Cidades

Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2020, 10h:45 | Atualizado: 11/02/2020, 18h:57

BOTÃO DO PÂNICO

Ex de agente prisional se diz assustada com soltura: vão esperar ele me matar?

Botão do pânico  Edson Batista Alves agente prisional agente penitenciário

Foto ilistrativa para mostrar o botão do pânico, que parece um controle remoto. O aparelho será usado contra o agente penitenciário, caso se aproxime da ex

Ex-namorada do agente penitenciário Edson Batista Alves, de 35 anos, espancada e mantida em cárcere privado, em Cuiabá, se diz muito assustada com a soltura dele e já está com o botão do pânico para usar de imediato, caso se aproxime. Ela saiu do relacionamento com o agente agredida e ameaçada de morte, assim como o filho de 6 anos. "Vão esperar me matar para acreditarem nas montruosidades que ele é capaz de fazer?", questiona.

Vão esperar me matar para acreditarem nas montruosidades que ele é capaz de fazer?

Depois de receber uma ligação do Fórum de Cuiabá, informando sobre a soltura do suspeito, ela foi nesta manhã (11), junto com a irmã, à Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), onde mora com a mãe e o filho, para pegar o equipamento, que é um dispositivo de segurança, de uso autorizado para mulheres em risco de agressão.

Parece um controle remoto ligado aos órgãos da Segurança Pública. Se o agressor se aproximar, ele vibra. "Daí eu tenho que ligar para a polícia na hora", explica.

Tudo começou quando a vítima, que é Rondonópolis, viajou para Cuiabá, com o filho, para visitar o namorado. O que parecia o início de um romance de apenas 3 meses terminou em pancadaria. "Muito ciumento, possessivo, violento, foi se revelando aos poucos".

Além de espancar a então namorada em cativeiro, o servidor agredia também verbalmente o filho dela. Em determinado momento, bateu tão forte no braço dele que o quebrou. Chegou a dizer que, como a criança era criada com a avó, seria “viado” e uma pessoa imprestável.

O menino está visivelmente traumatizado. Demonstra sentir medo e não quer sair de perto da mãe: virou um grude. Há 2 semanas, retirou pinos que colocou no braço, para corrigir a fratura. Marcas da cirurgia ainda não cicatrizaram. De acordo com a tia dele e irmã da vítima, feridas psicológicas também não se fecharam. Por isso, o garoto foi encaminhado à terapia pela Delegacia da Mulher de Rondonópolis.

Entrou na minha casa, parecia uma pessoa agradável, amigável, afirmou ser evangélico, temente à Deus, como desconfiar de uma pessoa assim? Todos nós da família tomamos um baita susto com o que ele fez

No dia em que o agente quebrou o braço dele, primeiro as agressões foram verbais, depois a mãe ouviu o choro e foi ver o que era. O menino estava também com o olho machucado e uma queimadura na barriga. Ao tirar satisfações, o "padrasto" reafirmou que estava mantendo o plano de matá-lo.

"É um psicopata", diz a irmã da vítima. "Entrou na minha casa, parecia uma pessoa agradável, amigável, afirmou ser evangélico, temente à Deus, como desconfiar de uma pessoa assim? Todos nós da família tomamos um baita susto com o que ele fez".

Desde às agressões mãe e filho tentam rotamar a vida. As aulas recomeçaram essa semana e o menino está frequentando escola. A mãe também tenta curar feridas, sente-se ainda traumatizada, está afastada do emprego de merendeira por 3 meses.  Só não contava com a soltura do agressor, na opinião dela precoce, e o medo desse caso terminar em feminicídio.

Outro lado

O procurou o advogado do agente Edson, mas não conseguiu contato. O site está aberto a ouvir a versão do suspeito.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Critico | Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2020, 14h12
    0
    0

    C essa for ASSASSINADA a JUSTIÇA MATOGROSSENSE SERA A CONIVENTE E PODERA RESPONDER, TANTO NA VERDADE NA ESFERA CIVEL, COMO PERANTE A ORGAOS INTERNACIONAIS

  • Edson | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2020, 17h03
    2
    2

    Sou contra a soltura, mas entendo o juiz. Ele só cumpri as leis, ou seja, quem tem que endurecer é o congresso. Fazer leis que realmente proteja essas vítimas, já estamos acostumados a ver isso acontecer e no que vai dar.

  • jj | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2020, 16h46
    8
    0

    se fosse filha desse juiz queria ver se iria mndar soltar

  • Paulo | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2020, 11h31
    13
    1

    É essa moça está mesmo numa encrenca. Como conseguirá viver com um sujeito desse solto? Por isso que acontece vez ou outra justiça com as próprias mãos. Ou mato ele ou ele me mata. Se depender da justiça tá lascada.

  • Iron | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2020, 11h07
    9
    0

    Outro lado O #rdnedws procurou o advogado do agente Edson, mas não conseguiu contato. O site está aberto a ouvir a versão do suspeito. O site poderia procurar também o juiz que determinou esta soltura para uma entrevista, seria interessante e esclarecedor para entendermos. Pois temos antecedentes de seres que foram soltos e concluíram a insanidade que começaram. Ou será que que o site não tem acesso a quem determinou a soltura?

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

Janela tira muitos políticos do calvário

gilberto figueiredo curtinhas   O fechamento da janela partidária, que encerrou-se no último sábado, dia 4, marcou o fim de um longo calvário aos partidos, que tiveram que suportar em seus quadros políticos que não estavam mais de “alma”, mas somente de “corpo”. Na Câmara...

Só 2 vereadores não vão à reeleição

felipe wellaton curtinha 400   Apenas dois entre os 25 parlamentares cuiabanos não vão buscar a reeleição. O licenciado Gilberto Figueiredo, que trocou o PSB pelo DEM, quer concorrer a prefeito, assim como Felipe Wellaton (foto), que até trocou de partido, saindo do PV e agora no Cidadania. Pretende disputar...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.