Cidades

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 14h:42 | Atualizado: 18/02/2020, 15h:08

MAIS VANDALISMO

Hospital Veterinário da UFMT é alvo de nova tentativa de invasão em apenas 1 dia

Rodinei Crescêncio

HOSPITAL VETERIN�RIO UFMT

Corte de orçamento da UFMT teria impactado na segurança do Campus. Nesta segunda, dois homens foram flagrados pulando muro do hospital veterinário

O Hospital Veterinário da UFMT, que sofreu uma tentativa de furto, na noite desta segunda (17), voltou a ser invadido e vandalizado por suspeitos ainda não identificados pouco mais de 24 horas depois.

Segundo o Centro Acadêmico de Medicina Veterinária (Cavet), a tentativa ocorreu nesta terça (18) durante uma reunião dos estudantes do curso para discutir o ocorrido com o hospital. Dois homens foram vistos pulando muro do hospital. Os alunos chamaram a Polícia Militar logo em seguida.

Informações preliminares apontam que eles disfarçaram a atitude assim que viram muitas pessoas no local. Seguiram em direção ao restaurante universitário, mas conseguiram ser abordados pela PM, que constatou que eles não apresentavam motivos para suspeita.

Em nota de repúdio, o Cavet atribui aos cortes no orçamento da UFMT para o agravamento da falta de segurança no campus Cuiabá. "Como é de conhecimento geral, desde os cortes orçamentários que a UFMT vem sofrendo nos últimos anos o setor da segurança foi prejudicado e está sobrecarregado e é financeiramente inviável a contratação de novos funcionários para patrulhamento no campus”, traz trecho.

Já ao , o diretor do hospital, Richard Pacheco, acredita que o caso se trata um roubo frustrado. Isto por que materiais e equipamentos do Centro Cirúrgico, a única área da unidade invadida pelos suspeitos, foram jogados para a parte dos fundos por uma janela estreita. Se fosse vandalismo, teriam só bagunçado”, avalia.

Até o momento, o caso é tomado como vandalismo, pois médicos veterinários e direção do hospital fazem levantamento do que sumiu ou não da unidade. O caso é investigado pela Polícia Federal.

Contra o ato de vandalismo, os estudantes de medicina veterinária convocaram os colegas de demais cursos e comunidade externa para manifestação na frente do Hospital Veterinário na tarde desta terça (18). O protesto também chamará a atenção para a falta de segurança no campus.

O buscou a UFMT para se posicionar sobre o assunto, mas não obtivemos retorno na demanda.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.