Cidades

Quarta-Feira, 16 de Abril de 2014, 12h:55 | Atualizado: 16/04/2014, 12h:57

Só 10% de tributo é aplicado

Rondonópolis arrecada R$ 2,1 bi, mas sobra para o município R$ 200 mi

Anualmente, Rondonópolis arrecada com impostos cerca de R$ 2,1 bilhões, mas o que sobra para o município é menos de 10%, R$ 200 milhões. Só para o governo Dilma é repassado R$ 1,6 bilhão e para o Estado quase  R$ 400 milhões. A informação é do prefeito Percival Muniz (PPS), em entrevista hoje (16) à Rádio Mix, 94,3. O gestor afirma que com o que fica para ele, não tem como trabalhar de maneira satisfatória. “Tenho trabalhado, mas não sou nenhum salvador da pátria”. 

De acordo com Percival, o Estado tem retirado os recursos do Fethab e usado para pagar folha ou para as obras da Copa, o que faz o interior ficar esquecido. Além disso, o ICMS tem sido distribuído de modo irregular e injusto. Para ele, o município já não tem investimento adicional e o que deveria receber por direito também não vem, desse modo pouco sobra para se desenvolver e muitas cidades podem acabar quebrando. Um exemplo que ele cita é o fato de que não há recursos para ele investir em mídia nos veículos locais, o que seria muito importante para a imprensa da região, enquanto o governo Dilma gasta bilhões em publicidade.

Percival destaca que para fazer o que possível com a arrecadação, ainda há muitas regras e muita burocracia, o que atrasa principalmente as obras. “Engessaram o país”, afirma. E o povo cobra melhorias sempre do prefeito, pois é o gestor mais próximo da população, ainda mais em cidades menores. Algo que pedem muito em Rondonópolis, segundo ele, é segurança, mas não é responsabilidade da prefeitura, é do Estado. “Não vou e não posso gastar dinheiro com segurança, vou buscar parcerias. Estou dialogando com o governo, mas não vejo solução em curto prazo”. 

Ainda de acordo com o prefeito, o cidadão paga por saúde, educação, transporte, segurança e não recebe nada disso com qualidade. Ele acredita que a qualquer momento a população irá se rebelar.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ariosvaldez Rodrigues de Lima | Terça-Feira, 22 de Abril de 2014, 11h53
    0
    0

    O que acham da seguinte idéia para uma emenda constitucional? 1) Somente os municípios passam a ter competência para arrecadar os tributos no país, qualquer que seja a competência para instituição 2) Do produto da arrecadação, o município retém 40% de todo tributo cujo fato gerador tenha se dado em seu território 3) Do restante da arrecadação, o município remete 50% para o Estado (30% do total arrecadado), 40% para a União (24% do total arrecadado) e 10% (6% do total arrecadado) para um fundo de poupança nacional que serviria exclusivamente para fomentar o desenvolvimento dos municípios mais fracos do ponto de vista de arrecadação. Com isso, haveria bem mais dinheiro nas mãos dos municípios, muitos deles deixando de depender da União e do Estado para sempre e, por consequência lógica, seria bem mais fácil fiscalizar os casos de corrupção, afinal, os prefeitos e vereadores estão nos municípios, estamos bem mais perto deles que dos deputados e senadores! Com isto, Rondonópolis ficaria com a seguinte fatia bolo: 2.100.000.000,00 arrecadados 840.000.000,00 ficariam no município 630.000.000,00 iriam para o Estado 504.000.000,00 iriam para a União e; 126.000.000,00 iriam para a poupança emergencial para socorro dos municípios mais fracos

  • Zé Poxoréo | Quarta-Feira, 16 de Abril de 2014, 16h17
    0
    0

    Esses prefeitos são todos iguais, os caras no período de campanha prometem mundos e fundos, depois de eleitos começam com essas conversinha mole de que não é salvador da pátria. Vale aquela máxima, se não aguenta pede pra sair então!

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.