Cidades

Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 16h:51 | Atualizado: 25/06/2019, 16h:55

Mobilização

Policiais civis pedem aposentadoria e pensão com tratamento igual a PMs

Policiais civis realizam protesto em frente à sede da secretaria de Segurança Pública para reivindicar isonomia de tratamento entre os servidores da Segurança Pública com regras semelhantes aos policiais militares. A paralisação geral faz parte de agenda nacional da categoria que protesta contra a Reforma da Previdência. 

Presidente do Sindicato dos Escrivães da PJC, Davi Nogueira especifica que a reivindicação é por uma aposentadoria justa para os policiais civis de todo o país. “Queremos isonomia de tratamento em comparação aos policiais militares. Há duas semanas um grupo de 200 policiais de Mato Grosso fez uma grande manifestação em Brasília. Dia 2 de julho, novamente 200 policiais irão protestar contra a Reforma da Previdência e exigir tratamento isonômico às forças de segurança”, disse em vídeo.

A Federação Interestadual de Policiais Civis das Regiões Centro-Oeste e Norte (Feipol) divulgou relatório que aponta os principais problemas da proposta da Reforma da Previdência que devem ser trabalhados juntos aos parlamentares.

Entre os pontos debatidos está a quebra na correlação entre Previdência e pensão dos servidores policiais e militares e civis. Com a proposta da Reforma, as regras para militares e civis deixarão de ser semelhantes. Hoje, ambas categorias possuem regras baseadas nas peculiaridades das atividades, como risco inerente, desgaste físico e mental, ausência de uma série de direitos trabalhistas como ao de greve, hora extra, adicional noturno, insalubridade e dedicação exclusiva.

Os policiais civis questionam o texto em tramite no Congresso, que mantém apenas os militares e Forças Armadas com tratamento previdenciário por legislação infraconstitucional, o que deverá gerar uma situação de desigualdade com os policiais civis, cuja previdência deverá seguir regra geral aos demais servidores.

Em tese, as medidas que deverão contemplar os policiais civis deverão ser discutidas quando os Estados e municípios forem debater a reforma em suas devidas esferas, já que, por ora, vigora o acordo entre parlamentares e Governo, de que os entes federados permanecerão fora da reforma em tramite no Congresso.

Por outro lado, a indefinição em torno do tema tem gerado preocupação da categoria, já que, se houver a inclusão de emendas que sejam aprovadas, prevendo Estados e municípios na Reforma, as regras que atingem os policiais civis poderão ficar distantes das que serão aplicadas aos militares, razão que tem motivado a reivindicação da categoria. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Joao carlos | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 16h59
    3
    0

    a11111111. Vão trabalhar cambada de atoa

Matéria(s) relacionada(s):

Empossado no comando do Incra-MT

ivanildo incra curtinha   Apesar de já estar atuando desde o início do mês, Ivanildo Teixeira Thomaz (foto) tomou posse na segunda (22) como novo superintendente do Incra/MT, numa solenidade em Brasília que marcou a posse de outros dois, sendo eles Cassius Rodrigo de Almeida na regional do Rio de Janeiro, e Antonio...

Setor produtivo pressiona deputados

Algumas entidades, especialmente do setor produtivo, estão exercendo muita pressão sobre deputados, inclusive econômica, na tentativa de convencê-los a votar pela rejeição do projeto que estabelece reinstituição dos incentivos fiscais e que já foi aprovado, semana passada, em primeira votação, inclusive pelo placar de 15 a 7.  Há empresários do agronegócio que foram pessoalmente à AL...

Governador chateado com grevistas

jayme_curtinha   Embora pareça, muitas vezes, ignorar o movimento grevista, agindo como o árbitro de futebol, que finge não ouvir os gritos da torcida, Mauro Mendes não está nada feliz com o tom das críticas de alguns servidores. Jayme (foto), líder do Democratas, mesmo partido de Mauro, pediu hoje...

Ministro lamenta ausência de prefeito

mandetta_curtinha   Ministro da Sáude Luís Henrique Mandetta fez questão de ressaltar a ausência do prefeito da Capital Emanuel Pinheiro na solenidade de reabertura da Santa Casa hoje. Mandetta disse que Emanuel foi muitas vezes a Brasília “pedir por esse hospital”, que foi fechado após a...

Dinheiro para Fipe veio da Assembleia

allan kardec curtinha   O secretário estadual Allan Kardec (foto), da Cultura, Esporte e Lazer, confirma que, de fato, o Estado repassou R$ 1,5 milhão para o tradicional Festival Internacional de Pesca Esportiva, realizado este mês em Cáceres. Enfatiza que esse dinheiro havia retornado para o Poder Executivo em forma de...

Vice estuda nova mudança de partido

niuan ribeiro curtinha   O deputado federal José Medeiros, que comanda o Podemos no Estado, convidou para se filiar ao partido o vice-prefeito de Cuiabá Niuan Ribeiro (foto). Filho do ex-vice-governador Oswaldo Sobrinho, Niuan, que estava no PTB e migrou para o PSD, se mostrou animado com essa possibilidade. No novo partido poderia,...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.