Cidades

Quinta-Feira, 05 de Setembro de 2019, 15h:37 | Atualizado: 05/09/2019, 19h:35

PUC atesta que assinaturas do diploma de Riva Júnior são falsas e Defaz investiga

A Delegacia Fazendária (Defaz) ainda investiga de quem são as assinaturas falsas que constam no diploma e certificado apresentados pelo filho do ex-deputado José Riva para atuar como médico do Detran-MT.  José Geraldo Riva Júnior, o Juninho Riva, é alvo da Operação Especialista, desencadeada nesta manhã (5). A casa dele foi vasculhada com ordem judicial.

Reprodução

juninhoriva_detran

Juninho Riva apresentou diploma de especialista em tráfego, que teria sido obtido na PUC

Ele é suspeito de usar diploma falso de especialização em medicina do tráfego, exigida pelo Detran ao credenciar os médicos que atuam na autarquia. Segundo o delegado Lindomar Toffoli, da Defaz, que conduz as investigações, diante de uma suspeita levantada internamente, o Detran pediu informações à PUC de Goiás e a resposta foi de que as assinaturas do documento não eram "verdadeiras".

"Veio a documentação da PUC de Goiás informando que aquela assinatura não era autêntica. Aquele timbre, declaração e assinaturas dos professores não eram da PUC. Então, aquele documento era falso", disse o delegado em coletiva à imprensa na sede da Defaz nesta manhã.

O delegado Lindomar pondera ainda que não encontrou o diploma de Riva Júnior para atuar como médico de tráfego na pasta que fica no Detran. "Faltava ter a documentação necessária que comprovasse que ele cumpriu esse curso", detalha. Tal documento só foi localizado na casa do médico, após o cumprimento do mandado de busca e apreensão nesta manhã.

Junto com o diploma, o delegado disse que encontrou outro documento, um certificado retirado na Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), que lhe concedeu o título de especialista. Só que o suposto diploma falso foi usado para tirar este registro. Lindomar afirma que "aparentemente o (segundo) documento é original".

No ofício que a PUC Goiás rebateu ao Detran reconhece que Juninho chegou a estar matriculado no curso, mas a instituição não concedeu certificado ao médico, pois não havia cumprido uma disciplina. O diploma é pré-requisito para um profissional atuar junto ao Detran e declarar motoristas e condutores aptos ou inaptos a tirar a CNH.

Formado em medicina, Riva Júnior atua como especialista de tráfego para a empresa Perimetran, que presta o serviço ao Detran. O uso do suposto diploma falso faz da situação dele no departamento irregular.

Segundo o delegado, Juninho apresentou documento em 2013, para comprovar a conclusão do curso. O ofício da PUC de Goiás vem em 2017, ou seja, quatro anos depois. Após tomar conhecimento deste caso, o Detran repassou o caso à  Delegacia Fazendária para investigar suposta atuação profissional com uso de diploma falso.

A polícia investiga ainda porque a Abramet concedeu título de especialista ao filho do ex-presidente da Assembleia sem checar a autenticidade dos documentos apresentados. O médico ainda não prestou esclarecimentos sobre o caso. O delegado informa que está em conversa com o advogado dele para marcar o horário do depoimento.

Em nota, o Detran afirma que também vai abrir um procedimento investigativo para averiguar a situação.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Doralice | Sexta-Feira, 06 de Setembro de 2019, 14h32
    0
    0

    Alguma novidade? É da família Riva.

Matéria(s) relacionada(s):

3 vereadores cuiabanos no Cidadania

diego guimaraes 400 curtinha   O Cidadania, hoje sem voz na Câmara de Cuiabá, poderá ter três vereadores a partir de março de 2020, com abertura da janela. Na dança das cadeiras, Felipe Wellaton sairá do PV para aderir ao Cidadania, que já é presidido em Cuiabá pelo seu chefe de...

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

3 ex-prefeitos se juntam em Poconé

meire pocone 400 curtinha   Em Poconé, o prefeito Tatá Amaral, filiado ao DEM do governador Mauro e apoiado pelo ex-federal Fábio Garcia, está disposto a buscar a reeleição, mesmo com uma gestão pífia, isolado politicamente e com alto índice de rejeição. Enquanto isso, as...

Máquinas para reciclar garrafas pets

maquina 400 curtinha   Sob iniciativa da secretaria de Inovação e Comunicação da Capital, dentro dos projetos que buscam a sustentabilidade, a prefeitura vai colocar máquinas de reciclagem de garrafas pets em 15 pontos da cidade e com possibilidade de ampliar os locais de recolhimento. Em troca, o cidadão...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.