A tortura não acabou, mudou de estratégia

gilson_sabado_colunista

Gilson Nunes

O povo está de volta às ruas para manifestar sobre as mesmas insatisfações que o levou no ano passado: aumento das tarifas de ônibus, assentamento de terra, investimento nas áreas de saúde, segurança, educação, etc..., etc... etc... Por que será que essas manifestações estão de volta e dão sinais de que, ao invés de acabarem, devem aumentar dia após dia, principalmente por conta do megaevento que é a Copa do Mundo? Creio que uma provável resposta a essa pergunta é: os governantes simplesmente ignoraram o clamor da sociedade e, aproveitando da oportunidade, passaram a chamar de vândalos os manifestantes mais exaltados e radicais. Realmente, partir para o quebra-quebra não é melhor solução, entretanto...

Tratar o povo como se ele fosse insignificante, com um desdém injustificável, não me parece inteligente por parte das instituições governamentais. Continuar tratando o povo como se ele fosse um... detalhe, a meu ver, é uma estratégia de muito mau gosto. O futuro não acontecerá por aí. Noutros tempos tal tratamento seria chamado de autoritarismo devido ao regime do qual ninguém quer de volta. O povo não é tão tonto quanto parece. Acordou e brada com voz audaciosa o cumprimento absoluto do direito de exercer sua cidadania. Aliás, ele quer ir mais longe: exigir respeito dos governantes.

O povo, nas décadas de 60 e 70, também foi para as ruas. O regime ditatorial militar não permitia a ele o direito de ter direitos. Ele foi tratado de maneira infame, cruel, inescrupulosa e indigna. Para o regime militar, impor a mordaça era uma prática natural. A falta de postura idealista dos políticos nos dias atuais tem motivado o povo a fazer com que eles, os governantes, que se dizem democráticos, façam valer em primeira ordem seus princípios. É preciso deixar de lado o discurso enganoso e cínico.

O povo deseja a Copa do Mundo sim, mas deseja também que as promessas de palanque sejam transformadas em compromissos, e que esses compromissos sejam colocados em pratica. Fato que pouco se vê.

A mídia tem mostrado, dia após dia, um escândalo atrás do outro. Os absurdos envolvendo desvio de verbas, de licitações fraudulentas, de superfaturamento, e tantas outras insípidas atitudes. Não queremos viver sob o engodo do faz de contas, pois tal postura é indigna de um governante, de um líder que ganhou a confiança de seus eleitores. Se os governos podem garantir a segurança de um megaevento a exemplo como a Copa-2014 porque não poderiam manter o mesmo padrão, o mesmo tratamento para os setores de que necessitam o povo? A saúde e a educação devem ser tratadas com respeito, tal qual eles têm dado em nome do padrão Fifa.

Gilson Nunes é jornalista e funcionário público e escreve neste Blog todo sábado. E-mail: gnunes01@yahoo.com.br

Postar um novo comentário

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

Sem chance para ser desembargador

pio da silva curtinha 400   Pio da Silva (foto) é um advogado que não desiste nunca. Age no meio jurídico como aquele candidato insistente que faz questão de concorrer a cargo eletivo em toda eleição, mesmo sabendo da chance mínima de êxito nas urnas. Pio já se tornou um "eterno"...

Delação de Riva tira apoios à Janaina

max russi 400 curtinha   A delação de José Riva, que deve complicar a vida de vários ex-deputados e alguns dos atuais, dificultou a entrada da filha, deputada Janaina Riva, como primeira-secretária da futura Mesa, que será eleita na próxima semana, com Botelho na presidência pela terceira vez....

Wallace, calendário eleitoral e disputa

wallace 400 curtinha   Cassado em maio de 2015 por gastos ilícitos na campanha, após dois anos e quatro meses de mandato, o ex-prefeito de Várzea Grande, Wallace Guimarães (foto), do PV, está torcendo pelo adiamento da data das eleições. Com ganho de mais tempo, ele acredita que consiga obter ...

Rossato desiste; Lafin livre à reeleição

ari lafin curtinha 400 sorriso   Depois de ensaiar e travar discussões com seu grupo político, o empresário e ex-prefeito de Sorriso, a cidade conhecida como capital nacional do agronegócio, Dilceu Rossato decidiu não disputar a sucessão municipal neste ano. Com isso, o caminho fica mais livre para o...

Fazendo politicagem sobre Covid-19

rubia fernanda 400 curtinha   A tenente-coronel Rúbia Fernanda, pré-candidata ao Senado pelo Patriota, não só ignora medidas protetivas em relação à Covid-19, como isolamento social, mantendo agenda de visitas e reuniões, como passou a fazer politicagem com coisa séria. Numa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.