A tortura não acabou, mudou de estratégia

gilson_sabado_colunista

Gilson Nunes

O povo está de volta às ruas para manifestar sobre as mesmas insatisfações que o levou no ano passado: aumento das tarifas de ônibus, assentamento de terra, investimento nas áreas de saúde, segurança, educação, etc..., etc... etc... Por que será que essas manifestações estão de volta e dão sinais de que, ao invés de acabarem, devem aumentar dia após dia, principalmente por conta do megaevento que é a Copa do Mundo? Creio que uma provável resposta a essa pergunta é: os governantes simplesmente ignoraram o clamor da sociedade e, aproveitando da oportunidade, passaram a chamar de vândalos os manifestantes mais exaltados e radicais. Realmente, partir para o quebra-quebra não é melhor solução, entretanto...

Tratar o povo como se ele fosse insignificante, com um desdém injustificável, não me parece inteligente por parte das instituições governamentais. Continuar tratando o povo como se ele fosse um... detalhe, a meu ver, é uma estratégia de muito mau gosto. O futuro não acontecerá por aí. Noutros tempos tal tratamento seria chamado de autoritarismo devido ao regime do qual ninguém quer de volta. O povo não é tão tonto quanto parece. Acordou e brada com voz audaciosa o cumprimento absoluto do direito de exercer sua cidadania. Aliás, ele quer ir mais longe: exigir respeito dos governantes.

O povo, nas décadas de 60 e 70, também foi para as ruas. O regime ditatorial militar não permitia a ele o direito de ter direitos. Ele foi tratado de maneira infame, cruel, inescrupulosa e indigna. Para o regime militar, impor a mordaça era uma prática natural. A falta de postura idealista dos políticos nos dias atuais tem motivado o povo a fazer com que eles, os governantes, que se dizem democráticos, façam valer em primeira ordem seus princípios. É preciso deixar de lado o discurso enganoso e cínico.

O povo deseja a Copa do Mundo sim, mas deseja também que as promessas de palanque sejam transformadas em compromissos, e que esses compromissos sejam colocados em pratica. Fato que pouco se vê.

A mídia tem mostrado, dia após dia, um escândalo atrás do outro. Os absurdos envolvendo desvio de verbas, de licitações fraudulentas, de superfaturamento, e tantas outras insípidas atitudes. Não queremos viver sob o engodo do faz de contas, pois tal postura é indigna de um governante, de um líder que ganhou a confiança de seus eleitores. Se os governos podem garantir a segurança de um megaevento a exemplo como a Copa-2014 porque não poderiam manter o mesmo padrão, o mesmo tratamento para os setores de que necessitam o povo? A saúde e a educação devem ser tratadas com respeito, tal qual eles têm dado em nome do padrão Fifa.

Gilson Nunes é jornalista e funcionário público e escreve neste Blog todo sábado. E-mail: gnunes01@yahoo.com.br

Postar um novo comentário

Janaina, perda de um bebê e repouso

janaina riva curtinha   A vice-presidente da Assembleia Janaina Riva (foto), do MDB, que está em licença médica desde o ano passado, usou as redes sociais nesta terça (28) para comunicar luto familiar. Grávida de gêmeos, a parlamentar lamentou que um deles perdeu os batimentos cardíacos e disse que...

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.