Carreata dos Patrões

Por 28/03/2020, 08h:16 - Atualizado: 28/03/2020, 09h:40

Dayanne Dallicani

Colunista Eduardo Mahon

Esse papinho de “preocupação social” com a diarista não passa de um puta egoísmo de quem quer a empregada doméstica de volta. Está preocupado mesmo com a vida deles? Então por que não diminui um pouco o seu lucro e aumenta o salário? Por que não adianta férias ou décimo terceiro? Parem, hipocritas! Vocês não sabem sequer onde moram seus empregados...

Esse papo de reabertura de escola é para quem não suporta conviver com os filhos em casa. Querem terceirizar as crianças. Ficam em pânico durante as férias escolares. Parem, hipocritas! Vocês não fazem uma única atividade pedagógica com seus filhos e acham um saco reuniões para tratar de educação...

Até os petshops vão abrir para satisfazer as madames que não querem gastar as unhas com os Lulus de estimação. Que coisa mais ridícula é essa postura estupidamente egoísta! No fim, a preocupação social é uma desculpa para não lavar o próprio cachorro, para não abrir mão da própria comodidade. Parem, hipocritas! Assumam, pelo menos, a obrigação de cuidar do animal de estimação. Coloquem a mão na merda e no mijo, lavem panos e vasilhas...

Voltem ao trabalho. Preciso de vocês. Não aguento mais limpar casa. Não aguento mais meus filhos. Não aguento mais meus velhos

Eduardo Mahon

Está preocupado com sua mãe ou com seu pai que nunca recebe um telefonema? Não passeiam juntos, não saem para jantar, não pegam um cinema, evitam-se mutuamente. Parem, hipocritas! Assumam que não suportam ficar com seus velhos, que os acham chatos e emprestáveis. Vocês querem se ver livres dos idosos que não compartilham da vivência do restante da família. Está insuportável para vocês, essa é a verdade!

Esse papo de preocupação com a economia é de quem não consegue deixar de ganhar um único mês para ser igual ao diarista, o pedreiro, o frentista que pretende ver trabalhando novamente. No fundo, ninguém está preocupado com quem nunca trocaram uma palavra de carinho. Não sabem nem o nome dos filhos dos empregados, nunca deram um presente, não comem na mesma mesa, negam aumento, não pagam direitos trabalhistas.

O que essa gente não suporta é a perspectiva de ficar mais pobre. Só isso. Essa é a grande preocupação social dessa turma que faz carreata de caminhonete importada. “Voltem ao trabalho. Preciso de vocês. Não aguento mais limpar casa. Não aguento mais meus filhos. Não aguento mais meus velhos”. Buzinem. Buzinem à vontade. O povo não vai escutar esse berrante.

Eduardo Mahon é advogado, escritor e escreve exclusivamente neste espaço todo sábado. E-mail: edu.mahon@terra.com.br

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Alessandra santana | Domingo, 29 de Março de 2020, 22h00
    0
    0

    Excelente texto isso mesmo as pessoas são hipócritas e egoistas com essa conversa de que não pode parar. Vamos acordar essa crise veio para despertar quem vive só para o (ter) e se esquecem do qie realmente vale a pena é (ser) agradável, solidário disposto a estender a mão a quem precisa toda essa situação veio deixar a todos em igual situação somos todos humanos nem melhor nem pior somos IGUAIS abram os olhos ainda está em tempo reflitam...

  • Alessandra santana | Domingo, 29 de Março de 2020, 21h59
    0
    0

    Excelente texto isso mesmo as pessoas são hipócritas e egoistas com essa conversa de que não pode parar. Vamos acordar essa crise veio para despertar quem vive só para o (ter) e se esquecem do qie realmente vale a pena é (ser) agradável, solidário disposto a estender a mão a quem precisa toda essa situação veio deixar a todos em igual situação somos todos humanos nem melhor nem pior somos IGUAIS abram os olhos ainda está em tempo reflitam...

  • Renato Farias | Sábado, 28 de Março de 2020, 23h03
    5
    4

    Quando ouvimos isso desse nobre autor, nos causa no mínimo estranheza... Cheio de babás e funcionários pra cuidar dos seus filhos, cheio de funcionários insatisfeitos em seu escritório e ele andando de carro importado.. talvez fez uma biografia, ou auto descrição do próprio... se tiverem dúvidas, visite o Instagram do mesmo.

  • Nivaldo A Medeiro | Sábado, 28 de Março de 2020, 20h44
    11
    1

    Parabéns - texto sublime, contundente e esclarecedor. Peço autorização do Escritor para Eu publicar no meu facebook aqui na cidade de Marília - SP.

  • Maria | Sábado, 28 de Março de 2020, 20h29
    11
    2

    Parabéns! São verdades duríssimas q mtos se negam a admitir. No Brasil colonial qdo se discutia o fim da escravidão, era o mesmo "o Brasil não pode parar". Durou quase quatro seculos e foi o último país do mundo a acabar c essa excrescência.

  • Adriana | Sábado, 28 de Março de 2020, 18h24
    11
    4

    Sem palavras,Dr.Eduardo já disse tudo,👏👏👏

  • Ggm | Sábado, 28 de Março de 2020, 15h58
    10
    3

    Sentiram falta da mao de obra barata, Brasil ainda saiu da escravidão.

  • Marcus | Sábado, 28 de Março de 2020, 14h44
    10
    3

    Boa Eduardo, boa!!!!

  • RONALDO MEIRELLES COELHO | Sábado, 28 de Março de 2020, 14h12
    5
    7

    Quase tudo dito com propriedade. Faltou falar que a empregada que não trabalha, não recebe. Será que vc vai reparar essa distorção social? Vai colocar comida na mesa desses assalariados?

  • RONALDO MEIRELLES COELHO | Sábado, 28 de Março de 2020, 14h11
    3
    7

    Quase tudo dito com propriedade. Faltou falar que a empregada que não trabalha, não recebe. Será que vc vai reparar essa distorção social? Vai colocar comida na mesa desses assalariados?

Nome reserva e vulnerável para IFMT

adriano 400 curtinha   O grupo do reitor Willian de Paula deve consolidar como candidato ao comando do Instituto Federal de Mato Grosso o professor Julio Santos, diretor do Campus de Alta Floresta. A eleição acontece em novembro. Mas há um candidato reserva da cúpula situacionista. Trata-se de Adriano Breunig (foto), que...

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

Empolgado e já morando em VG

emanuelzinho 400   O deputado federal Emanuelzinho (foto), do PTB, está tão empolgado com a possibilidade de concorrer a prefeito de Várzea Grande que não só transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para o município vizinho, ainda no ano passado, como também alugou um apartamento...

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.