Abusos das financeiras

Elga_artigo_sexta

Elga Figueiredo

Ao comprar um carro, a maioria absoluta das pessoas opta por algum tipo de venda a prazo, sendo que mais de 70% dos automóveis são vendidos por meio de financimentos. Muitos consumidores que têm veículo financiado, após quitação deste, vem enfrentando um problema frequente e grave, qual seja, a demora na desalienação do veiculo. Quando o consumidor contrata um financiamento de automóvel, empresta dinheiro de uma instituição financeira, e esta paga a concessionária que vendeu o veículo, ou seja, passa-se a dever o valor do financiamento à instituição que concedeu o crédito, ficando o veículo adquirido alienado. Isso quer dizer que enquanto não for quitado o financiamento, o carro poderá ser tomado pelo financiador, em caso de inadimplência, e ainda, fica impedida a transferência do veiculo.

Contudo, após a quitação do contrato pelo consumidor, a financeira deve providenciar a retirada da alienação, e é aí que começa a dor de cabeça! Muitas são as reclamações de consumidores que aguardam há mais de dois anos pela desalienação do veículo por parte das financeiras. Segundo normativa do Contran - Conselho Nacional de Trânsito -, as instituições financeiras têm até 72 horas para dar baixa na alienação de um veículo financiado por CDC, no caso do Leasing, tem o banco até 5 dias, liberando assim o veículo para a transferência de propriedade.

Portanto, em caso de negligência da financeira em informar a quitação do veículo, obstando a transferência do mesmo, logo configura-se o efetivo dano ao consumidor originado da negligência da empresa que não cumpriu integralmente a sua obrigação de dar baixa no gravame, desalienando o veículo definitivamente. Outrossim, importante pontuar que caso o consumidor atrase na sua obrigação para com a instituição financeira, em menos de 30 doas já estará recebendo em seu lar um aviso de encaminhamento de seu nome às centrais de restrição ao crédito, tais como SPC e Serasa, ou sendo notificado da reintegração da posse do veículo.

Note-se que é requisito fundamental ao ato translativo do domínio a inscrição e transferência junto ao Detran para o pleno domínio do bem móvel. Desse modo, induvidosa é que a demora na desalienação do veículo causa transtornos ao consumidor.

Portanto, se você está sendo vítima dessa situação desagradável e de total desrespeito perante o consumidor, ingresse com uma ação judicial, requerente em sede de liminar e mediante a comprovação da quitação do financiamento a desalienação do veículo, é no mérito indenização pelos prejuízos de ordem patrimonial e moral sofrido.

Elga Figueiredo é empresária e advogada, especialista em direito do consumidor e escreve exclusivamente neste Blog toda sexta-feira - e-mail: elgafigueiredo@hotmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Zé da Silva | Sábado, 19 de Abril de 2014, 16h29
    0
    1

    Como um cara desses pode representar mais de 300 revendedores, se não sabe nem escrever? Credo!

  • Eron Cabral | Sexta-Feira, 18 de Abril de 2014, 14h43
    1
    0

    Boa tarde, não concordo plenamente com está senhorita, sou empresario do ramo de Loja de Veículos Semi Novos e Vice-Presidente da AGENCIAUTO-MT que representa 300 Lojas hoje em nosso estado e as maiorias das Financeiras dão Baixa sim no Gravame e olha que não venho aqui defendelas, mas hoje os Financiamentos contratados pelos clientes, a maioria dos Bancos e Financeiras são sérios, isto pode sim acontecer mas em algum caso exploratico, portanto senhores cidadões, não vamos generalizar falando que os consumidores tem dor de cabeça na hora da Baixa do Gravame, isto pode acontecer com casos específicos, estou á disposição, mas não poderia deixar de contribuir com este assunto que nos interessa.

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.