Cidades

Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019, 08h:50 | Atualizado: 17/09/2019, 15h:07

PENITENCIÁRIA CENTRAL

Presos estão "super irritados" com calor e seca em celas pequenas e lotadas, diz juiz

Gilberto Leite

Geraldo Fidelis_juiz

Juiz da Vara de Execuções Penais, Geraldo Fidelis, diz ter ouvido muita reclamação do clima

O juiz da Vara de Execuções Penais, Geraldo Fidelis, chama atenção para os impactos das altas temperaturas e baixa umidade do ar, registrada em Cuiabá, na vida de detentos da Penitenciária Central do Estado (PCE), a maior de Mato Grosso e que está superlotada. O comentário foi feito por ele durante coletiva nesta segunda (16), sobre o balanço da Operação Elisson, dentro da unidade prisional, contra o crime organizado. A operação durou 1 mês. De acordo com o magistrado, os presos teriam relatado que estão sofrendo com o clima. 

Fidelis ressalta que mora na Capital desde 1982 e não se lembra de ter vivido uma temporada de seca tão severa como neste ano. Conforme relatado pelo juiz, os detentos da PCE, que estão acomodados em celas minúsculas e superlotadas, mostram-se "super irritados" devido às condições climáticas. 

Christiano Antonucci

coletiva sistema prisional_PCE_operacao Bustament_fidelis

Sistema Prisional apresenta reforma nas celas e climatização durante operação Elisson

Por meio da assessoria, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) informou que atualmente 2.439 mil presos cumprem pena na PCE. A unidade possui capacidade máxima para alocar cerca de 900 detentos. 

"Essas semanas aqui foram horríveis. Os nossos ar-condicionados nem estão funcionando direito, imagina lá dentro, uma cela com muitas pessoas, superlotadas", avaliou. 

O defensor-geral Clodoando Queiroz também endossou o problema e afirmou que a falta de ventilação dentro das celas da PCE é uma das maiores preocupações do Judiciário. O sistema elétrico que liga os ventiladores do local foi retirado de dentro dos raios para impedir que os detentos carregassem a bateria de aparelhos celulares através das ligações. 

De acordo com Clodoaldo, a mudança é temporária e a Sesp está estudando uma forma readequada de promover a ventilação dentro das celas. 

“Como a operação não acabou, estamos esparando a solução. Não sabemos ainda como será ainda, uma vez que a superlotação é o maior problema. Mesmo que se coloque ar-condicionado, o clima não vai mudar. A criação de mais vagas é a solução”, ressaltou. 

Operação na PCE 

Após 30 dias da primeira fase da operação pente-fino na PCE os agentes penitenciários fizeram um levantamento das apreensões: 171 celulares, 506 chips, 12 baterias avulsas e armas artesanais foram alguns dos materiais apreendidos nas celas da unidade. A operação foi deflagrada para retirar excessos e itens proibidos das celas. 

Além dos celulares e armas, também foram encontrados 352 cadernos com anotações feitas pelos presos, que deverão ser encaminhados à análise de órgãos competentes. De acordo com os agentes, informações sobre aplicação de golpes por sites de compra e venda estavam entre os conteúdos. 

Também foram apreendidos sete quilos de drogas, encaminhadas para a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) ao longo da operação, iniciada em 13 de agosto. Freezers, micro-ondas, fornos elétricos, aparalhos de som, televisores e outros produtos também fora apreendidos. 

A operação foi realizada em todos os raios da unidade prisional, com a verificação das condições estruturais da carceragem e a retirada de produtos em desconformidade com o que está definido no Manual de Procedimento Operacional Padrão do Sistema Penitenciário e na Lei de Execuções Penais. Foram retirados materiais como ventiladores, comida, roupas de cama, embalagens, eletrodomésticos e também as ligações internas de energia.

Foram instalados ventiladores nos corredores dos raios e realizada reformas nas celas, com construção de mais leitos na carceragem.

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • greice | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 14h03
    0
    1

    Solta o preso seu juiz

  • Andre Silva | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 14h54
    4
    0

    Irritados estamos nós com esta bandidagem que não tem fim. faça me o favor Sr. Juiz.

  • Carios Lim | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 13h02
    0
    0

    Carios Lim, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Laura | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 10h35
    3
    0

    Vai visitar os hospitais, seus cretinos.

  • alexandre | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 08h17
    3
    0

    esses medicos poderiam estar atendendo a população....

  • Eroisa de melloschaustz | Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 14h35
    1
    6

    Boa tarde senhores( as) à saude do sistema penitenciário de MT, não foi comunicada de tais mudanças, sendo que essas mudanças vão contribuir para aumento de casos de Tuberculoese, hanseníase e zica, sem falar de outras doenças. Somos desreipeitado enquanto profissionais que compõe médicos, enfermeiro, técnico de enfermagem, psicologos, etc...

  • walter liz | Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 13h38
    9
    1

    calor para presos deve ser justiça divina, que se depender da Justiça dos homens, vai ser ar condicionado, TV,bebedouro etccc

  • Povo de Mato Grosso. | Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 08h34
    16
    0

    É só não roubar, não matar, não traficar que você não vai preso. Todo ano faz calor, que novidade esse juiz viu?

  • claudir | Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 08h06
    13
    0

    kkkkkkkkkkkk.... esse Juiz Fidelis me trinca viu.... ta de brincadeira, ele mora aqui desde 1.982 e nunca viu um calor assim........ mas ninguém vivo hoje nem viu nem sentiu esse calor, segundo os dados fazem 108 anos que aconteceu igual, quem ta vivo pra contar essa história, realmente nunca mesmo.... E quanto aos presidiários heim !!!!!! Ai que dó, to triste por eles heim.....morrendo de dó...kkkkk

  • Kelvin | Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 07h06
    0
    2

    Cadeia e para 'Maria da penha,direcao perigosa,ameaca,homicides, Presta atencao!vc encaixa la tambem

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.