Cidades

Sábado, 17 de Agosto de 2019, 07h:00 | Atualizado: 17/08/2019, 07h:11

SUPERAÇÃO

Livre da doença, jornalista diz que câncer, ao invés de matá-la, salvou a sua vida

Arquivo Pessoal

Maria da paz

Maria da Paz e livro-relato. Capa é uma foto de quando estava careca

A jornalista e escritora premiada, Maria de Paz Sabino, de 51 anos, tem uma visão peculiar sobre o câncer de mama que enfrentou há dez anos. Ela acredita que, ao invés de encerrar sua biografia, pelo contrário, salvou e mudou sua vida. "Eu tive outra oportunidade de viver de forma diferenciada", avalia.

Da experiência, surgiu o livro "O câncer salvou minha vida", lançado em outubro do ano passado, em que conta o lado da doença. Em julho, comemorou 10 anos livre do tumor.

Maria descobriu o câncer na mama direita no final de 2008. No começo do ano seguinte, já começou o tratamento e “acompanhamento rígido” que durou cinco anos. Ela fez também uma mastectomia, que é a cirurgia para retirada completa da mama.

O câncer é muito difícil. São muitas etapas. Mas não é todo mundo que tem câncer que vai morrer

Começou a escrever o livro logo após que descobriu o câncer. Naquela época, ela não tinha certeza se a temida doença seria algo fatal. Os médicos tranquilizavam-na, apontavam que o prognóstico não era ruim e mostrava que o tumor estava em estágio inicial e que, por isso, tinha grande chances de cura. Mas ainda assim era um câncer. "Psicologicamente, a gente fica abalada", relembra.

Abalada, muitos pensamentos vinham na cabeça. Foi então que, a partir daquele momento e sentimento, Maria começou a aliviar a ansiedade colocando tudo no papel. A escrita foi rápida e, no fim daquele mesmo ano, o livro já estava concluído. Mas só que, quando achou que estava pronto para publicação, conta que ficou com medo do câncer voltar e decidiu que publicaria quando estivesse 100% curada, o que viria a ocorrer somente em outubro do ano passado.

O nome inicial do livro era o “Câncer e minha vida”, pois, naquele tempo, o tumor era uma presença. “Dez anos depois, percebi que ele não estava mais ali". O novo título então surgiu: “O câncer salvou minha vida”.

“De uma certa forma, quando você passa por um doença fatal que (pode) levar à morte, você reflete muito sobre a vida. O câncer te dá esta oportunidade de reflexão e muda a sua concepção. O que poderia fazer de diferente?” - relata.

Segundo a escritora, o objetivo do livro é dar esperança aos doentes e familiares. “Eu acredito que, ao escrever minha experiência, possa ajudar outras pessoas. O câncer é muito difícil. São muitas etapas. Mas não é todo mundo que tem câncer que vai morrer. O acompanhamento da família é um passo muito importante”, ressalta.

Maria nasceu em Juarez Tavóra, uma cidade a 97km de João Pessoa, na Paraíba. Mudou-se para Sinop em 1995, com 27 anos, em busca de “novas perspectivas”. “Desde minha infância, sempre quis ter uma experiência de chegar em um lugar e não conhecer ninguém”, justifica a mudança brusca do Nordeste para Mato Grosso.

Em Sinop, ela é proprietária de uma revista e ainda continua a atuar como jornalista e editora. Após dez anos atuando no meio jornalístico, abriu espaço na vida para escrever livros. Já publicou oito. Ela é também membro da Academia Sinopense de Ciência e Letras (ASCL).

Maria continua indo ao médico uma vez ao ano. Mas, desde a cura, não teve remissões do tumores – seja no seio seja em outra qualquer parte do corpo. Ela assumiu um projeto de leitura, além de falar sobre o processo de criação literária, nas escolas para incentivar o contato literário entre crianças. Vai beneficiar 38 escolas da rede pública, ao em torno de 18 mil estudantes.

“Era uma coisa que não faria antes da doença. Antes, eu teria que fazer todo o orçamento e ver horário de trabalho (como desculpa). Hoje faço porque é importante”, ensina.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

EP cita 4 pela força do MDB em Cuiabá

rafael bastos 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro disse neste sábado, no encontro do MDB, que acabou atraindo a presença de representantes de outros 12 partidos, que a agremiação emedebista foi construída e ganhou força e espaço na Capital graças aos filiados históricos Rafael...

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.