Cidades

Domingo, 02 de Fevereiro de 2014, 18h:21 | Atualizado: 02/02/2014, 18h:27

Concessão

Movimento vai interditar rodovia se Silval não barrar criação de pedágio

Facebook

pedagio chapada reunao 2.jpg

População participa de audiência pública sobre concessão da MT 251

Caso o governador Silval Barbosa (PMDB) não escute a vontade da população, acerca da interrupção da concessão da MT-251 (Emanuel Pinheiro), medidas como a interdição da rodovia podem ocorrer para tentar evitar a instalação de pedágios entre as cidades de Cuiabá, Chapada dos Guimarães e Campo Verde. Quem garante essa medida é o líder de um dos movimentos contra a “privatização” da estrada, Caiubi Kuhn. “Estão querendo empurrar a concessão goela abaixo da população” dispara em entrevista ao RDNews.

Antes do fechamento da rodovia, no entanto, Caiubi ressalta que novas audiências públicas devem ser realizadas. Em paralelo, a reivindicação será encaminhada à Assembleia para a discussão entre os deputados. Medidas judiciais também não são descartadas. “Estamos coletando abaixo assinado nos municípios para nos munir de todas as precauções”, enfatiza o universitário. Na Capital, por exemplo, a UFMT é um dos locais de coletas das rubricas.

Na última sexta (31), pelo menos 200 pessoas participaram da audiência pública acerca da concessão da rodovia. Na oportunidade o governador Silval Barbosa (PMDB) foi criticado por populares e representantes públicos da região. Caiubi questionou a rapidez com que o assunto é tratado pelo Executivo que, primeiro, apresentou valores que serão cobrados e a quantidade de praças de pedágio, e não o projeto ambiental, nem o aval do Instituto Chico Mendes da Conservação da Biodiversidade (ICMBio). “Isso mostra que o governo está ruim em equipe técnica”. Os documentos com as deliberações da reunião serão encaminhados a Silval por meio dos vereadores de Chapada dos Guimarães

O único deputado a participar do evento, Ezequiel Fonseca (PP), também externou sua insatisfação com a implementação do pedágio. “Precisamos primeiro ter um bom estudo de impacto ambiental, terminar as obras turísticas e depois falar sobre concessão”, enfatiza.

O trecho que será concedido à iniciativa privada é de 148,2 km de extensão, dividido em três subtrechos com características diferentes. Nos subtrechos que vão do km 3,5 na Fundação Bradesco até o trevo do Manso e após o perímetro urbano do município de Chapada dos Guimarães até o Campo Verde estão previstos os serviços de manutenção, conservação e operacionalização. No subtrecho entre o trevo do Manso até Chapada dos Guimarães será empregado o conceito de Estrada Parque, com dois cenários diferentes para as melhorias físicas da rodovia que dependem da aprovação do EIA/Rima.

O preço máximo de pedágio cobrado após a concessão, no trecho entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães, será R$ 7,50. O valor consta no estudo de viabilidade que também prevê a construção de quatro praças de pedágio ao longo da rodovia. (Com assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Ademir | Segunda-Feira, 03 de Fevereiro de 2014, 09h39
    1
    0

    O Governo tem de se preocupar com um pedaço que fez a preço de ouro a duplicação da Fundação Bradesco ao trevo do manso, que como as obras da Copa foram entregues horríveis, e a empreiteira é investigada a tempos por péssimas obras e desvio de dinheiro, isso vai sujar mais ainda a administração do sr. Silval, ali nem arrumaram a porcaria que a Cavalca Construções e Mineração tem estreitos amigos no poder e estreitos negócios e nada do MP punir, a qual sumiu do estado.

  • Dornele$ | Segunda-Feira, 03 de Fevereiro de 2014, 06h49
    3
    0

    O deputado federal Wellington Fagundes (PR) pode ter comprado uma grande briga dentro do seu partido, o PR. Nesta semana, voltou a afirmar que a MT-130, que vem sendo foco de críticas pela má manutenção da rodovia, é de responsabilidade do empresário e deputado estadual Ondanir Bortolini, o “Nininho”. O parlamentar é crítico ao afirmar que que o local não devia ter buraco, já que o contribuinte paga por isso. Nininho é presidente da Comissão de Infraestrutura Urbana e Transporte da Assembleia e ele seria o proprietário da empresa Morro da Mesa Concessionária, responsável pela administração e manutenção do trecho de 122 quilômetros, entre Primavera do Leste e Rondonópolis, na MT130.

  • laura aparecida | Domingo, 02 de Fevereiro de 2014, 22h24
    3
    0

    Sou contra o pedágio. Parabéns pela iniciativa.

  • JOÃO DE LIMA | Domingo, 02 de Fevereiro de 2014, 21h42
    4
    0

    ESTA LUTA DEVE SER DE TODO CONTRIBUINTE MATOGROSSENSE, O GOVERNO DO PMDB QUER TORNAR O ESTADO INVIÁVEL ATÉ MESMO PARA SE TRAFEGAR PELAS RODOVIAS, A MÁFIA DOS PEDÁGIOS ESTÁ TOMANDO CONTA DAS RODOVIAS DO ESTADO, PRA NÃO DIZER QUE O PESSOA DO GOVERNO JÁ SONHA COM UM TRECHO PARA SI COMO FORMA DE APOSENTADORIA, QUE VERGONHA, UM DOS ESTADOS MAIS RICO DO BRASIL SENDO ASSALTADO POR ESSA QUADRILHA QUE ESTÁ NO GOVERNO.

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.