Cidades

Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 17h:52 | Atualizado: 18/06/2019, 09h:00

DEU NO FANTÁSTICO

Estudante critica matéria do Fantástico e garante que faculdade não fraudou Enade

Arquivo Pessoal

Graziane de Oliveira Melo

Graziele posa com beca durante ensaio fotográfico da turma, que está no 10º período

Estudantes do décimo período de Direito da Faculdade Cândido Rondon, em Cuiabá, afirmam que foram prejudicados pela reportagem do programa Fantástico, exibida pela Rede Globo neste domingo (16). Eles negam que tenha havido fraudes no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

A reportagem do Fantástico mostrou que três faculdades de Cuiabá são investigadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) por suspeitas de irregularidades no Enade. Conforme o programa, as instituições anteciparam a formatura de estudantes que tiravam notas baixas para que não participassem do exame de avaliação das unidades de ensino superior.

As instituições investigadas – que pertencem à mesma sociedade – são a Faculdade Cuiabá, a Faculdade Cândido Rondon e a Faculdade Desembargador Sávio Brandão. Elas são dirigidas por Maria Aparecida Enes Andrade, que aparece em gravações orientando sobre as supostas fraudes.

Uma das representantes da turma do décimo período de Direito da Faculdade Cândido Rondon, Graziane de Oliveira Melo, 35 anos, criticou as informações trazidas pelo Fantástico. “Essa reportagem deu a entender que somos os piores alunos. Mas não é verdade. A faculdade é a única em Cuiabá totalmente presencial, sem nenhum conteúdo online”, declarou.

“Eu estudava em outra universidade e, assim como outros alunos, fui para lá porque acredito que há um ensino melhor”, acrescentou.

Segundo a reportagem do dominical, somente alunos com bom desempenho fizeram o Enade. Isso porque a faculdade havia tirado notas baixas nos exames anteriores e, caso não tivesse bom desempenho no exame do ano passado, poderia sofrer sanções e, em casos mais graves, até poderia ser obrigada a fechar os cursos.

Conforme a reportagem, alunos com desempenho ruim eram aprovados e obtinham diploma mesmo sem completar toda a carga horária do curso, somente para que não fizessem o Enade.

Graziane nega que tenha havido seleção de alunos que fizeram as provas. Ela afirmou que os estudantes receberam preparação para que fizessem o exame. “A faculdade fez de tudo para poder nos ajudar. Deram cursos preparatórios para o exame, que também serviu para a prova da Ordem dos Advogados do Brasil”.

As atividades preparatórias seriam feitas no período das aulas. Segundo o Inep, conforme exibido no Fantástico, a preparação para o Enade não pode substituir a grade curricular normal.

Nós somos formandos e não queremos ser taxados como piores alunos de Cuiabá

Graziela de Oliveira

Sobre a suposta formatura antes do período, para melhorar o desempenho no Enade, ela afirmou desconhecer o assunto. "Sobre esse ponto, não tenho como dizer nada, pois realmente não sei".

Denúncias da reportagem

Outra denúncia feita pela reportagem do Fantástico mencionou que a universidade obrigou os alunos a preencherem o "Questionário do Estudante" – um dos critérios também utilizado na avaliação do Enade – dentro da instituição de ensino, para controlar as respostas.

Segundo Graziane, as respostas foram dadas dentro da universidade por um procedimento padrão. "Não vi nada fraudulento nisso", disse.

Ela declarou que acredita que a reportagem sobre as faculdades foi uma questão puramente comercial. "A Faculdade Cândido Rondon tem os melhores preços e está tendo uma demanda muito grande de alunos. Isso pode ter incomodado”, declarou.

“Queremos que tirem os nomes dos alunos e dos professores desse caso, porque não temos nada a ver com isso. Nós somos formandos e não queremos ser taxados como piores alunos de Cuiabá, como tenta mostrar essas denúncias”, completou.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • The Dark | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 10h58
    5
    0

    Olha, oque vc disse resume o seguinte: "Escluimos os que iriam tirar notas ruins, portanto não ouve fraude" minha querida isso é a mesma coisa de dar voto só para homens, vocês simplesmente máscararam a sua nota e até onde eu sei, isso é esconder dados e informações que se enquadra em fraude também... então me desculpa, mas você está errado.

  • Paulo Lopes | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 20h05
    7
    0

    Faculdades como INVEST E FAIP sua hora vão chegar..... Os problemas delas são deste diplomas falsos e cursos com valores altos não reconhecido no MEC..... SOCORRO MPF E PF.... pior é ver políticos andando nos corredores destas instituições pagando de moralistas.... Aliás estes donos de faculdades e coordenadores de cursos de faculdades particulares podem dar visto em outras faculdade novas com equipes do MEC para aprovar cursos superiores..... ? Invest é uma das faculdades com mais problemas de cursos de andamentos sem um futuro certo.... Enquanto isto alunos pagando altos valores e pior é ver professores de renome conivente com tais absurdos...... SOCORRO entra nas prefeituras e outras autarquias e faça uma devasta nos diplomas e ai sim saberão oque todos sabem mais não denunciam sou aluno da FAIP

  • João da Silva | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 18h37
    9
    0

    Só passar na OAB , senhora formanda que tudo melhora a vocês!

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

Ex-vereador do DEM recua da disputa

ivan evangelista 400 curtinha   O pecuarista e ex-vereador Ivan Evangelista (foto) vai mesmo jogar a tolha. Apontado como uma das apostas do DEM na briga por vaga no Legislativo cuiabano, Ivan não se empolgou, notou dificuldades para se obter êxito nas urnas e vai comunicar a direção do partido de sua desistência da...

Gestão Tatá sob várias irregularidades

tata amaral 400 curtinha   A gestão Tatá Amaral (foto), em Poconé, está sendo marcada por uma série de irregularidades. Uma denúncia feita junto ao TCE pelo auditor público interno municipal, Ademar Vivan Júnior, foi confirmada. Descobriu-se, por exemplo, contratação...

Ucamb é multada por irregularidades

edio 400 curtinha   Numa sessão realizada por videoconferência, o TCE puniu o líder comunitário Édio Martins de Souza (foto) por irregularidades num convênio de 2009 com o Estado. Na época, Édio presidia a União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairro (Ucamb)....

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.