Cidades

Domingo, 23 de Fevereiro de 2014, 09h:58 | Atualizado: 23/02/2014, 11h:09

Rondonópolis

Secretários acumulam cargos até Percival concluir mudanças no staff


de Rondonópolis

Divulgação

ANA_PERCIVAL.jpg

Primeira-dama Ana Carla deve acumular 3 pastas Educação, Cultura e Esporte

O prefeito de Rondonópolis Percival Muniz (PPS) ainda não concluiu as mudanças que prometeu fazer nas secretarias do município. Percival afirmou que, por enquanto, as equipes da prefeitura fazem estudo de viabilidade para que os serviços hoje prestados não sejam prejudicados com as mudanças que serão realizadas nos próximos meses.

Para promover a contenção de gastos, contudo, o prefeito conta que alguns secretários já têm acumulado cargos e recebido somente um salário. É o caso das secretarias de Infraestrutura e Transportes e Trânsito, sob o comando de Argemiro Ferreira, de Governo e Ação Social, chefiadas por Eduardo Duarte e ainda de Planejamento e Receita, que têm à frente Valdeci Feltrin. Percival também afirmou que alguns contratos realizados no ano passado e que tinham validade de um ano não foram renovados. “Toda a estrutura da prefeitura envolve muitas pessoas e serviços, por isso, temos de fazer toda a mudança com cautela”, esclarece.

No final de janeiro, Percival solicitou a todos os secretários que colocassem os cargos à disposição. O pedido fazia parte de um pacote de medidas de contenção de gastos. A promessa era de que das atuais 15 pastas existentes no município, pelo menos cinco seriam fundidas. Além disso, cada secretário deveria apresentar cortes de pessoal. As mudanças se devem à elevação dos gastos públicos no último ano e do pequeno crescimento da receita do município, em apenas 7%. Nesse primeiro ano de gestão do socialista, a prefeitura gastou R$ 40 milhões acima do que foi arrecadado. Agora, a administração precisa atingir R$ 4 milhões em corte de pessoal. Segundo Percival, 30% da meta foi atingida em janeiro. Para fevereiro, a expectativa é atingir entre 20% e 30%.

Entre as modificações que devem ocorrer nos próximos dias, está acertado que as secretarias de Cultura – criada recentemente - e de Esportes seriam incorporadas à de Educação e ficariam sob o comando da primeira-dama Ana Carla Muniz (PPS). O gabinete de Desenvolvimento Econômico, chefiado por Edson Ferreira, também deve passar por mudanças, ainda não definidas. O prefeito chegou a extinguiu a promotoria de Desenvolvimento de Agronegócio e a de Novos Investimentos. Caíram também os dois secretários que as ocupavam, José Orsi e Élio Razia.

A secretaria de Habitação e Urbanismo foi dividida em três partes. A de cadastros de habitação foi para a pasta de Ação Social. A fiscalização de casas e desenvolvimento imobiliário, para a de Receita. E a parte de projetos ficará a cargo da Infraestrutura.

 Planejamento, Administração, Receita e Finanças devem ser fundidas em apenas duas, mas ainda não há uma definição de como devem ficar. Por enquanto, o gabinete de apoio à Segurança Pública (Gasp), considerado sem atuação, não foi citado nas mudanças. Segundo Percival, a intenção para este ano é intensificar os trabalhos do Gasp na cidade.

Percival extingue e funde pastas para cortar R$ 4 mi; Ana terá mais poder

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • joao | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 07h58
    0
    0

    Avelino, não fala uma coisa desta: dizer que o secretário municipal da GASP anda com segurança pela cidade, já falei e repito se o prefeito não exonerar urgente 3 secretários, a administração vai sofrer um colapso, andando pelas ruas é o que ouvem falar.

  • jose arimateia | Domingo, 23 de Fevereiro de 2014, 22h07
    0
    0

    Que GASP coisa nenhuma, segurança é problema do estado, em são paulo essa coisa foi abolida pelo TCE, em MT está sendo questionada, isso é FRIA.

  • avelino | Domingo, 23 de Fevereiro de 2014, 18h59
    1
    0

    O Gasp na verdade nao serve pra nada só para abocanhar o salário do secretário que até com segurança anda na cidade....que vergonha

  • joaoderondonopolis | Domingo, 23 de Fevereiro de 2014, 11h50
    1
    0

    Gasp até agora nada nadica de nada. Só blá blá blá.

  • Ana Beatriz s. Mendes | Domingo, 23 de Fevereiro de 2014, 11h11
    0
    0

    Refaçam a matéria, tirando a parte da acumulação e a demissão do Orsi o restante já tem outro viés.

Beto decide em maio quem vai apoiar

beto farias 400 curtinha   O prefeito barra-garcense e empresário Beto Farias (foto), que conclui neste ano o segundo mandato consecutivo, não sabe ainda quem apoiar à sucessão municipal. E só tomará uma decisão em maio, já faltando dois meses para as convenções. Até...

Lucas impõe regras pra cortar energia

luiz binotti 400 curtinha   Em Lucas do Rio Verde, a Energisa está proibida de interromper o fornecimento de energia elétrica, mesmo por inadimplência, sem informar ao consumidor, por escrito e com antecedência de 15 dias, sobre a suspensão dos serviços. O projeto aprovado pelos vereadores se transformou na...

Cidinho declina do convite à suplência

cidinho 400 curtinha   O ex-senador e empresário Cidinho Santos (foto), do PL, declinou do convite para compor uma das suplências da chapa ao Senado de Otaviano Pivetta (PDT). Em princípio, ele havia aceitado ser o primeiro-suplente. Mas questões empresariais não permitem que neste ano Cidinho concorra a cargo...

Conselhos, o populismo e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), bastante conhecido pelo perfil populista, busca se apegar cada vez mais às massas. Até para inaugurar um posto de saúde, Pátio, estrategicamente, aproveita para criar, ali na comunidade, os chamados conselhos. Busca debater...

Educação Inclusiva no Nilo Póvoas

marioneide 400 curtinha   A Seduc, sob Marioneide Kliemaschewsk (foto), decidiu desativar a tradicional escola estadual Nilo Póvoas, que funcionava há 50 anos no bairro Bandeirantes, em Cuiabá, o que acabou gerando protesto de pais e alunos. O prédio agora vai abrigar o Centro de Referência em...

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.