Cidades

Sexta-Feira, 13 de Agosto de 2010, 07h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:27

RONDONÓPOLIS

Sachetti garante que nunca cometeu qualquer irregularidade

Adilton Sachetti    “Eu não mereço isso. Não cometi nenhuma irregularidade durante a minha gestão”, declarou o ex-prefeito de Rondonópolis e atual diretor presidente da Agecopa, Adilton Sachetti, defendendo a lisura de sua gestão. De acordo com ele, os indícios de irregularidades nos contratos de compra e venda de lotes do Distrito Industrial apontados pela Procuradoria Geral do Município não mostram o quadro integral da situação - veja aqui.

   Contudo, ele destaca que prefere aguardar a conclusão do procedimento iniciado pela Câmara de Vereadores, que solicitou informações à atual gestão municipal, por meio da secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico. O levantamento foi protocolizado na Casa na última sexta (6) e chegou às mãos do seu presidente, o vereador Hélio Pichioni (PR), somente nesta quarta (11).

   Pichioni informou que ainda não teve acesso ao teor das informações apresentadas, que unem três denúncias envolvendo a negociação de lotes no Distrito Industrial, mas garante que assim que as comissões tiverem analisado todo o material apresentado, caso haja algum indício de irregularidade comprovado, a Câmara tomará as providências necessárias. “Se alguém errou, vai ter que pagar”, diz.

   Adilton afirma que todos os atos realizados por ele, enquanto prefeito, foram pautados por parecer jurídico e amparados por memorandos e outros documentos referendados por seu secretariado. “Isso não é justo. Conduzimos a prefeitura da melhor maneira possível. Vamos esclarecer o que tem que ser esclarecido e, só então, tiramos conclusões”, ponderou.

   O ex-prefeito também explica que os lotes em questão foram adquiridos pela Sachet & Fagundes Ltda. diretamente de uma indústria fabricante de postes que funcionava no local, antes mesmo do Estado doar a área ao município. Conforme Sachetti, como na época não foi feita nenhuma escritura, quando a prefeitura assumiu a área deu início à regularização dos imóveis. No entanto, ele ressalta que nada impediria a Sachet & Fagundes de negociar com outra empresa e designar ao município que lavrasse a escritura em nome desta. “O que aconteceu aí tem que ser apurado, mas só quem pode responder pelas empresas são seus representantes”, concluiu.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Mecia Lima | Sexta-Feira, 13 de Agosto de 2010, 20h58
    0
    0

    Sr SACHETTI,está se revelando um "pinóquio" quando diz que a SACHETTI E FAGUNDES comprou o lote de uma empresa de pré moldados, pois quem tiver acesso aos processos da denúncia verá que a SACHETTI comprou da prefeitura conforme contrato assinado por ele mesmo.

  • TONINHO | Sexta-Feira, 13 de Agosto de 2010, 09h27
    0
    0

    Obrigado pela oportunidade de podermos nos expressar! Sachetti, quem te ve falando desse jeito até chora, chora de raiva, vamos enlencar os LOTES adqueridos na sua gestão! Só isso ja da para ter uma noção da sua administração. Tenha do homem público!!!!

  • João Moraes | Sexta-Feira, 13 de Agosto de 2010, 09h11
    0
    0

    Seu Adilton Sachett mostra que desconhece as leis que regem o Distrito.São áreas que foram vendidas a preços simbólicos ou doadas a títilo de incentivo. Por isso não pode ficar sofrendo expeculações imobiliarias e um empresário repassando ao outro.Para isso existe o CODIPI.

Licença da PRF para disputar eleição

Arthur Nogueira_400_curtinha   As eleições municipais e ao Senado continuam inflacionando o número de pré-candidatos. O ex-superintendente da PRF, Arthur Nogueira (foto), anunciou que se afastou das atividades policiais para colocar o seu nome à disposição da Rede para concorrer a vaga da senadora...

Possível recuo de Fábio pra prefeito

fabio garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal, primeiro-suplente do senador Jayme e presidente estadual do DEM, Fábio Garcia (foto), faz mistério sobre encarar ou não a corrida pela Prefeitura de Cuiabá. Empurrou a decisão para a próxima semana, sem precisar data e horário. O dirigente do...

Fórum aponta traição de 3 deputados

joao batista 400 curtinha   Fórum Sindical está na bronca com os deputados que aprovaram a reforma da Previdência, mas voltam seus canhões com mais força contra 3 deles: João Batista (ex-presidente do Sindispen), Delegado Claudinei e Faissal Calil. Em nota, o Fórum dispara que se elegeram com os votos...

Vereadora cacerense vira opção à vice

valdeniria 400 curtinha caceres   Em Cáceres, a vereadora de cinco mandatos Valdeniria Dutra Ferreira (foto), do PSC, está sendo cortejada pelos principais pré-candidatos a prefeito. Todos querem-na de vice da chapa. Até Paulo Donizete, que entrou na disputa majoritária apoiado pelo prefeito Francis Maris, passou...

Selma deve mesmo deixar o Podemos

selma arruda 400 curtinha   Para evitar um novo pedido de expulsão do Podemos, Selma Arruda dá sinais de que deixará o partido nos próximos dias. A ex-senadora, que preside o Podemos de Cuiabá, foi "convidada" a deixar a sigla após demonstrar resistência em apoiar a pré-candidatura do deputado...

Arco de alianças define vice de Eliene

eliene liberato 400 curtinha   A professora e vice-prefeita de Cáceres, Eliene Liberato (foto), pré-candidata do PSB à sucessão municipal, disse que a definição do nome para vice de sua chapa só sairá na pré-convenção. Até lá, o amplo arco de alianças...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.