Cidades

Sábado, 15 de Fevereiro de 2014, 07h:20 | Atualizado: 15/02/2014, 07h:22

Prefeitura elabora PCCS único


de Rondonópolis

Rdnews

rogerio_sales_assistencia.jpg

Vice-prefeito Rogério Salles (PSDB)

O vice-prefeito de Rondonópolis, Rogério Salles (PSDB), recebeu do coordenador das comissões responsáveis pela elaboração do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, Josemar Ramiro, a última minuta do PCCS do Sistema Único de Assistência Social – Suas. A prefeitura vai analisar a viabilidade das propostas e fazer as revisões junto à categoria e ao Sindicato dos Servidores Públicos do município (Sispmur), antes de encaminhar para votação na Câmara. 

A comissão, composta por assistentes sociais, explicou que a secretaria possui poucos servidores concursados – apenas 42 – sendo que três deles prestaram concurso para cargos de nível superior. A secretaria de Assistência Social, que recebe recursos dos governos Federal e Estadual, é a que tem menos profissionais efetivos. 

Para a assistente social Paula Ávila, os serviços têm sido prejudicados pela falta de profissionais na área. “Temos, por exemplo, vários Centros de Referência a Assistência Social (CRAS), que atendem uma demanda de 48 bairros urbanos e mais oito unidades rurais, e muitas vezes um assistente social começa o trabalho e não tem continuidade, pois ou é demitido ou recebe outras propostas de trabalho melhores”, disse. 

Por isso, os profissionais querem a estabilidade provida pelo concurso público para não ter os trabalhos interrompidos, bem como segurança de não ser desligado da função. “O último concurso foi em 2000. A população sai perdendo com trabalhos interrompidos e, além disso, estamos esperando que esse PCCS seja pelo menos apresentado desde 2006, no entanto, os prefeitos que passaram por aqui não resolveram essa situação”, afirmou Paula. 

 

Salles explicou para a comissão que a minuta vai passar por uma revisão junto aos secretários de Administração e Planejamento, Carlos Vazeli e Valdecir Feltrin, e garantiu que as propostas viáveis serão aceitas. “Não podemos admitir que profissionais que exercem a mesma função recebam salários diferentes, por não trabalharem na mesma secretaria, por exemplo, um administrador tem que receber a mesma remuneração independente da pasta onde atua”. O novo PCCS da Prefeitura de Rondonópolis está dividido por áreas, entre elas assistência social, administração, educação e saúde.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Deyved | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2014, 09h39
    0
    0

    E o concurso para provimento das vagas, quando irá sair? Não adianta de nada elaborar PCCS e continuar com 80% dos servidores em regime de contratação temporária. Na minha opinião esse é o regime de cabresto dos tempos atuais, funcionários contratados tem por obrigação serem apoiadores da gestão, uma vez que, se forem contrários podem ser exonerados a qualquer momento sem o menor pudor, ou seja, garantia de funcionários sob o cabresto. Cadê o nosso saudoso TCE-MT, o nosso destemido e atuante MP-MT? Prefeituras pequenas eles executam sem dó nem piedade, prefeituras grandes são coniventes.

  • maria | Domingo, 16 de Fevereiro de 2014, 17h55
    0
    0

    o pccs da educação tá péssmo,alias a educação virou secretaria da pornografia. denuncie sispmur

Matéria(s) relacionada(s):

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

Emanuel, feitos, paletó e a reeleição

emanuel pinheiro 400 curtinha   O núcleo de apoio estratégico do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) está empolgado com resultado de pesquisas realizadas tanto para avaliar como está indo a administração da Capital, pontuando pontos fracos e fortes, quanto sobre se há chance ou não de...

Deputada critica Bruno no Operário-VG

janaina riva 400 curtinha   Acostumada a enfrentar temas polêmicos, dentro e fora da seara política, Janaína Riva foi a única parlamentar a se manifestar publicamente sobre a decisão do Operário de Várzea Grande de contratar o goleiro Bruno, condenado a 20 anos por matar e ocultar o corpo da...

Espólio político de Selma que não virá

otaviano pivetta 400 curtinha   O vice-governador e pré-candidato ao Senado, Otaviano Pivetta (foto), tem encampado um equivocado entusiasmo sobre possível espólio político de Selma Arruda. Mas a tendência, se insistir nessa tese, é de amargar uma tremenda frustração. Pivetta tem dito aos...

Beto decide em maio quem vai apoiar

beto farias 400 curtinha   O prefeito barra-garcense e empresário Beto Farias (foto), que conclui neste ano o segundo mandato consecutivo, não sabe ainda quem apoiar à sucessão municipal. E só tomará uma decisão em maio, já faltando dois meses para as convenções. Até...

Lucas impõe regras pra cortar energia

luiz binotti 400 curtinha   Em Lucas do Rio Verde, a Energisa está proibida de interromper o fornecimento de energia elétrica, mesmo por inadimplência, sem informar ao consumidor, por escrito e com antecedência de 15 dias, sobre a suspensão dos serviços. O projeto aprovado pelos vereadores se transformou na...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.