Cidades

Sexta-Feira, 17 de Maio de 2019, 09h:53 | Atualizado: 17/05/2019, 10h:05

SAÚDE

Saúde alerta para vírus que causa dengue letal e de ágil evolução registrado em MT

Reprodução

aedes-aegypti

Mosquito Aedes carrega novo vírus em circulação de alto potencial ofensivo ao ser humano

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do setor de Vigilância Epidemiológica, emitiu um alerta aos municípios para a identificação do vírus DENV-2, um tipo de dengue que evolui rápido e pode levar a óbito. De acordo com a área técnica, existe um risco de reinfecção e do surgimento de casos mais graves, especialmente em crianças. As redes municipais de saúde estão sendo orientadas a avisar o Governo sobre casos.

“Orientamos aos profissionais de saúde dos municípios que notifiquem todos os casos suspeitos das arboviroses dengue, chikungunya e zika, considerando o cenário epidemiológico dessas doenças. Ao observar os sintomas, é preciso que os profissionais redobrem a atenção”, recomenda a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da SES-MT, Alessandra Moraes.

Orientamos aos profissionais de saúde dos municípios que notifiquem todos os casos suspeitos

Trecho de nota da SES

Segundo a pasta, o vírus já circulou no Estado em 2011. Na época, houve o bloqueio epidemiológico que evitou uma epidemia. Os casos considerados suspeitos do novo tipo apresentam febre de duração máxima de sete dias, acompanhada de pelo menos dois dos seguintes sintomas: febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas juntas, dor ao redor dos olhos, cansaço e irritação na pele, além da exposição à área com transmissão de dengue ou com presença de Aedes Aegypti nos últimos quinze dias.

A Vigiância Estadual orientou os municípios de Mato Grosso sobre como deve proceder para enviar amostras para diagnóstico laboratorial dos casos suspeitos deste novo tipo da dengue. O Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT) é a referência estadual para esses exames.

Alessandra alerta ainda que, nos casos de dengue grave ou óbitos com suspeitas da doença, a notificação aos serviços da Vigilância Epidemiológica Municipal e Estadual deve ser feita imediatamente. Outra recomendação às redes municipais é para que seja feita e investigação de antecedentes epidemiológicos do paciente.

“É importante enfatizar que, ao ser infectado por um sorotipo do vírus da dengue, a pessoa cria imunidade permanente contra esse sorotipo, entretanto, também cria anticorpos que podem agravar uma infecção caso seja infectado por um sorotipo diferente”, explicou a coordenadora.

O comunicado de alerta da SES-MT ressalta ainda que a notificação de doenças e agravos de saúde pública, além de ser uma obrigação legal do profissional de saúde, tem como objetivo sinalizar a ocorrência da doença e desencadear ações de Vigilância em Saúde (Com Assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • geraldo | Sexta-Feira, 17 de Maio de 2019, 12h03
    2
    0

    Tem é que fazer uma operação de limpeza forçada nos terrenos baldios e cobrar a limpeza,tem que entrar nas casas dos moradores principalmente onde os índices são alarmantes,já denunciei sobre terrenos sujos no Araés e ninguém faz nada,na travessa joaquim da costa siqueira quase em frente a igreja seicho no ie e próximo da igreja adventista tem uma casa abandonada com matagal esconderijo de maconheiro e ninguém da administração municipal faz nada.

Queda-de-braço em Alto Araguaia

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), enfrenta uma queda-de-braço com os vereadores. Recentemente, oito dos 11 parlamentares encaminharam ofício ao chefe do Executivo, inclusive com cópia para o MPE, considerando inoportuna, descabida e suspeita, neste momento de pandemia, fazer obra...

Estado amplia leitos de UTI no Sul

gilberto figueiredo 400 curtinha   O secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo (foto) reclama, sem citar nome, da forma como a prefeitura rondonopolitana está encarando a pandemia da Covid-19. Mesmo o governo federal já tendo pago diárias antecipadamente e, inclusive por três meses, de 10 leitos de...

Briga inconsequente com Santa Casa

z� do patio 400 curtinha   Acuado pela consequência da falta de planejamento e de gestão, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, está numa luta descabida de tentar encontrar culpados pelo avanço da Covid-19 no município. A prefeitura não construiu, sequer,...

2 secretários acionados sobre compras

ozenira 400 curtinha   Os secretários municipais de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho (Saúde) e Ozenira Félix Soares (foto), de Gestão, têm 48 horas para prestar esclarecimentos sobre compras, sem licitação, de óculos de proteção e macacões destinados a...

Valdir, conta rejeitada e pedido negado

valdirzinho 400 curtinha   Valdir Pereira de Castro, o Valdirzinho (foto), prefeito de Santo Antonio de Leverger, ingressou com pedido de revisão no TCE sobre o parecer contra aprovação das contas de 2018. O Tribunal apontou uma série de irregularidades, entre elas registros contábeis incorretos, abertura de...

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a administração Emanuel Pinheiro em Cuiabá

excelente

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.