Cidades

Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 17h:09 | Atualizado: 14/06/2019, 17h:20

GREVE GERAL

Manifestantes se reúnem em Cuiabá e bradam contra reforma de Bolsonaro veja

Dayanne Dallicani

Greve Geral - Ato Pra�a Ipiranga

Após um dia de paralisação, trabalhadores de diversas categorias se reúnem em ato na Praça Ipiranga, em Cuiabá,contra reforma da Previdência

Manifestantes protestaram, na tarde desta sexta (14), contra a reforma da Previdência proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). O ato teve início na Praça Ipiranga, na região central de Cuiabá, por volta das 14h30. Posteriormente, os participantes caminharam por ruas da região do Centro. Eles bradavam contra a medida do presidente e seguravam cartazes com frases como “Tira a mão da minha Previdência”.

As manifestações contra a reforma foram convocadas por movimentos sindicalistas de todo o país. Nesta sexta, durante a Greve Geral, diversas entidades paralisaram como forma de protesto contra a medida de Bolsonaro.

A reforma da Previdência, nos moldes apresentado por Bolsonaro, é considerada extremamente prejudicial aos trabalhadores, segundo sindicalistas. A medida foi encaminhada ao presidente à Câmara Federal, por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Ela ainda precisa ser avaliada pelos parlamentares.

Em Cuiabá, o ato se concentrou na Praça Ipiranga e foi comandado por líderes de entidades como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran) e Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado (Sisma).

Durante o ato, parte da rua 13 de junho foi interditada pela secretaria municipal de Mobilidade Urbana (Semob). Diversos policiais militares estavam no entorno da praça. A cavalaria da PM foi ao local. Não houve registros de confusão.

Um pequeno trio elétrico, com bandeiras da CUT e outros sindicatos, acompanhou o ato. Na manifestação, havia diversos cartazes favoráveis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que atualmente está preso. A frase “Lula Livre” estampou inúmeras faixas do ato.

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) participou e manifestou apoio aos sindicalistas. Havia cartazes do também parlamentar petista Lúdio Cabral.

Representante do Fórum Sindical e presidente do Sisma, Oscarlino Alves foi um dos que discursaram durante o percurso. Ele criticou servidores que não apoiaram a manifestação e afirmou que é fundamental lutar contra a Reforma da Previdência. “Temos que ir à luta e não vamos desistir. Se precisar, vamos a Brasília para lutar contra a reforma, como fizemos na época do Temer”, declarou, sob aplausos de muitos dos presentes.

A organização não divulgou, até a conclusão deste texto, a estimativa de quantas pessoas participaram do ato. A Polícia Militar também não informou tal levantamento.

Galeria de Fotos

Credito: Dayanne Dallicani
Trabalhadores finalizaram o dia de greve geral na Praça Ipiranga, em Cuiabá
Credito: Dayanne Dallicani
Em Cuiabá, o ato se concentrou na Praça Ipiranga e foi comandado por líderes de entidades como a Central Única dos Trabalhadores (CUT)
Credito: Dayanne Dallicani
Manifestantes bradavam contra a medida do presidente e seguravam cartazes com frases como ?Tira a mão da minha Previdência?
Credito: Dayanne Dallicani
Pequeno trio elétrico foi utilizado pera lideranças sindicais discursarem durante o ato na Praça Ipiranga, Centro
Credito: Dayanne Dallicani
Após um dia de paralisação, trabalhadores de diversas categorias se reúnem em ato na Praça Ipiranga, em Cuiabá,contra reforma da Previdência

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Valdomiro Barbosa | Domingo, 16 de Junho de 2019, 09h52
    1
    0

    Essa massa de manobra nem sabe o verdadeiro motivo que ai estão, basta entrevistá-los para comprovar. O nosso país nunca teve um presidente e uma equipe ministerial com tamanha competência como temos agora, mais essa CUT, SINTEP, etc. terão o que merecem e devem ser colocados no seu devido lugar. Quando vejo esse pessoal querendo ver um juiz se dar mal e torcendo por um ladrão nem perto quero chegar, pois já reflete o verdadeiro caráter deles.

  • Bugre | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 22h37
    2
    0

    Lixos vermelhos

  • Paulo | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 17h55
    6
    1

    Greve.... contra a reforma da previdência mas com cartaz de "Luladrão livre". Como levar a sérios pessoas que vão contra a reforma e ao mesmo tempo pede pela soltura de um (dos) causadores do prejuízos do Brasil e por tudo que hoje os mesmos grevistas estão passando?

Queda-de-braço em Alto Araguaia

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), enfrenta uma queda-de-braço com os vereadores. Recentemente, oito dos 11 parlamentares encaminharam ofício ao chefe do Executivo, inclusive com cópia para o MPE, considerando inoportuna, descabida e suspeita, neste momento de pandemia, fazer obra...

Estado amplia leitos de UTI no Sul

gilberto figueiredo 400 curtinha   O secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo (foto) reclama, sem citar nome, da forma como a prefeitura rondonopolitana está encarando a pandemia da Covid-19. Mesmo o governo federal já tendo pago diárias antecipadamente e, inclusive por três meses, de 10 leitos de...

Briga inconsequente com Santa Casa

z� do patio 400 curtinha   Acuado pela consequência da falta de planejamento e de gestão, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, está numa luta descabida de tentar encontrar culpados pelo avanço da Covid-19 no município. A prefeitura não construiu, sequer,...

2 secretários acionados sobre compras

ozenira 400 curtinha   Os secretários municipais de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho (Saúde) e Ozenira Félix Soares (foto), de Gestão, têm 48 horas para prestar esclarecimentos sobre compras, sem licitação, de óculos de proteção e macacões destinados a...

Valdir, conta rejeitada e pedido negado

valdirzinho 400 curtinha   Valdir Pereira de Castro, o Valdirzinho (foto), prefeito de Santo Antonio de Leverger, ingressou com pedido de revisão no TCE sobre o parecer contra aprovação das contas de 2018. O Tribunal apontou uma série de irregularidades, entre elas registros contábeis incorretos, abertura de...

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a administração Emanuel Pinheiro em Cuiabá

excelente

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.