Cidades

Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 15h:56 | Atualizado: 12/08/2019, 16h:04

Fôlego

UFMT fecha acordo com empresa de segurança para pagar salários atrasados

Após duas reuniões realizadas na sexta (9), a UFMT se comprometeu a pagar os salários atrasados dos seguranças terceirizados da MJB Vigilância e Segurança. Instituição e empresa firmaram termo de compromisso de pagamento de R$ 670 mil em duas parcelas. Com isso, a vigilância do patrimônio foi garantida nos campi de Cuiabá, Rondonópolis e Sinop.

A primeira parcela, de R$ 340 mil, será repassada hoje (12) e é destinada ao pagamento dos salários atrasados e benefícios dos colaboradores dos meses de abril e maio. Após a comprovação da empresa dos pagamentos até o dia 14 de agosto, a segunda parcela, de R$ 330 mil, será repassada e destinada ao pagamento dos salários e benefícios de junho e julho até o dia 20 de agosto.

Sem receber salários e direitos trabalhistas há três meses, os seguranças fecharam as guaritas de acesso para veículos, no campus Cuiabá, na sexta (9). A medida foi à forma que os trabalhadores encontraram para protestar contra a situação. Além da remuneração, direitos trabalhistas, como aposentadoria e FGTS, também não estavam sendo pagos, enquanto que a empresa continuava a dar o vale-transporte para eles irem ao trabalho.

Como prevê o termo de compromisso, a UFMT só pode pagar as faturas em atraso com a devida comprovação de pagamento de salários e de encargos dos meses de maio e junho, cujas referências são os atestes das faturas dos meses de abril e de maio. A universidade pôde fazer as quitações possíveis dentro do recurso disponível para ser liquidado.

Em março deste ano, a UFMT já havia repassado R$ 290 mil para a manutenção do serviço de vigilância patrimonial. E, conforme o contrato assinado e a lei que rege as licitações na esfera pública, as empresas prestadoras de serviços se comprometem a manter as atividades por 90 dias mesmo sem o efetivo recebimento dos órgãos públicos.

O processo de negociação envolveu também agentes da Procuradoria-Geral Federal, representantes da MJB e da Coordenação de Segurança, vinculada à Secretaria de Infraestrutura (Sinfra). A reitoria também recebeu representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE), do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação (Sintuf) e da Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat) no gabinete da reitoria. Na oportunidade, o professor Evandro Soares, que assume como reitor em exercícicio, esclareceu o quadro da situação real de pagamento da empresa MBJ e discutiu as alternativas para a resolução das reivindicações dos colaboradores (Com assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Ralf | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 07h34
    0
    2

    Mas pra que segurança no campus, ali não é a turma do paz e amor. Chega de policiamento no campus, deixa a gelara fumar em paz.

  • Ademir | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 21h34
    1
    2

    Ainda tá esta comuniista de reitora na UFMT, querem que fecha mesmo!!!!

  • Lídia | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 19h15
    2
    2

    Incompetência tem nome.

Matéria(s) relacionada(s):

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.