Cidades

Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 08h:01 | Atualizado: 13/08/2019, 13h:54

ATO NA ALENCASTRO

Professores de MT somam a ato nacional e param hoje contra políticas de Bolsonaro

Sintep

Greve dos professores - 0107

Uma das assembleias realizadas durante a greve que acabou na sexta (9)

Na tarde desta terça (13), a rede pública de ensino em Mato Grosso vai paralisar suas atividades. Sindicatos da educação e movimentos estudantis aderiram ao ato nacional e se concentrarão na praça Alencastro, no Centro de Cuiabá, a partir das 14h, para protestar contra políticas do presidente Jair Bolsonaro (PSL), como o programa Future-se, Reforma da Previdência e contigenciamentos do orçamento de universidades. É o terceiro ato da categoria somente este ano.

As paralisações também ocorrem em cidades no interior de Mato Grosso, além de outras cidades pelo país. Com isso, escolas, creches, institutos e universidades devem encerrar suas atividades. Porém, voltam ao seu funcionamento normal na quarta (14).

Representados pelo Sintep, os professores da rede estadual e municipal vão parar, mesmo após encerrarem a greve de 75 dias e algumas escolas retornaram as atividades ainda nesta segunda (12). Em Cuiabá, eles vão se concentrar na Alencastro. Já nos municípios, a agenda de atividade é de acordo com as subsedes, segundo a assessoria de imprensa.

Os técnicos-administrativos, professores e alunos da UFMT, representados pelo Sintuf, Adufmat e DCE respectivamente, vão realizar uma oficina de cartazes na praça em frente ao Restaurante Universitário a partir das 11h30. De lá, os manifestantes sairão em carreata pela avenida Fernando Corrêa até a concentração do movimento na praça Alencastro. A saída está prevista para as 13h e os sindicatos irão disponibilizar ônibus aos interessados.

Os servidores da educação ligados ao IFMT também vão participar da paralisação. Segundo a Sinasefe, cinco sedes já aderiram ao movimento. São elas: Cuiabá, Diamantino, Guarantã, Pontes e Lacerda e Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Leandro | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 16h28
    0
    0

    Greves e protestos de militantes políticos, não de cidadãos.

  • Orlandir Cavalcante | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 14h16
    1
    0

    As escolas estaduais estão sem internet RDNews. Hoje os serviços são no sigduca. Que tal mostrar está precariedade do governo Mauro Mentes? Ah não pode? Está um caos as escolas..... cade as melhorias ? Em Cáceres tem escolas afundando. Mauro Mendes é incompetente. Bolsonaro é doente. Ambos são contra os educadores e a educação.

  • alexandre | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 13h04
    2
    0

    outra greve ? de novo ? SINTEP PT E IFMT tudo socialista..

  • Carlinhos AF | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 12h17
    3
    0

    Aí gostam de ficar atoa ein. Vão trabalhar e ajudar a mudar essa educação que foi esquecida por 16 anos do governo que vocês apoiaram, se tivessem essa preocupação toda antes hoje não teriam o que reclamar, dormiram 16 anos e acordaram, agora começaram a ver as coisas erradas e em seis meses querem o que seus hipócritas? É de dar pena dos alunos de vocês. Só DEUS para salvar mesmo.

  • jj | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 11h51
    3
    0

    tem 6 meses de bolsonaro e 12 anos de PT, e agora querem fazer graça, o povo de bem esta revoltado com essa palhaçada

  • jose renato | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 10h33
    2
    2

    O professores só pensam em fazer greve, se tivesse a mesma vontade de trabalhar a educação de Mato Grosso seria melhor.

Matéria(s) relacionada(s):

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

Faissal se licencia e Oscar assume vaga

oscar_curtinha_400   O deputado estadual de primeiro mandato Faissal Calil (PV), a partir de quarta (21), vai se licenciar por 4 meses. Assim, dará lugar para o retorno do ex-deputado Oscar Bezerra (foto), que disputou à reeleição no ano passado, sem sucesso. Oscar, que tem base eleitoral em Juara, teve 11.827 votos e...

Fora do Podemos e dando pitacos

marcelo_curtinha   O presidente do Podemos-MT, José Medeiros, se diz surpreso com as declarações do adjunto de Turismo da Capital Marcelo Pires, que se posiciona contra a filiação de Niuan no partido. O absurdo disso é que Marcelo sequer é filiado e muito menos militante. Só participou de uma...

Melhorias refletem no Mutirão Fiscal

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) está empolgado com a intensa procura dos contribuintes para negociação de dívidas municipais e ficou mais animado quando tomou conhecimento dos comentários de muitos, inclusive daqueles menos favorecidos, que estão indo à Arena Pantanal,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.