Cidades

Quinta-Feira, 04 de Dezembro de 2014, 09h:55 | Atualizado: 04/12/2014, 22h:59

Transação de lote entre Itanhangá e Fiagril possibilita aquisição de máquinas e construção de creche


Enviados especiais a Itanhangá

Gilberto Leite/Rdnews

aldo loreiro

Aldo Loureiro, assessor jurídico da Prefeitura de Itanhangá, durante entrevista

Um lote de 7,5 hectares em área destinada à reforma agrária, vendido à empresa Fiagril pela Prefeitura de Itanhangá (a 458 km de Cuiabá),  serviu para fundamentar a prisão do empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Marino Franz (PSDB) durante a operação Terra Prometida, deflagrada pela Polícia Federal no último dia 27. Mas o assessor jurídico do Executivo, advogado Aldo Loureiro, defende a legalidade da transação e diz que os R$ 500 mil pagos ao município após processo licitatório realizado em dezembro do ano passado beneficiaram toda a população possibilitando a compra de um micro-ônibus utilizado para o transporte de pacientes até Sorriso, do único caminhão de lixo que faz coleta na cidade, do caminhão-tanque que molha as ruas sem pavimentação no período de seca para reduzir a poeira e no complemento da construção da creche que vai oferecer 100 vagas a partir do início do ano letivo em 2015.

De acordo com Aldo Loureiro, ainda na década de 1990, o lote foi cedido pelo beneficiário a Bunge Alimentos para construção do armazém de grãos instalado no local com autorização do Incra. Já em 2006, a multinacional decidiu vender a área para a Fiagril, que à época não encontrou impedimento legal para aquisição. Em 2013, o Incra apresentou um termo de doação da área utilizada pela Fiagril para o município de Itanhangá. “Para solucionar o problema e não prejudicar a empresa que sempre ajudou no desenvolvimento da cidade, a prefeitura decidiu abrir uma tomada de preços. A Fiagril foi a única empresa que se habilitou a participar do processo licitatório e ofereceu R$ 500 mil pelos 7,5 hectares, um preço bem maior que o praticado pelo mercado”, explica o assessor jurídico, em entrevista ao Rdnews.

Mário Okamura/Rdnews

mapa operacao terra prometida tapurah itanhanga.jpg

Em Itanhangá, armazém da empresa Fiagril, cuja negociação é tida como ilegal pela PF, foi adquirida da Bunge Alimentos

Solucionado o impasse, a Prefeitura de Itanhangá recebeu o valor combinado em fevereiro do ano passado. Dos 500 mil pagos em parcela única, o prefeito João Cabeça Branca (PSD) decidiu investir R$ 36 mil na compra do micro-ônibus da secretaria de Saúde e R$ 46 mil no tanque que molha as ruas. O caminhão do lixo custou R$ 250 mil enquanto os R$ 168 mil restantes foram aplicados na construção da creche orçada em R$ 527 mil. O restante dos recursos aplicados na educação infantil provêm de receita própria e de emendas parlamentares.

O secretário de Obras de Itanhangá, Nelson Renheimer (PR), aprova a destinação dos recursos e também afirma que a Fiagril contribui com o desenvolvimento da cidade. “Antes da negociação com a empresa, a coleta de lixo era feita com uma caçamba sucateada e a poeira incomodava os moradores. O recurso trouxe uma melhoria significativa”, destaca.

Prefeitura

Apesar da prisão do vice-prefeito Rui Schenkel (PR), sob acusação de ameaçar beneficiários da reforma agrária em transações de lotes, o assessor jurídico Aldo Loureiro afirma que a Prefeitura de Itanhangá não se pronuncia sobre a operação Terra Prometida porque o Executivo não tem nenhum envolvimento com os possíveis ilícitos investigados. O prefeito João Cabeça Branca (PSD), que se ausentou da cidade para se submeter a cirurgia cardíaca em Cuiabá, retornou no final da tarde desde quarta (3), após 10 dias de afastamento. Hoje, ele deve comentar os desdobramentos das prisões para o município.

Fotos: Gilberto Leite/Rdnews

escola caminhao itanhanga

Prefeitura de Itanhangá argumenta que, com os R$ 500 mil negociados, comprou micro-ônibus, caminhão de lixo, caminhão-tanque e ampliou estrutura de creche

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • NICOLAS | Quinta-Feira, 04 de Dezembro de 2014, 13h16
    0
    0

    NICOLAS, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...

TCE vê superfaturamento em Juara

carlos sirena 400 curtinha   Em plena campanha eleitoral o prefeito de Juara, Carlos Sirena (foto), candidato à reeleição pelo DEM, está tendo que buscar explicações sobre irregularidades apontadas pelo TCE-MT em alguns casos de dispensa de licitação, especialmente nas compras de produtos para...

Doação à campanha a pedido de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto) não tirou um centavo do bolso para colocar na campanha de Kalil Baracat, mas é o responsável pela entrada de praticamente a metade dos R$ 1,4 milhão doados ao candidato do MDB à Prefeitura de Várzea Grande. Graças à...