Cidades

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2014, 07h:32 | Atualizado: 27/02/2014, 10h:14

Justiça sequestra bens de ex-prefeito e mais 7 em ação por improbidade

.

julio ladeia

Ex-prefeito de Tangará da Serra, Júlio Ladeia, teve bens bloqueados pela Justiça

O ex-prefeito de Tangará da Serra  (a 210 km ao Médio-Norte da Capital) Júlio César Davoli Ladeia (PR) e outras sete pessoas tiveram os bens bloqueados pela Justiça, que deferiu pedido liminar interposto pelo Ministério Público em ação civil pública por ato de improbidade administrativa, que questiona a legalidade de dois contratos firmados entre o município e uma Oscip.

O caso é polêmico e, em agosto de 2011, culminou na cassação de Ladeia do seu vice José Jaconias (PT) e de mais 4 vereadores -  Haroldo Lima (DEM) e Paulo Porfírio (PR), Genilson Kezomae (PR) e Celso Ferreira (DEM), em processo de investigação na Câmara de Tangará da Serra, que apontou rombo de R$ 6 milhões.

A decisão de ontem (27), no entanto, prevê o sequestro de  bens de Ladeia, Ângela Joana Cesar Dedoja Louret, ex-secretária de Assistência Social; Mário Lemos de Almeida, ex-secretário de Saúde; Eriko Sandro Soares, Gustavo Porto Franco Piola, Dinocarme Aparecido Lima, Elzira Vergínia Mariani Martins e Vergínia Aparecida Mariani.

De acordo com a decisão, o montante de bens bloqueados varia de R$ 568, 4 mil a 2,7 milhões. Conforme a ação do MP, os contratos foram efetivados entre os meses de agosto de 2008 a junho de 2009, com previsão de repasses no valor de R$ 2,2 milhões além dos aditivos que resultaram no montante de R$ 314 mil. “Os acusados causaram dano ao erário e violaram princípios da administração pública, porque dispensaram indevidamente licitação para a contratação de pessoa jurídica que prestou serviços públicos que sequer necessitavam de intermediação por terceira pessoa, além de terem realizado, ilegalmente, aditivos contratuais sem justificativa que aumentaram as despesas do contrato sem o consequente aumento do serviço”, diz um trecho da ação do MP.

Conforme o promotor Renee do Ó Souza, o Centro Integrado e Apoio Profissional foi contratado pelo município de Tangará da Serra, sem a realização de licitação, para execução de projetos de ações compartilhadas da assistência social e para o desenvolvimento das ações do Samu. “Para firmar termo de parceria com Oscips, o Poder Público deve realizar licitação ou seleção, visando aferir a qualificação técnica, econômica e financeira da entidade, com a analise de aspectos pertinentes à experiência, credibilidade e capacidade técnica mínima exigível à consecução do termo de parceria”, reforça. 

Assim, segundo ele, não se pode conceber que organizações não-lucrativas estejam livremente autorizadas a receber um valor de repasse tão alto sem que precisem participar de uma licitação. O membro do MP reclama ainda da falta de fiscalização por parte do Executivo em relação aos serviços contratados, ausência de justificativa plausível para a contratação, existências de vários aditivos e realização de pagamentos não previstos em contrato.

Ladeia, Jaconias e 4 vereadores são cassados

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ademilson da cruz | Domingo, 16 de Março de 2014, 08h19
    0
    0

    Como e triste ver esta news sobre a cidade que amo, mesmo estando longe familhares e amigos que sofrem com a pessimo carater da administracao. Mudanca ja ..

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

Jogada do prefeito Francis em Cáceres

paulo donizete 400 curtinha caceres   A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (PSDB) lançou uma jogada estratégica para ver se "cola". Apoia publicamente para prefeito o seu diretor da autarquia Águas do Pantanal, Paulo Donizete (foto), do mesmo partido, inclusive participou da reunião...

Luta por mais leitos de UTI em Sinop

rosana martinelli 400 curtinha   A prefeita de Sinop, cidade pólo do Nortão, Rosana Martinelli (PR), demonstra preocupação com os poucos leitos de UTI do Hospital Regional no município. A unidade atende moradores de mais de 30 municípios da região e só dispõe de 10. Rosana diz esperar...

Priminho Riva deve disputar em Juara

priminho riva 400 curtinha   Dezesseis anos depois de comandar Juara por dois mandatos (1997 a 2004), Priminho Riva (foto) está de volta. Filiado ao PR, ele deve concorrer a prefeito. Político bastante popular e carismático, tende a enfrentar um páreo duro com dois nomes considerados fortes, o do ex-vice e que se tornou...

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.