Cidades

Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 15h:56 | Atualizado: 12/08/2019, 16h:04

Fôlego

UFMT fecha acordo com empresa de segurança para pagar salários atrasados

Após duas reuniões realizadas na sexta (9), a UFMT se comprometeu a pagar os salários atrasados dos seguranças terceirizados da MJB Vigilância e Segurança. Instituição e empresa firmaram termo de compromisso de pagamento de R$ 670 mil em duas parcelas. Com isso, a vigilância do patrimônio foi garantida nos campi de Cuiabá, Rondonópolis e Sinop.

A primeira parcela, de R$ 340 mil, será repassada hoje (12) e é destinada ao pagamento dos salários atrasados e benefícios dos colaboradores dos meses de abril e maio. Após a comprovação da empresa dos pagamentos até o dia 14 de agosto, a segunda parcela, de R$ 330 mil, será repassada e destinada ao pagamento dos salários e benefícios de junho e julho até o dia 20 de agosto.

Sem receber salários e direitos trabalhistas há três meses, os seguranças fecharam as guaritas de acesso para veículos, no campus Cuiabá, na sexta (9). A medida foi à forma que os trabalhadores encontraram para protestar contra a situação. Além da remuneração, direitos trabalhistas, como aposentadoria e FGTS, também não estavam sendo pagos, enquanto que a empresa continuava a dar o vale-transporte para eles irem ao trabalho.

Como prevê o termo de compromisso, a UFMT só pode pagar as faturas em atraso com a devida comprovação de pagamento de salários e de encargos dos meses de maio e junho, cujas referências são os atestes das faturas dos meses de abril e de maio. A universidade pôde fazer as quitações possíveis dentro do recurso disponível para ser liquidado.

Em março deste ano, a UFMT já havia repassado R$ 290 mil para a manutenção do serviço de vigilância patrimonial. E, conforme o contrato assinado e a lei que rege as licitações na esfera pública, as empresas prestadoras de serviços se comprometem a manter as atividades por 90 dias mesmo sem o efetivo recebimento dos órgãos públicos.

O processo de negociação envolveu também agentes da Procuradoria-Geral Federal, representantes da MJB e da Coordenação de Segurança, vinculada à Secretaria de Infraestrutura (Sinfra). A reitoria também recebeu representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE), do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação (Sintuf) e da Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat) no gabinete da reitoria. Na oportunidade, o professor Evandro Soares, que assume como reitor em exercícicio, esclareceu o quadro da situação real de pagamento da empresa MBJ e discutiu as alternativas para a resolução das reivindicações dos colaboradores (Com assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Ralf | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 07h34
    0
    2

    Mas pra que segurança no campus, ali não é a turma do paz e amor. Chega de policiamento no campus, deixa a gelara fumar em paz.

  • Ademir | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 21h34
    1
    2

    Ainda tá esta comuniista de reitora na UFMT, querem que fecha mesmo!!!!

  • Lídia | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 19h15
    2
    2

    Incompetência tem nome.

Matéria(s) relacionada(s):

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

Entrevistando uma aliada vitimizada

dito lucas 400 curtinha   Selma Arruda aceitou gravar entrevista para o programa Roda de Conversa, apresentado por Dito Lucas (foto) e que estreia hoje à noite, na TV Gazeta de Cuiabá, desde que fosse em sua casa, em Chapada dos Guimarães. E assim foi feito. A senadora cassada ficou bem à vontade para falar o que quis....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.