Cidades

Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 15h:45 | Atualizado: 07/02/2019, 19h:27

Prefeitura cancela Carnaval e aplica R$ 95 mil na capela mortuária e outras ações

Adão Campos

Banana Folia - Nossa Senhora do Livramento

Banana Folia, em Nossa Senhora do Livramento, é um dos principais carnavais do Estado

A Prefeitura de Nossa Senhora do Livramento anunciou, na manhã desta quinta  (7), que o município deixará de realizar o Carnaval Banana-Folia 2019. A verba pública que seria destinada ao evento será usada na conclusão da capela mortuária, serviço de tapa-buracos e construção de pontos de ônibus na cidade. Com o cancelamento,  o município deixará de aplicar na festividade cerca de R$ 95 mil.

As reclamações dos moradores também influenciaram a decisão do prefeito Silmar de Souza (PSDB). Ocorre que  pelas ruas da cidade é comum as pessoas reclamarem por excessos cometidos por alguns foliões durante o carnaval.

A capela mortuária está praticamente pronta, mas faltam móveis e utensílios para ser inaugurada e entregue a população. Dessa feita, o dinheiro que seria gasto com o carnaval será aplicado na aquisição de aparelhos de ar-condicionado, bebedouros, poltronas, e outras coisas mais que serão usadas no espaço  para realização de velórios.

“A Prefeitura é ciente que nessa hora de consternação, tem que se propor pelo menos o mínimo de conforto naquele espaço. A aquisição dos equipamentos deve acontecer ainda no primeiro semestre deste ano”, diz trecho do comunicado divulgado pela prefeitura.

 Além disso, a prefeitura justifica que  o serviço de tapa-buracos requer urgência  tem previsão para acontecer nos próximos dias. Com isso, deve  garantir melhor trafegabilidades tanto a pedestres quanto a veículos.

“Bem sabemos que desde o ano passado, por meio da prefeitura junto ao Consórcio Metropolitano de Transportes, se conseguiu transporte intermunicipal da cidade livramentense até Cuiabá, com horários a pedidos da população e com preços mais acessíveis. Com certeza, esta foi uma grande conquista da comunidade, mas faltam pontos de ônibus adequados para que os usuários possam aguardar o transporte protegido das chuvas e do forte calor que faz em nossa região”, completa o comunicado. 

Para 2020, a prefeitura   não descarta   selecionar empresas interessadas em apoiar ações do carnaval.  O prefeito também lembra que diversos municípios estão adotando medidas similares e acredita que a população apoiará sua decisão.

  “A  prefeitura espera a compreensão de todos, pois é sabido que maior do que a vontade em realizar uma grande festa, é a responsabilidade da Administração Pública Municipal em se pautar na defesa dos interesses da população local”, concluiu (Com Assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • verdade | Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 08h15
    0
    0

    Só pra quem pode e não pra quem quer, uma salva de palmas!

Matéria(s) relacionada(s):

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

Governador, Nota MT e provocação

mauro mendes curtinha   Ao lançar a Nota MT, programa que estimula e incentiva o contribuinte a pedir nota em toda compra de mercadoria, o que ajuda na cultura do combate à sonegação fiscal, o governador Mauro Mendes (foto) copia para o Estado a mesma proposta implantada em Cuiabá na época em que foi...

Cândida Farias troca MDB pelo DEM

candida farias curtinha   Aos 68 anos, completados nesta segunda (17), a empresária Cândida Farias (foto), segunda-suplente do senador Jayme Campos, está desembarcando do MDB e vai se filiar ao DEM. Apesar da mudança de legenda, ela não tem pretensões de concorrer a cargo eletivo nas urnas de 2020....

Vander forte pela oposição em Tangará

vander masson curtinha   O nome mais forte hoje da oposição em Tangará da Serra, do ponto de vista da densidade eleitoral, é do empresário Vander Masson (foto), que ficou em terceiro lugar para prefeito em 2016 e, no pleito do ano passado, concorreu e perdeu para deputado federal. Filho do ex-prefeito e...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.