Eduardo Mahon

Direita, volver!

Por 16/11/2019, 06h:30 - Atualizado: 16/11/2019, 06h:37

Dayanne Dallicani

Colunista Eduardo Mahon

 

Foram criadas as escolas militares em Mato Grosso! É um grande avanço rumo ao futuro mais ético. Fui ler a legislação. Prometem ensinar a ser honesto, formar fila, engraxar as botas, gostar da nação, respeitar pai e mãe e escovar os dentes todos os dias. Claro que 20% das vagas já estão reservadas para os filhos de militares, uma reserva muito republicana, extremamente patriótica.

A diretoria dos quartéis escolares não será mais eleita pela vontade da comunidade, mas em compensação os alunos cantarão o hino nacional, rasparão o cabelo na máquina e ninguém será gay ou usará maconha. Os alunos não poderão ouvir funk, nem tampouco Sandy e Júnior. É o melhor dos tratamentos para a desonestidade nacional. Daqui para frente, forjaremos homens e mulheres livres dos vícios morais que corroem o Brasil.

A diretoria dos quartéis escolares não será mais eleita pela vontade da comunidade, mas em compensação os alunos cantarão o hino nacional, rasparão o cabelo na máquina e ninguém será gay ou usará maconha

Estou pensando cá com meus botões: o governador poderia aproveitar que há boas intenções no meio político para criar escolas administradas por mestres de kung fu. Haveria muito exercício físico, disciplina, respeito e, de quebra, matérias optativas como chaco, bastão, espada e estrelas ninja. Talvez seja o caso de fundar escolas administradas por adestradores de cachorro. Os alunos poderiam aprender a fazer xixi sem sujar a borda do vaso, rolariam no chão e apontariam para a comida quando estivessem com fome.

O melhor seria entregar alguns colégios a ortopedistas. Por quê? Ora! Na matrícula, cada aluno receberia um colete para endireitar o corpo, uma bota especial para evitar andar errado e, de quebra, um tratamento de osteopatia para corrigir as distorções morais mais persistentes. Os colégios ortopédicos poderiam contribuir muito para o correto crescimento do Estado, ajustando o corpo docente e discente às necessidades do momento.

Alguém precisa lembrar ao nosso governador que Paulo Maluf (aquele Maluf...) foi um dos melhores alunos do colégio jesuíta e, nem por isso, deixou de roubar São Paulo religiosamente todos os dias da vida dele. Falando em religião, Silval Barbosa estava ameaçando virar pastor. Será que o governo não vai apoiar as escolas religiosas? Aleluia! Sentido! Au, au, au!

Eduardo Mahon é advogado, escritor e escreve exclusivamente neste espaço todo sábado. E-mail: edu.mahon@terra.com.br

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Cidadão | Sábado, 16 de Novembro de 2019, 14h36
    0
    0

    Mahon, precisamos da sua candidatura.

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.