Edésio Adorno

Prefeito pega pesado contra servidores

Por 27/12/2019, 07h:43 - Atualizado: 27/12/2019, 07h:50

Dayanne Dallicani

Colunista Ed�sio Adorno

Durante os sete anos que governa Tangará da Serra, o prefeito Fábio Martins Junqueira (MDB) mantem os servidores públicos do município na corda bamba e sob rigoroso controle. Não há dialogo com lideranças sindicais e, as vezes, falta respeito aos direitos mais elementares dos trabalhadores da administração da cidade.

Se Tomás de Torquemada, durante seu mandato de inquisidor, vitimou um número indeterminado de mulçumanos e judeus, Junqueira segue a mesma lógica. Não se incomoda com o epiteto de Fábio de Torquemada e segue causando choro, revolta e impondo pesados sacrifícios aos servidores do município. Suprimir direitos e açoitar o chicote no lombo de todos parece ser seu esporte favorito.

Os servidores públicos são a obsessão e as vítimas preferenciais do prefeito Junqueira, que governa, dita as regras e subjuga a todos que estão a sua volta

A oposição na Câmara de Vereadores é minoria e a base de apoio do prefeito teme contrariar seus interesses. Junqueira inspira medo em seus aliados e deserta sentimentos controversos na imprensa, no meio empresarial e até entre as pessoas mais simples e humildes da cidade. Não fosse exagero de expressão, seria possível considera-lo um déspota em seu reino incrustado no alto da Serra Tapirapuã.

Fábio Torquemada governa com mãos de ferro, sem desgrudar os olhos dos grupos de Whatsapp e do Facebook. A qualquer crítica ou cobrança de qualquer natureza, reage de forma enérgica e tenta enquadrar o desavisado.

Os servidores públicos são a obsessão e as vítimas preferenciais do prefeito Junqueira, que governa, dita as regras e subjuga a todos que estão a sua volta.

Fábio despreza pessoas livres, donas dos próprios neurônios, se regozija com o afago de dóceis subordinados e se explode em revolta contra a menor e mais inofensiva crítica.

Desta forma e com esse estilo nada amistoso, Fábio Torquemada constrói vassalos e adversários em proporção diametralmente inversa. O projeto dele é eleger Wesley Lopes Torres seu sucessor no comando da prefeitura. Se vai conseguir é outra história. Deve combinar com o povo.

Como desgraça pouca é bobagem, o prefeito Junqueira enviou, pasmem, no recesso parlamentar, um pacote de maldade para apreciação dos vereadores. Claro, convocou sessão extraordinária sob regime de urgência especial.

Por meio de dois projetos, o chefe do executivo pretendia sequestrar direitos de servidores ativos, inativos, aposentados e pensionistas, sem ao menos debater com os trabalhadores do município. Um colossal absurdo!

A guilhotina da maldade também estava afiada para decepar direitos de gestantes e de crianças recém-nascidas

A guilhotina da maldade também estava afiada para decepar direitos de gestantes e de crianças recém-nascidas, encurtar o período de licença-maternidade, fulminar estabilidade financeira, acabar com a chamada licença prêmio e reduzir a patamares inaceitáveis o adicional por insalubridade.

A pressão dos servidores, respaldada por vereadores da oposição, fez o prefeito tremer na base e recuar da convocação de sessão extraordinária, que deveria ser realizada na manhã desta sexta-feira. O golpe fatídico contra os trabalhadores do município foi apenas adiado.

Fábio Torquemada não desistiu de escalpelar os servidores. Houve apenas um recuo estratégico. Novas incursões serão realizadas logo no início do próximo ano. Fábio é duro na queda. Não desiste nunca de sacrificar, prejudicar e castrar direitos, conquistas e garantias dos servidores públicos. Fica o alerta e uma recomendação: o preço da segurança é a eterna vigilância.

Edésio Adorno é advogado em MT e escreve exclusivamente nesta coluna toda sexta-feira. E-mail: edesioadorno@gmail.com​

Postar um novo comentário

Galli espalha "fake"; Medeiros rebate

victorio galli 400 curtinha   O ex-deputado federal Victorio Galli (foto), presidente do Patriota-MT e primeiro-suplente da chapa de Fernanda ao Senado, começou a espalhar que José Medeiros (Podemos) irá desistir da corrida para senador porque não terá o apoio que tanta esperava do presidente Bolsonaro. Medeiros,...

PSDB joga pesado pra atrair Valdeníria

carlos avalone 400 curtinha   O PSDB de Cáceres acionou até o presidente estadual do partido, deputado Carlos Avalone (foto), para tentar convencer a vereadora de cinco mandatos Valdeníria Dutra Ferreira, que hoje está no PSC, a apoiar o tucano Paulo Donizete para prefeito. Ela poderia entrar de vice da chapa ou...

Barbudo apoia Fernanda para Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Nelson Barbudo (foto), o deputado youtuber, anunciou que vai trabalhar o nome da tenente-coronel Rúbia Fernanda (Patriota) ao Senado. Perguntado se Bolsonaro garantirá mesmo o apoio à militar, assim como fez no início do ano, bem antes da pandemia da Covid-19, Barbudo afirmou que...

Licença da PRF para disputar eleição

Arthur Nogueira_400_curtinha   As eleições municipais e ao Senado continuam inflacionando o número de pré-candidatos. O ex-superintendente da PRF, Arthur Nogueira (foto), anunciou que se afastou das atividades policiais para colocar o seu nome à disposição da Rede para concorrer a vaga da senadora...

Possível recuo de Fábio pra prefeito

fabio garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal, primeiro-suplente do senador Jayme e presidente estadual do DEM, Fábio Garcia (foto), faz mistério sobre encarar ou não a corrida pela Prefeitura de Cuiabá. Empurrou a decisão para a próxima semana, sem precisar data e horário. O dirigente do...

Fórum aponta traição de 3 deputados

joao batista 400 curtinha   Fórum Sindical está na bronca com os deputados que aprovaram a reforma da Previdência, mas voltam seus canhões com mais força contra 3 deles: João Batista (ex-presidente do Sindispen), Delegado Claudinei e Faissal Calil. Em nota, o Fórum dispara que se elegeram com os votos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.