROO

adilton sachetti curtinha   Embora distanciado de Rondonópolis - vive mais em Cuiabá -, o deputado federal e sojicultor Adilton Sachetti conquistou uma votação histórica ao Senado no município. Dos 333.082 obtidos nas urnas, 61.397 vieram da cidade onde ele foi prefeito e depois perdeu a...

Respaldo dá a Taques a maior votação

thelma de oliveira curtinha   Diferente de Rondonópolis, onde o apoio e empenho do prefeito Pátio contribuiu para tirar voto de Taques, em Chapada dos Guimarães, a prefeita Thelma de Oliveira conseguiu entregar o que prometeu de votos. Ela teve uma participação importante na boa votação do governador...

MAIS LIDAS