Cidades

Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 19h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Barra do Bugres

Vereador Orlandinho some para postergar processo de cassação

Orlandinho   Enquanto a Câmara de Cuiabá teve a primeira cassação da história registrada somente em 2009, os vereadores de Barra do Bugres se preparam pela segunda vez para determinar a perda do mandato de um colega. São legislaturas distintas, mas as peripécias foram protagonizadas pelo mesmo parlamentar. Trata-se de Orlando Cardoso Chaves, o Orlandinho (PV), que ficou conhecido na década de 80 por arquitetar a tentativa de sequestro fracassada do então deputado estadual Renê Barbour (já falecido).

   Nesta sexta (22), está programada uma sessão de julgamento com base no relatório aprovado pela comissão processante. O parecer é pela cassação por calúnia, injúria e difamação. Notificado por edital, o vereador e sua advogada estão desaparecidos desde terça (19), numa manobra para tentar protelar o julgamento. 

   Orlandinho foi denunciado em outubro pelo representante do Conselho Municipal de Habitação, ex-vereador Arlindo Bezerra dos Santos, de 65 anos. “O vereador me acusou de manter com o Poder Executivo relações espúrias, afirmando que eu estaria mamando nas tetas da prefeitura e proferiu contra mim palavras de baixo calão”, relata o eleitor.

   As ofensas teriam sido proferidas por Orlandinho durante uma sessão da Câmara, em 1º de outubro de 2009, com transmissão por emissoras de rádio e televisão. “Os xingamentos foram lançados aos quatro cantos da cidade”, reclama Arlindo.

   Responsável pela defesa do vereador cassado por Cuiabá, Ralf Leite (PRTB), a advogado Débora Simone da Rocha Faria é assessora jurídica da comissão processante em Barra do Brugres. Segundo ela, a sessão de sexta só deve acabar no final da tarde. Depois da leitura do processo e do parecer da comissão, haverá duas horas para que Orlandinho faça a defesa. Em seguida, cada vereador tem direito a falar por 15 minutos e, ao final, será realizada a votação.

   Em 2007, quando presidia a Mesa Diretora, Olandinho foi cassado por 6 votos a 3 sob acusação de superfaturamento. Ele teria comprado nada menos de oito mil cartões para aparelho celular, 17 mil litros de gasolina para um único veículo da Câmara e quatro baterias num mês para o mesmo carro. Depois de perder o cargo, ele obteve uma liminar no Tribunal de Justiça, que anulou a sessão de julgamento.

    Apesar do TJ não ter cancelado os procedimentos de investigação, o vereador Moacir Júlio Dias (PP), que assumiu a Mesa Diretora, não promoveu novo julgamento. Orlandinho retornou ao cargo, concluiu o mandato, mas não conseguiu se reeleger. Ficou como primeiro suplente da coligação. Ele voltou à Câmara em abril de 2009, depois que a Justiça Eleitoral decretou a perda do mandato do titular Jonas Manoel de Souza (PT), o Joaninha. Agora, Orlandinho está mais uma vez à beira da cassação.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • SILVANA | Quinta-Feira, 26 de Agosto de 2010, 18h59
    0
    0

    Promotor Rinaldo, onde o senhor fica? Já fui várias vezes na Promotoria falar com o senhor, e nunca consigo; dizem que o senhor não atende o povo. Pergunto então: onde o senhor fica, ou melhor, onde o senhor se esconde ?

  • LÍDIA FONTES | Sábado, 15 de Maio de 2010, 16h23
    0
    0

    LÍDIA FONTES, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Armando | Sábado, 23 de Janeiro de 2010, 08h47
    0
    0

    Eu acesso diariamente o rdnews, estou acompanhando todos esses depoimentos, mas agora eu vejo que a minha opinião não foi aprovada pela direção do rdnews, será que é porque eu falei a verdade sobre a presidência da câmara? Quando se diz de beneficiar a sí próprio, o que diz no Regimento Interno, quanto quanto eleições da Mesa Diretora. Nessa história de cassassão do vereador Orlando eu vejo que o Legislativo deve fazer o rege a lei. mas já que é para moralizar, tem que fazer uma fachina geral.

  • Bia de Oliveira | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 12h32
    0
    0

    Com todo respeito a opnião e indignação do internauta junior e concordando com a questão da insegurança pública, gostaria apenas de discordar a respeito da atuação do Promotor de Justiça, Rinaldo Segundo, na comarca de Barra do Bugres, pois basta acompanhar aqui mesmo neste site e em outros a quantidade de ações por improbidades administrativas propostas nos últimos meses, contra politicos corruptos e isso nos quatro municipios da comarca (Nova Olímpia, Denise, Porto Estrela, Barra do Bugres), tendo oferecido mais ações do que todos os outros promotores que ja passaram nesta comarca. Assim quero parabenizar o brilhante trabalho, principalmente no combate a improbidade, que vem sendo realizado pelo Promotor e que com certeza não deixara impune a questão dos maquinários.

