Cidades

Quinta-Feira, 19 de Março de 2020, 15h:52 | Atualizado: 19/03/2020, 16h:00

CORONAVÍRUS

Hospitais regionais de MT são preparados para atender casos mais graves da doença

Rodinei Crescêncio

santa casa

“Sem pânico, doentes só devem ir aos hospitais se apresentarem sintomas graves”. É o que o secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo recomenda para a população de todo o Estado quanto à epidemia de coronavírus. Ele anunciou ontem (19), em coletiva pela internet, que a saúde pública de Mato Grosso vai migrar da fase da vigilância para a fase da assistência e deve mudar o perfil dos hospitais regionais. Isso porque a epidemia é iminente e a situação deve se agravar nos próximos dias.

Lavar as mãos, evitar leva-las ao rosto, não fazer aglomerações, são os cuidados mais eficientes. Apesar do anúncio incluir uma série de medidas preventivas por parte do governo do estado, o médico infectologista e intensivista, Abdon Salam Khaled Karhawl, alertou que o essencial deve ser feito pela população para conter o avanço do vírus. “A falta de álcool não vai comprometer os cuidados com higiene, é preciso lavar as mãos”

O médico, que vai atuar como colaborador do Gabinete de Situação, deixou claro que é muito difícil o controle da infecção. “O Brasil está tomando condutas técnicas, mas é uma avalanche de problemas porque o vírus se dissemina rapidamente. Vamos viver essa epidemia, não tem como fugir disso”.

Segundo o secretário Gilberto, todos que adoecerem após passarem por locais onde já se tem casos confirmados, serão considerados casos suspeitos. O alerta muda a abordagem para os profissionais da saúde que vão atender essas pessoas.

Crianças podem ter o vírus e não apresentar sintomas. Mesmo não adoecendo, elas podem ajudar a espalhar a contaminação

secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo

O governo do Estado está redesenhando o perfil assistencial dos hospitais regionais para que ao longo do agravamento da crise se tenha condições de priorizar os casos mais graves. Assim, foram cancelas as cirurgias eletivas, aquelas que podem ser realizadas em outro momento sem comprometer a vida do paciente. O objetivo é ter o máximo de leitos possíveis para atender os casos mais graves.

A partir de quinta (19), profissionais da saúde que participaram de treinamento terão condições de fazer os testes oficiais no Lacen, onde os kits serão centralizados. Assim, somente o Lacen será o laboratório credenciado para testes oficiais.

O especialista no assunto que vai atuar junto ao governo do estado durante a crise ainda explicou que a cada semana as decisões podem mudar, uma vez que é preciso avaliar as estratégias diante do contexto. Mas intensificou o alerta para que idosos não saiam de casa. “Crianças podem ter o vírus e não apresentar sintomas. Mesmo não adoecendo, elas podem ajudar a espalhar a contaminação”, finalizou.

Álcool hospitalar

O Governo do Estado irá distribuir 200 mil litros de álcool 70% (álcool hospitalar) para os hospitais regionais e repartições públicas que prestam serviços essenciais em Mato Grosso. O produto foi doado por empresas ligadas ao Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras (Sindalcool-MT). O álcool 70% tem as mesmas propriedades do álcool gel em termos de desinfecção e evita a proliferação do vírus.

A distribuição do álcool recebido já está sendo definida pelo Governo, de modo a beneficiar as unidades médicas e setores que mais precisam do produto para desenvolver suas atividades. “Estamos fazendo uma verdadeira operação de guerra”.

Confira as medidas anunciadas:

Saúde

- Credenciamento para contratação emergencial de profissionais da saúde;

- Em hospitais públicos e privados, fica restrito a um acompanhante por paciente internado, por tempo indeterminado;

- Suspensão de agendamentos de cirurgias eletivas em hospitais estaduais;

- Definido o médico infectologista e intensivista Dr. Abdon Salam Khaled Karhawl, para atuar como colaborador do Gabinete de Situação

Transporte

- Ficam autorizadas às concessionárias e permissionárias a suspender o transporte coletivo intermunicipal no âmbito do Estado de Mato Grosso;

- As concessionárias e permissionárias de serviço público de transporte coletivo municipal e estadual deverão adotar todas as medidas de assepsia no interior dos veículos, de acordo com as normas sanitárias vigentes, cabendo aos órgãos regulatórios estaduais e municipais executar a fiscalização;

Serviço público

- Servidores públicos em grupos de risco poderão ter regime especial de trabalho, definido em portaria a ser editada pela Secretaria de Planejamento e Gestão, desde que previamente autorizado pelo Gabinete de Situação;

- Reuniões na administração pública estadual serão suspensas e substituídas por videoconferência;

- Servidores com casos suspeitos ou confirmados deverão permanecer afastados do trabalho;

- Ficam permitidos os sistemas de escala, revezamento e teletrabalho na administração pública, mediante prévia autorização do Gabinete de Situação.

- Fica autorizada a redução ou suspensão do atendimento ao público nos órgãos estaduais, desde que previamente autorizado pelo Gabinete de Situação.

Eventos e aglomerações

- Fica recomendada ao setor privado a suspensão de eventos que concentrem mais de 50 pessoas em ambientes fechados e mais de 100 em ambientes abertos, a exemplo de atividades em feiras, academias, cinemas, clubes, missas, bares, restaurantes e boates.

Sistema penitenciário

- Visitas em todas as cadeias, unidades e socioeducativos ao Estado de Mato Grosso ficam suspensas por 15 dias, podendo ser prorrogadas.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.