Cidades

Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 08h:24 | Atualizado: 24/04/2019, 09h:38

INDICATIVO DE GREVE

Professores estaduais param nesta 4ª

Atualizada às 9h34

Nesta quarta (24), as escolas estaduais de Mato Grosso devem ficar de portas fechadas aos alunos. Professores paralisaram as atividades nesta quarta em alerta ao governo para o que consideram o descompromisso com a educação. Mas as aulas retomam nesta quinta (25). A categoria vai protestar hoje às 14h em frente à Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

No entanto, os professores vão entrar de greve, caso o Governo não busque negociar com a categoria. Eles estabeleceram o dia 20 de maio, em assembléia realizada no fim de março, para começar o movimento. Eles cobram respeito do governo Mauro Mendes e valorização salarial.

Além disso, o Sintep acredita que Mauro e a sua secretária Marioneide Kliemaschewsk, que comanda a Secretária de Educação, não cumprem com as políticas que asseguram o direito à educação com qualidade e valorização profissional.

Até a greve começar, o Sintep estará em assembléia permanente. Isso quer dizer que, se o governo responder e dialogar com os servidores da educação, a categoria pode vir a encerrar o indicativo de greve.

A paralisação dos professores mato-grossenses integra também um ato nacional que planeja uma greve geral dos trabalhadores. Eles lutam contra o desmonte da educação pública e contra a Reforma da Previdência. Todo o movimento é coordenado pela Confederação Nacional dos Professores.

Segundo o presidente da Sintep, Valdeir Pereira, o governo não buscou negociações desde a última assembleia. "Nenhuma audiência, nehuma resposta, nehum ofício nem nada", enfatiza. Valdeir disse também que o Sintep "busca de todas as formas negociações com o Poder Público".

"No entanto, não há uma sinalização da parte dele [governo] de atender as pautas dos trabalhadores e, dessa forma, no Estado de Mato Grosso já aponta na atividade do dia 20, que vai ter uma assembleia geral, poderemos ter aí uma deflagração de greve por tempo indeterminado por falta de diálogo do Poder Público", completa.

Outro lado

A Seduc ainda não se manifestou sobre o assunto.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Jean Barros | Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 12h00
    4
    0

    Acredito que o governador não deva mover nem o semblante, afinal social, saude e educação não estão em seu objetivos. Para esse gestor o que importa são numeros, principalmente as isenções e o pagamento dos empreiteiros...por que será?

  • jj | Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 11h11
    1
    1

    o PT é foda, alunos perderem aula de graça, eta raça

Matéria(s) relacionada(s):

Ex-tucano histórico agora reforça PSB

aparecido alves curtinha   O ex-deputado por alguns meses e ex-presidente do Intermat na época do Governo Dante, Aparecido Alves, o Cido (foto), se filiou neste sábado ao PSB, um mês depois de ter deixado os quadros do PSDB, do qual era considerado militante histórico, inclusive desde a década de 1990. Sua ficha...

França vira Plano B do PSB a prefeito

roberto franca curtinhas   O PSB, comandado no Estado pelo deputado Max Russi, tinha esperanças de lançar a prefeito de Cuiabá o hoje presidente da Câmara Municipal, vereador Misael Galvão. Mas frustrou-se. O próprio Misael, governista de carteirinha e já comprometido com o projeto de...

MM cancela visita para evitar grevistas

mauro mendes curtinha   Precavido, Mauro Mendes cancelou de última hora a presença no encontro do PSB neste sábado, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. É que em um outro auditório, mas dentro do mesmo hotel, acontecia, em paralelo, o encontro estadual do PT e com participação de...

TCE livra delator de pagar R$ 412 mil

junior mendon�a curtinha   O delator premiado e encrencado com a Justiça em vários processos Gércio Marcelino Mendonça Júnior, o Júnior Mendonça (foto), da Comercial Amazônia Petróleo, conseguiu perdão do TCE de R$ 412,5 mil, bem como de uma multa proporcional...

Advogado disputa uma vaga no CARF

Thiago Dayan   O advogado mato-grossense Thiago Dayan disputa uma vaga no CARF, órgão federal ligado ao ministério da Economia. Mato Grosso não possui nenhum representante no CARF. Trata-se do mais alto cargo vinculado à atividade tributária administrativa que um advogado pode chegar. Do escritório...

Riva recebe alta após 10 dias em SP

jose riva curtinha   Depois de 10 dias internado no Sírio Libanês, em São Paulo, o ex-deputado José Riva recebeu alta nesta quinta. Retorna a Cuiabá e terá de ficar 20 dias de repouso devido à pressão e adaptação ao medicamento. Acometido de uma hemorragia subaracnoide, Riva, aos...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.