Edésio Adorno

Indiferente à Covid-19, prefeito de MT improvisa férias em balneário Camboriú

Por 22/01/2021, 08h:37 - Atualizado: 22/01/2021, 08h:42

Dayanne Dallicani

Colunista Ed�sio Adorno

Alguém poderia imaginar que um prefeito reeleito para um 2º mandato seria capaz de tomar posse e em seguida, sem prestar contas a ninguém, nem mesmo a Câmara de Vereadores, zarpar de férias para o litoral de Santa Catarina, deixando para trás uma população aflita com o recrudescimento da pandemia do novo coronavírus e atônita diante do colapso da rede pública de saúde?

Pois é, quem de Campo Novo do Parecis não anteviu essa possibilidade e votou em Rafael Machado, agora pode se sentir como quiser, inclusive como um ludibriado nas urnas. Enquanto gente sofre em busca de atendimento médico contra a covid-19 e outras doenças, Machado se esbalda e se refestela no luxuoso balneário de Camboriú.

Alguém poderia argumentar que todo ‘trabalhador’ tem direito a férias e isso seria verdade. Agora, férias por antecipação, fora do período aquisitivo, aí já seria demais. Nenhuma empresa concede férias a um colaborador com pouco mais de 10 dias de trabalho

Edésio Adorno

Alguém poderia argumentar que todo ‘trabalhador’ tem direito a férias e isso seria verdade. Agora, férias por antecipação, fora do período aquisitivo, aí já seria demais. Nenhuma empresa concede férias a um colaborador com pouco mais de 10 dias de trabalho. No legislativo, essa prática é comum; no executivo, jamais!

Na ausência do prefeito, o vice deveria assumir a coordenação dos trabalhos de rotina da prefeitura. Isso não aconteceu em Campo Novo do Parecis. O município se encontra literalmente sem prefeito. Machado não transferiu o cargo para seu vice Toninho Brolio, que sem poderes legais, atua na oficiosidade e nada pode fazer por uma razão simples: não faz parte da administração pública.

Foi no exercício dessa oficiosidade que Brolio participou, na semana passada, de uma reunião do Consórcio de Desenvolvimento Econômico, Social, Ambiental e Turístico Alto do Rio Paraguai, em Nortelândia e assim tem substituído Machado em outros eventos oficias da prefeitura. Tudo na base do proforma e sem competência legal para decidir nada.

Para concluir, vai um alento aos adeptos de Machado: ele deve retornar as suas atividades normais a partir da próxima semana. Afinal, é preciso honrar o acordo firmado com apoiadores de sua campanha de nomear Márcio Canterli diretor do Hospital Municipal e acelerar seu projeto político de virar deputado estadual e entregar os dois últimos de sua gestão para Toninho Brolio, conforme o combinado.

Edésio Adorno é advogado em MT e escreve exclusivamente nesta coluna toda sexta-feira. E-mail: edesioadorno@gmail.com​

Postar um novo comentário

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...