EDÉSIO ADORNO

Enquanto isso, a sepultura nos aguarda!

Por 01/05/2020, 08h:22 - Atualizado: 01/05/2020, 08h:22

Dayanne Dallicani

Colunista Ed�sio Adorno

Na Casa Grande, os donos do engenho reúnem seus capatazes e celebram a vida farta que levam; na senzala, nos guetos, nas favelas e em barracos empilhados em palafitas, o Aedes aegypti executa manobras rasantes e escolhe o alvo. A presa, já castigada pela falta de saneamento básico, desnutrida e fragilizada por uma existência de miséria, sofrimento e dor, busca nos desguarnecidos postinhos de saúde a chance de sobreviver para continuar alimentado a perversa engrenagem social.

O coronavírus, a esse público, não causa apenas uma gripezinha. Ataca os pulmões, eleva a temperatura do corpo, sufoca a respiração e mata. Para todos que estamos no vértice base da pirâmide social, a Covid-19 causa muito mais que um difruço, resfriado, constipação ou uma gripe.

Causa morte, revolta, vergonha, tristeza e irresignação. É uma peste apocalíptica de consequências catastróficas, em especial para quem precisa trabalhar e fazer a economia girar em troca do mínimo necessário para sobreviver.

Por enquanto, estamos assistindo de longe o espetáculo tétrico protagonizado por heroicos coveiros que arremessam corpos sem vida nas covas rasas que se multiplicam no Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará e em outras unidades da federação.

Ele é um super-herói, imune ao coronavírus, ordena que voltemos ao trabalho. Então, sigamos o líder. Se fraquejar, não se preocupe, ao seu lado já têm dezenas de sepulturas abertas

Mato Grosso ainda está sendo preservado pela Covid-19 ou sua invasão à nossa terra foi barrada pelo trabalho preventivo do Governo do Estado e das prefeitura.

Claro, num primeiro momento, a população se recolheu em casa. Essa atitude deve ter impedido a disseminação do vírus. Infelizmente, já estamos no clima de libera geral, de vida que segue e de priorização da economia. É preciso manter o engenho em funcionamento e garantir que não falte dinheiro nas bruacas dos senhores da casa grande.

A psicologia ensina que na medida que o homem influencia também é influenciado. No nosso caso, isso é meia verdade. Nossa cultura escravocrata, influenciada pelo sofrimento indígena, nos faz dependente de um líder que tire a cangalha imaginária de nosso pescoço e nos torna cidadãos de primeira linhagem. Não custa acreditar. Afinal, precisamos acreditar em alguma coisa, ainda que essa coisa seja apenas uma coisa falaciosa e enganadora. Coisas da fé.

Já nos curvamos a Antonio Conselheiro, Getúlio Vargas, Collor, Lula e tantos outros. Nosso salvador mais recente nasceu em Glicério, que dista pouco mais de 400 km de Sorocaba, de onde partiram os bandeirantes que rasgaram o solo mato-grossense e goiano em busca de índios para escravizar. Nessa empreitada genocida, índios idosos foram assassinados, os jovens presos a laço e as donzelas estupradas com prazer mórbido.

Nosso líder e redentor não nasceu em Sorocaba, mas se comporta como um bandeirante dos tempos modernos. Não tem empatia e nem remorso. Ele promete uma imaginária libertação de um jogo igualmente imaginário e em troca, exige apupos, aplausos e reverência. Ele é um super-herói, imune ao coronavírus, ordena que voltemos ao trabalho. Então, sigamos o líder. Se fraquejar, não se preocupe, ao seu lado já têm dezenas de sepulturas abertas.

Edésio Adorno é advogado em MT e escreve exclusivamente nesta coluna toda sexta-feira. E-mail: edesioadorno@gmail.com​

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Bernardo | Segunda-Feira, 04 de Maio de 2020, 15h49
    0
    0

    Gostei dos seus comentários.

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.