Cidades

Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 15h:56 | Atualizado: 12/08/2019, 16h:04

Fôlego

UFMT fecha acordo com empresa de segurança para pagar salários atrasados

Após duas reuniões realizadas na sexta (9), a UFMT se comprometeu a pagar os salários atrasados dos seguranças terceirizados da MJB Vigilância e Segurança. Instituição e empresa firmaram termo de compromisso de pagamento de R$ 670 mil em duas parcelas. Com isso, a vigilância do patrimônio foi garantida nos campi de Cuiabá, Rondonópolis e Sinop.

A primeira parcela, de R$ 340 mil, será repassada hoje (12) e é destinada ao pagamento dos salários atrasados e benefícios dos colaboradores dos meses de abril e maio. Após a comprovação da empresa dos pagamentos até o dia 14 de agosto, a segunda parcela, de R$ 330 mil, será repassada e destinada ao pagamento dos salários e benefícios de junho e julho até o dia 20 de agosto.

Sem receber salários e direitos trabalhistas há três meses, os seguranças fecharam as guaritas de acesso para veículos, no campus Cuiabá, na sexta (9). A medida foi à forma que os trabalhadores encontraram para protestar contra a situação. Além da remuneração, direitos trabalhistas, como aposentadoria e FGTS, também não estavam sendo pagos, enquanto que a empresa continuava a dar o vale-transporte para eles irem ao trabalho.

Como prevê o termo de compromisso, a UFMT só pode pagar as faturas em atraso com a devida comprovação de pagamento de salários e de encargos dos meses de maio e junho, cujas referências são os atestes das faturas dos meses de abril e de maio. A universidade pôde fazer as quitações possíveis dentro do recurso disponível para ser liquidado.

Em março deste ano, a UFMT já havia repassado R$ 290 mil para a manutenção do serviço de vigilância patrimonial. E, conforme o contrato assinado e a lei que rege as licitações na esfera pública, as empresas prestadoras de serviços se comprometem a manter as atividades por 90 dias mesmo sem o efetivo recebimento dos órgãos públicos.

O processo de negociação envolveu também agentes da Procuradoria-Geral Federal, representantes da MJB e da Coordenação de Segurança, vinculada à Secretaria de Infraestrutura (Sinfra). A reitoria também recebeu representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE), do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação (Sintuf) e da Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat) no gabinete da reitoria. Na oportunidade, o professor Evandro Soares, que assume como reitor em exercícicio, esclareceu o quadro da situação real de pagamento da empresa MBJ e discutiu as alternativas para a resolução das reivindicações dos colaboradores (Com assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Ralf | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 07h34
    0
    2

    Mas pra que segurança no campus, ali não é a turma do paz e amor. Chega de policiamento no campus, deixa a gelara fumar em paz.

  • Ademir | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 21h34
    1
    2

    Ainda tá esta comuniista de reitora na UFMT, querem que fecha mesmo!!!!

  • Lídia | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 19h15
    2
    2

    Incompetência tem nome.

Matéria(s) relacionada(s):

Do colapso a repasses regularizados

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que, antes mesmo da posse como governador e a partir do resultado do PIB-MT de 2017, apontando um crescimento de 12,5% da economia, é que resolveu mergulhar nos números da administração pública para tentar entender tamanha questão paradoxal. Questionou...

O conselheiro de pretensos candidatos

blairo maggi 400 curtinha   Blairo Maggi, que seria imbatível se concorresse à suplementar ao Senado para a vaga de Selma, se transformou num espécie de conselheiro político de vários pretensos candidatos. Entre outros, já procuraram-no para conversar sobre este pleito fora de época figuras como...

Em saia-justa sobre corte na Unemat

adriano silva 400 curtinha   A comunidade acadêmica da Unemat esperava mais do seu ex-reitor e integrante do quadro docente, professor Adriano Silva (foto). O governador Mauro conseguiu na Justiça derrubar a vinculação de repasse financeiro a Unemat, o que representa, na prática, menos recursos para a...

DEM consulta sobre regras ao Senado

julio campos 400 curtinha   Atendendo orientação da Nacional do DEM, na luta para ampliar bancada no Congresso, o diretório regional do partido vai apostar todas as fichas na disputa suplementar ao Senado. E, antes de avançar na definição de nome, o partido decidiu encaminhar consulta ao TSE para saber se...

Expediente suspenso e posse no TCE

guilherme maluf 400 curtinha   O expediente no TCE-MT será suspenso na segunda, a partir das 12 horas. É que às 15 horas acontece a sessão especial na Escola Superior de Contas, marcando a posse de Guilherme Maluf (foto) na presidência do órgão fiscalizador. O hoje presidente Domingos Neto passa ao...

Túlio, desgaste e disputa em Cáceres

tulio 400 caceres   Derrotado a deputado estadual duas vezes, a última em 2018, Túlio Fontes (foto) não sustenta mais o que declarou há três meses, quando anunciou que ficaria de fora da corrida à Prefeitura de Cáceres. Mesmo tendo abandonado o município por um bom tempo, desde quando concluiu...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.