Troca de mercadoria

 

elga_artigo_sexta.jpg

Elga Figueiredo

Como acontece todos os anos, as comemorações da virada acarretam grande aumento no fluxo de consumidores, em busca de produtos para presentear familiares e amigos, movimentando assim o comércio. Outro fator que auxilia e muito esse aquecimento no comércio é o pagamento do décimo-terceiro, que injeta uma grande quantia de dinheiro no mercado.

   Assim tem-se que o comércio nesta época do ano fica movimentado e as lojas cheias de consumidores. O que em muitas vezes, com toda essa correria, acaba trocando informações e erram feio na hora da compra. Portanto, importante informar sobre alguns cuidados básicos que devem ser tomados na hora da compra.

   O que muita gente não sabe é que a troca de um produto só está garantida se no ato da compra o consumidor acertar este detalhe com o comerciante ou vendedor, porque a lei não obriga o comerciante a efetivar a troca, mas, uma vez a loja oferecendo este tipo de serviço, deve cumprir com o que prometeu. Assim sendo, a troca que costumeiramente fazemos nas lojas se trata de uma cortesia do estabelecimento, na medida em que este não é obrigado por lei a trocar mercadoria ou produto. Todavia, no caso de produto com defeito, ou danificado durante o uso, por falhas de informação na etiqueta, ele tem a obrigação de ser trocado, já que o consumidor está amparado pelo Código de Proteção e Defesa do Consumidor, que estabelece a troca do produto que apresentou defeito.

   Portanto, a simples troca de um produto que não tenha qualquer vício, em razão da peça não ser do agrado do comprador ou da pessoa presenteada, é uma deliberação única e exclusiva do comerciante. Entrementes em caso de produto com defeito, a troca deve ser imediata. Vale pontuar que em caso de eletroeletrônicos e congêneres, o consumidor deve ter a nota fiscal em mãos para que seja feito o reparo na assistência técnica, bem como para provar onde comprou o produto e evitar problemas com a loja que pode até alegar que você não adquiriu a mercadoria no local. Lembrando ainda que a assistência técnica tem o prazo de 30 dias para sanar o vício.

   Por fim, pertinente informar ao consumidor que nas compras efetuadas à distância é assegurado ao mesmo o direito de desistência no prazo de sete 7 dias contados da data do recebimento do produto e sem a necessidade de qualquer justificativa. As desistências ou reclamações deverão ser feitas sempre por escrito. Só assim poderá haver a comprovação de que foram efetuadas no prazo legal.

   Elga Figueiredo é empresária e advogada, especialista em direito do consumidor e com o quadro Momento do Consumidor na rádio Mega FM em Cuiabá, e escreve exclusivamente neste Blog toda sexta-feira - e-mail: elgafigueiredo@hotmail.com

Postar um novo comentário

Câmara cassará 3º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o terceiro vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.