A unificação das eleições no Brasil

elga_artigo_sexta.jpg

Elga Figueiredo

A cada dois anos no Brasil as campanhas eleitorais tomam conta das ruas em todos os municípios. Cada cada candidato procura levar ao eleitor sua plataforma e propostas de governo na expectativa de almejar êxito no pleito, inclusive utilizando-se dos mais diversos mecanismos para essa finalidade, sendo tanto lícitos como também ilícitos, sendo isso de conhecimento geral. A cada dois anos temos eleições intercaladas, numa para escolha de vereadores e prefeitos e, na outra, para deputados estaduais e federais, senadores, goverandor e presidente da República. 

Estima-se que no Brasil cada pleito eleitoral custa aos cofres públicos para sua viabilização em torno de R$ 265 milhões, um dos fatores que, após muita discussão, ensejara na Proposta de Emenda à Constituição de autoria do senador Romero Jucá (PMDB-PR), prevendo unificação das eleições para todos os cargos em nosso país. Para que isso seja possível, os candidatos eleitos em 2016 ou teriam mandato de apenas dois anos ou o período de atuação no cargo se estenderia até 2018, ocasião em que seria possível coincidir os processos eleitorais.

Muito ainda se discute se a medida valeria já para 2018 ou para 2022, porém, essa vertente dentro da discussão da reforma política brasileira tem ganho a cada dia mais repercussão no cenário nacional. De acordo com o autor da proposta, dizer que a eleição coincidente faria com que o pleito fosse somente nacional não é verdade, porque cada candidato a presidente da República teria que ter, em cada Estado, em cada Município, uma candidatura que o apoiasse apresentando políticas públicas que tivessem enfoque nacional, estadual e municipal.

Administrativamente para os gestores de todas as esferas seria muito melhor, pois haveria a possibilidade de exercer mandato com um mesmo gestor durante todo o período, sem ocorrer a incerteza de retalhações quando alguém da base não fosse eleito.

Elga Figueiredo é empresária e advogada, especialista em direito do consumidor e apresenta o quadro Momento do Consumidor na rádio Mega FM em Cuiabá, e escreve exclusivamenteneste Blog toda sexta-feira - e-mail: elgafigueiredo@hotmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • odilon borges | Sexta-Feira, 10 de Janeiro de 2014, 00h51
    1
    0

    Eu queria saber sou funcionaria do complexo hositalar juquery queria saber se vai ter esse dinheiro como direito soucfuncionario desde 1989

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.