Henrique Maluf

Cachê Solidário, ajude um artista mato-grossense!

Por 19/05/2020, 07h:21 - Atualizado: 19/05/2020, 07h:31

Arte/Dayanne Dallicani

Colunista Henrique Maluf

O panorama pandêmico, nada amistoso, vem gerando, um clima de incertezas e medo que só são superadas quando o espírito de empatia e solidariedade tomam seus lugares. É o que temos visto ao redor do mundo, seja através de ações de políticas sociais ou por grandes empresas, instituições, ONG’s e pessoas que praticam o amor ao próximo como filosofia de vida.

No meio artístico não tem sido diferente, é sabido que o setor de entretenimento será um dos últimos a reaquecer, mesmo após a normalização de todos setores, tanto privados, quanto públicos. Teatros, escolas de dança, casas de show, pubs, bares, restaurantes, terão grandes dificuldades em retomar o fluxo de clientes e consumidores de arte matogrossense. Isso tudo pensando num futuro próximo.

Sei de artistas que estão em situação de vulnerabilidade extrema

Mas já pensamos como a classe artística está passando por esses dias de quarentena? Sei de artistas que estão em situação de vulnerabilidade extrema.

A Secel/MT lançou o edital “Festival Cultura em Casa”, para que, por meio das transmissões online, as já famosas lives, os artistas façam suas apresentações. Seu início foi dia 13 e vai até dia 24 de maio, são 170 atrações. O maior festival online de cultura do Mato Grosso. Seu edital prevê pagamentos para os artistas, porém nem todos conseguiram aprovar devido à burocracia dos editais.

Vendo essa situação a Cia Cena Onze de Teatro em junto a Secel/MT realizam a “Campanha Cachê Solidário”, em que vários nomes da cultura matogrossense, como Nico e Lau, Eduardo Butakka, Henrique Maluf, Maestro Fabrício Carvalho, Pescuma Henrique e Claudinho, Scort Som, Roberto Lucialdo, Johnny Everson, Pacha Ana, entre outros estarão se apresentando seguindo todas normas e recomendações da OMS.

A Super Live será conduzida por Elias Neto e Michelly Alencar, que nos intervalos de uma atração para outra estarão interagindo com o público online. Será uma campanha para arrecadar dinheiro, e as pessoas poderão depositar qualquer valor, sendo que aqueles que doarem acima de R$ 100 receberão em casa um kit com um Dvd, um Cd e um livro de artistas regionais, uma linda forma de fomentar e divulgar o trabalho do artista da terra.

A proporção do “Festival Cultura em Casa” é imensa pra MT, e me faz lembrar do “Ixpia, o Festival”, uma iniciativa incrível dos músicos Rauni Vilas Boas e André Coruja, um festival online com cerca de 78 apresentações, de artistas da cena alternativa matogrossense, Cuiabá, Cáceres, Sinop, Alto Araguaia, Chapada dos Guimarães, São Paulo, Lisboa, Faro, Montreal, dentre outras, são algumas das cidades onde foram transmitidas as lives, destribuidas entre 23 de abril a 04 de maio.

A Super Live Campanha Cachê Solidário é mais um gesto de amizade e empatia polo próximo

O Ixpia sem dúvida é o maior festival de cultura alternativa do Estado, e carregada de grande responsabilidade e bom senso, pois a principal diretriz do Ixpia era de conscientizar os espectadores da importância do isolamento social para o achatamento da curva de contaminação do coronavírus. Lindas apresentações ao melhor estilo Violão e Voz, Piano e voz, por vezes somente a voz, trazendo cada pessoa para a intimidade do artista, que sabiamente cumpria ali seu isolamento.

São dois grandes festivais, o “Cultura em Casa” e o “Ixpia”, mostrando que o Mato é “Grosso”, denso, com artistas com relevância nacional e internacional, cada um a sua maneira, um governamental, outro por iniciativas pessoais, um remunerado, outro não, mas com um imenso propósito: lançar ao ar, por meio da fibra óptica, a potencialidade e força da arte matogrossense.

A Super Live “Campanha Cachê Solidário” é mais um gesto de amizade e empatia polo próximo. Acontecerá neste próximo sabado (23), a partir das 18h, nas redes sociais do Cine Teatro Cuiabá, apareçam por lá e dê uma força a quem sempre está ali dando suor e sangue pra encher a vida de alguém de arte.

Henrique Maluf é formado em Música pela UFMT, produtor cultural, pesquisador de cultura regional e arte educador. Escreve nesta coluna com exclusividade às terças. E-mail: herojama@gmail.com

Postar um novo comentário

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

Jogada do prefeito Francis em Cáceres

paulo donizete 400 curtinha caceres   A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (PSDB) lançou uma jogada estratégica para ver se "cola". Apoia publicamente para prefeito o seu diretor da autarquia Águas do Pantanal, Paulo Donizete (foto), do mesmo partido, inclusive participou da reunião...

Luta por mais leitos de UTI em Sinop

rosana martinelli 400 curtinha   A prefeita de Sinop, cidade pólo do Nortão, Rosana Martinelli (PR), demonstra preocupação com os poucos leitos de UTI do Hospital Regional no município. A unidade atende moradores de mais de 30 municípios da região e só dispõe de 10. Rosana diz esperar...

Priminho Riva deve disputar em Juara

priminho riva 400 curtinha   Dezesseis anos depois de comandar Juara por dois mandatos (1997 a 2004), Priminho Riva (foto) está de volta. Filiado ao PR, ele deve concorrer a prefeito. Político bastante popular e carismático, tende a enfrentar um páreo duro com dois nomes considerados fortes, o do ex-vice e que se tornou...

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.