Cidades

Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 09h:36 | Atualizado: 11/06/2019, 09h:43

QUEDA DE BRAÇO

Mesmo com greve mantida, 35 escolas voltam a funcionar; total de 361 em aula

Assessoria

Sala de aula

Das 20 escolas em Tangará, apenas uma escola está parada; Sorriso também conta com apenas uma paralisada

Apesar da decisão pela continuídade da greve geral na Educação, o governo afirma que aumenta o número de escolas que retornam às aulas tanto de forma integral como parcial. Cidades como Tangará da Serra (a 239 Km de Cuiabá), que conta com 20 escolas, e Sorriso (a 420 Km de Cuiabá) com oito unidades escolares, estão com apenas uma unidade parada em cada município. 

Em todo o Estado, são 361 escolas em atividade, incluindo as parciais, nas quais um turno ao menos está em funcionamento. Em General Carneiro (a 442 Km de Cuiabá) as sete escolas estão funcionando na totalidade. A Escola Estadual Dr. João Ponce de Arruda, voltou às atividades nesta segunda (10). As outras seis escolas não aderiram à paralisação.

Segundo o diretor Tárcio Pereira Resende, nesta segunda os profissionais da educação, da área administrativa e de apoio voltaram a trabalhar nomalmente. “Já estamos agilizando a reposição de aula e, para isso, já entramos em contato com a assessoria pedagógica”, frisou.

Tárcio Resende explicou que os professores fizeram uma assembleia na escola para decidir pela volta, pois a unidade escolar depende de alunos e também do transporte escolar para funcionar. “Foi uma decisão correta dos nossos profissionais da educação”.

Mais escolas retornam

Em menos de uma semana, de 25 unidades, o número aumentou para 35 as escolas que funcionam ao menos em um turno em todo o Estado. Da última quarta (05) até ontem, mais seis escolas voltaram às atividades.

Em Tangará da Serra, o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Antônio Casagrande também retornou às atividades. Com isso, nenhuma das quatro escolas estaduais do município estão paralisadas (Com Assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ana Julia | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 19h21
    0
    0

    A greve tem que acabar!!!!

Matéria(s) relacionada(s):

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

Emedebista pode ser candidato único

leonardo bortolin curtinha   Eleito na suplementar realizada em 2017, Leonardo Bortolin (foto), de Primavera do Leste, é considerado hoje o prefeito emedebista em MT mais bem avaliado. Na convenção do partido nesta quinta no município, lideranças, como o deputado federal Carlos Bezerra e os estaduais Thiago Silva,...

2 "amarelam" e faltam de propósito

nininho curtinhas   Dois deputados não pisaram os pés na sessão desta quinta propositalmente. "Amarelaram". Ao invés de tomarem posição quanto ao projeto de lei complementar do governo que reinstitui os incentivos fiscais, Nininho (foto) e o delegado Claudinei preferiram não comparecer. Assim como os...

Adevair vai para PTB e quer ser vice

adevair cabral curtinha   O PTB, que hoje não tem um representante entre os 25 vereadores cuiabanos, vai abrigar dois parlamentares, o presidente da Câmara Municipal Misael Galvão, hoje no PSB, e o primeiro-secretário da Mesa, o tucano Adevair Cabral (foto). O curioso é que ambos chegam na legenda petebista...

7 contra reinstituição dos incentivos

valdir barranco curtinha   Como já esperado pelo governador Mauro, apesar da pressão de diversos segmentos, como do comércio, do agronegócio e da indústria, o projeto de lei complementar número 53, que trata da reinstituição dos incentivos fiscais, passou facilmente pelo crivo da Assembleia....

Irmão de ex-senador já sai do governo

wener santos curtinha   Durou apenas seis meses a permanência do ex-prefeito de Nova Marilândia (2013/2016), Wener dos Santos (foto), como secretário-adjunto de Cidades do Estado. Irmão do ex-senador Cidinho Santos, Wener foi exonerado no último dia 2. Pediu para deixar o governo Mauro. O salário não...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.