Cidades

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 09h:31 | Atualizado: 18/02/2014, 10h:35

Sispmur aciona prefeitura


de Rondonópolis

Após a Prefeitura de Rondonópolis negar a posse do professor Rubens Paulo como presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur), os servidores públicos, por unanimidade, votaram pela permanência dele à frente do sindicato, sendo que, agora, o pagamento do salário deve ser feio pelo Sispmur.

Mesmo com o reconhecimento da Justiça pela legalidade da posse dele, o Executivo continua sem reconhecer a legitimidade da licença pleiteada pelo sindicalista, que está no terceiro mandato consecutivo e foi eleito com aproximadamente 90% dos votos da categoria.

A Prefeitura de Rondonópolis alega que a Lei Municipal nº 1.752, de 1990, prevê que a licença terá a duração do mandato e poderá ser prorrogada em caso de eleição por uma única vez. Como o Rubens estaria no terceiro mandato, ele não teria mais direito a receber a licença para assumir a presidência do sindicato.

 O departamento jurídico do Sispmur, por sua vez, interpôs mandado de segurança para que Rubens pudesse assumir o cargo e ter direito à licença. A Justiça entendeu que tal negativa afronta o que dispõe o artigo 71 da Lei Complementar nº 003 de 2000, que modificou o entendimento quanto ao direito de licenças no que cerne à reeleição.

O artigo diz que é assegurado ao funcionário e ao professor o direito à licença para desempenho de mandato em confederação, federação, associação de categoria profissional de âmbito nacional ou sindicato representativo da categoria ou ainda, entidade fiscalizadora da profissão, com remuneração, quando se tratar de mandato exercido perante a entidade local e sem remuneração nos demais casos.

Quanto aos casos de reeleição, o artigo diz a licença terá duração igual à do mandato, podendo ser prorrogado no caso de reeleição. Segundo a assessoria de imprensa do Sispmur, a decisão da Justiça quanto à permanência da licença deve ser publicada nesta terça (18) no diário oficial de Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • carlos | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 18h34
    0
    0

    Percival, deixe de picuinhas, cuide da prefeitura, tem 2 secretários mandando mais que você. A população está de olho, se livra deles logo.

  • adao Emiliano | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 17h36
    0
    0

    Parabéns Rubens

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.