Cidades

Segunda-Feira, 09 de Outubro de 2017, 14h:59 | Atualizado: 09/10/2017, 17h:50

PF "despeja" moradores na região da Mata Cavalo; 17 famílias são desalojadas

Gonçalina de Almeida

PF desintrus�o Mata Cavalo

Despejo autorizado por juiz federal com auxílio de força policial revoga a decisão estadual

A Polícia Federal (PF) realiza desde a manhã desta segunda (9) uma ação de desocupação da comunidade do Pequizeiro, na região quilombola conhecida como Mata Cavalo, localizada no município de Nossa Senhora do Livramento, a 56 km da capital.

A decisão judicial de despejo foi autorizada pelo juiz federal Raphael Cazelli de Almeida Carvalho, que revogou uma decisão estadual. O magistrado determinou que o mandado de reintegração fosse cumprido com urgência, sendo que o auxílio policial foi deferido. Cazelli ainda determinou multa no valor de R$ 9 mil em caso de descumprimento.

Representantes dos quilombolas reclamam ao da ação dos fazendeiros, principais beneficiados pela ação de despejo. “Eles estão jogando todas as coisas das famílias na beira da estrada. Não deu tempo nem para as pessoas se organizarem e pensarem em outro lugar para viver. Eles nem pensaram nas crianças que estavam vivendo ali”, reclama Gonçalina de Almeida, vice-presidente da Associação de Mata Cavalo de Baixo.

Gonçalina também é professora da Escola Estadual Professora Conceição de Arruda, onde estudam grande parte das crianças quilombolas da comunidade. Ela conta que a ação começou por volta das 9h e que a desocupação retira a moradia de cerca de 17 famílias.

Gonçalina de Almeida

PF desintrus�o Mata Cavalo

PF faz desintrusão da comunidade do Pequizeiro na região quilombola de Mata Cavalo

A presidente da Associação de Mata Cavalo de Baixo, Arlete Pereira Leite, lembra que o problema da região entre os quilombolas e os fazendeiros é antigo e defende que mais uma vez os moradores estão saindo prejudicados da batalha, já que não terão para onde ir. “As pessoas foram tiradas das casas e acabaram tendo que deixar nas propriedades até os animais que tinham. Ficaram lá dentro galinhas, frangos e até cabritos. Os policiais chegaram a apontar as armas para os quilombolas”, relata.

Outro lado

O entrou em contato com a assessoria da PF, que comentou que não poderia falar sobre a operação. Não foi possível entrar em contato com os agentes que estão atuando no cumprimento judicial.

Histórico

A área de 11,2 mil hectares onde está situada a comunidade quilombola de Mata Cavalo é alvo de uma disputa judicial que remonta 133 anos e perdura até hoje. Os lados opostos são os fazendeiros e descendentes de escravos alforriados e cativos que ocupam o pedaço de terra desde o início da colonização em Mato Grosso e vivem na região até os dias atuais.

Lá há pelo menos seis comunidades distintas, com divisões ideológicas e territoriais. Essas últimas levaram à nomeação atual, de Mata Cavalo de Baixo e Mata Cavalo de Cima, ambas derivadas da Sesmaria Boa Vida. Lugar que, há 166 anos, desde pelo menos 1.850, era de propriedade de Ricardo José Alves Bastos e Ana da Silva Tavares.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Manobra e esperteza de uma senadora

Selma Arruda ganhou o noticiário nacional por causa de uma iniciativa marcada pela esperteza. Apresentou na segunda uma emenda ao projeto dos partidos que abria brecha para beneficiá-la num processo eleitoral que pode resultar na cassação do seu mandato. O texto do projeto, segundo informa o Estadão, foi posto em discussão no Senado nesta terça, mas foi derrubado. Assim que foi questionada sobre a alteração que propunha, a senadora...

Análises animadoras sobre gestão EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   A equipe estratégica do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), que vem analisando erros e acertos da administração em Cuiabá, ficou entusiasmada com resultado de pesquisas qualitativas internas que não só trazem o prefeito com boa avaliação e com chances reais de...

Dodge confunde MT com Maranhão

Raquel Dodge_curtinha   Em seus últimos dias à frente da PGR, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deixou passar uma gafe no parecer que deu contra a ação que visa revogar limitação da RGA dos servidores públicos de MT. Ao citar que a ação trata da...

Wenceslau Jr age com oportunismo

wenceslau curtinha   O presidente da Fecomércio-MT, Wenceslau Júnior (foto), cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá pelo PSL em 2020, agiu com oportunismo ao se aliar aos vereadores da oposição para trazer o prefeito de Colatina (ES) Sérgio Menghelli para palestrar com objetivo de “queimar”...

Deputados devem "matar" as sessões

A tendência é das quatro sessões ordinárias da semana não ocorrerem na prática. Em princípio, os deputados estavam mobilizados para uma audiência pública nesta terça com vistas a discutir a LDO-2020, mas foi transferida para o próximo dia 30. Como na semana passada, os parlamentares participaram do que chamam de mutirão convocado pela Mesa Diretora, sob pena de terem salário cortado, e votaram 53 projetos...

Filiação no Senado e ato em Cuiabá

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda (foto), com mandato de senadora cassado desde abril pelo TRE e no cargo por força de recursos no TSE, se filia oficialmente ao Podemos nesta quarta, às 14h, no Salão Azul, do Senado, logo após participar de um almoço com as principais lideranças do seu novo partido....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.