  • CAIO LIMA | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 11h46
    0
    0

    Não gosto do Vereador Orlando e não votaria no mesmo, pois sei que ele, Santo é que não é. No entanto, uma coisa é certa e todos os que moram na Barra do Bugres, sabem disso. Orlandinho fala o que as pessoas tem vontade de falar. Barra do Bugres tem só vereadores puxa saco do prefeito. O Orladinho critica tudo isso. Daí a perseguição ao vereador Orlando. Pessoalmente, entendo que o vereador é corajoso, e denunciou uso de maquinários da prefeitura, com conhecimento do prefeito WILSON, em terras particulares, para beneficiar pessoas que tem dinheiro e poderio economico na região. No entanto, o promotor da CIDADE Dr. Rinaldo Segundo não toma providências. As provas são claríssimas. As imagens e o áudio são inquestionáveis. Todos viram a prova. O que está faltando mais ao Promotor Rinhaldo para tomar providências? Todos os barrabugrenses viram as imagens dos maquinários nas terras do Renezinho, bem como do titular da empresa de Palmito, beneficiando essas pessoas à custa do dinheiro público. O Vereador Orlando é que levou essas provas ao Promotor Rinaldo. Mas como o Promotor da cidade não age e não toma as providências, a Câmara Municipal quer cassar o Vereador que está denunciando essas falcatruas. Peço que esse conceituado veículo de comunicaão pergunte ao promotor da cidade de barra do bugre, que dificilmente atende alguém do provo, já que o mesmo tem as imagens e áudio, porque até hoje, apesar de se encontrar na cidade há vários meses, ainda não tomou providências nesse gravíssimo caso???? Outra coisa, quero afirmar que o promotor não para na cidade, e para comprovar isso basta que alguém desse veículo de comunicação, chegue na cidade, e vá a promotoria, e paça para falar com o Promotor Rinaldo, dizendo principalmente que quer fazer um denúncia ao Ministério Público

  • marcos machado | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 19h24
    0
    0

    Querido Romilson devo corrigir um erro a acusação de sequestro, nao foi tentativa o orlandinho sequestrou na epoca o filho do dep. rene o renezinho nao foi tentativa um abraço

  • zefinha | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 14h37
    0
    0

    ! Vereador nao tem poder para fazer obras, caso vc nao saiba, quem faz isso eh o prefeito, vereador so FISCALIZA!!. Palavrra do Rafael . Querido eleitores isso e fiscalizar ,e o unico que estava fiscalizando era Orlandinho ,e tai sofrendo um cassaçao boba e inultil ,aonde iremos para .Maquinarios em fazenda particular usado dinheiro do povo nao conta ,gente vamos acorda , vcs conheçe a empreiteira zigzig,pois e mais bomba vem ai vai ser merda pra todo lado isso que o povo tem que sabe ,mais tai um sendo cassado o que mais ficaliza ,e mais uma vez Barra do Bugres vai afunda mais e te garanto mais mudança iremos ver passando pela ponte paraguai , ou subindo a serra de tangara ,mais ta ai força de umapolitica suja e medilcre , e essa Drª Debora etica para ser uma Drª ?????/,teve ser por isso que ela esta nesse mundo politico de SUJEIRA E MEDILCRIDADE

  • BARRA ABANDONADA. | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 14h30
    0
    0

    Nossa como a politica é suja.tantos homens de bens com carater inespliqcaveis e agora entrou na politica e deixou a moral ir lá embaixo.nao entendo como a politica destroi carater e dignidade em segundos.vejo homens de bens brigando como urubu na carniça para mostrar poder .enquanto briga a nossa cidade esta um caos .pelo amor de Deus vereadores para de TITITITI e vao fiscalizar a nossa cidade.

  • Rafinha | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 10h08
    0
    0

    Concordo com você Junior....

  • Rafael | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 09h49
    0
    0

    Junior, nao sou acessor dele nao, mas moro aqui ha mais de 30 anos e conheço mto bem seus moradores e a politica local. Acaso, vc acompanha as sessoes?? Vc sabe qtos e quais projetos a camara encaminhou para a prefeitura??? TENHO CERTEZA QUE NAO!! Vereador nao tem poder para fazer obras, caso vc nao saiba, quem faz isso eh o prefeito, vereador so FISCALIZA!!.

Políticos e prisões nos últimos 2 anos

gaspar lazzari 400 curtinha   Vários políticos, que exerceram mandatos eletivos, como de vereador, prefeito, deputado e de governador, foram em cana nos últimos dois anos em MT. Eis alguns deles com passagem pelo cárcere: ex-governador Silval Barbosa, ex-deputados José Riva, Mauro Savi e Gilmar Fabris e o hoje...

Contratos da MTI vão ser suspensos

kleber geraldino mti curtinha 400   O governador Mauro Mendes vai determinar que o presidente Kleber Geraldino Ramos dos Santos (foto) suspenda todos os contratos da Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI - ex-Centro de Processamento de Dados do Estado), após ser informado de irregularidades em pelo menos dois...

Diretor define contratos emergenciais

alexandre beloto 400 curtinha diretor hospital   O diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Alexandre Beloto Magalhães (foto), tem feito compras emergenciais de materiais hospitalares para surprir demandas, especialmente do São Benedito e do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que detém uma...

Bancada garante R$ 10 mi para IFMT

neri 400 curtinha   O deputado Neri Geller (foto), coordenador da bancada federal mato-grossense, anunciou destinação de R$ 10 milhões em emendas para o Instituto Federal de Mato Grosso no orçamento de 2020. Dirigentes do IFMT promoveram duas reuniões para debater projetos para melhorar a estrutura física...

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.