Henrique Maluf

Freire, Greta e DiCaprio

Por 17/12/2019, 10h:24 - Atualizado: 17/12/2019, 10h:33

Dayanne Dallicani

Colunista Henrique Maluf

O ano de 2019 já está acabando e o governo de Jair Bolsonaro se mostrou muito instável, trocas de ministros, popularidade em baixa e declarações polemicas são algumas das situações que tem colocado o governo, cada dia mais, ladeira a baixo.

O que Freire, Greta e DiCaprio tem em comum?

A imprensa internacional tem feito duras críticas as declarações ríspidas e infundadas que o presidente insiste em fazer. Seu mote maior é combater ideologias “esquerdistas” das pautas da política pública nacional. O que era de se esperar, afinal a campanha de Bolsonaro foi basicamente baseada em ataques aos partidos de alinhamento progressista.

O grande problema, ao meu ver, é a falta de discernimento de Bolsonaro, que impulsionado por seu alinhamento político ataca pessoas, entidades, instituições e organizações não governamentais, ainda na sua incansável luta contra os “esquerdistas”. Além de suas falas, em grande parte, serem sem fundamentos e provas.

Nessa segunda (16) Bolsonaro voltou a criticar o educador brasileiro Paulo Freire, mas desta vez o presidente caprichou no seu rebuscado vocabulário e chamou Freire de energúmeno, essa foi sua resposta a jornalistas que o perguntaram sobre o motivo da não renovação do contrato da TV Escola, onde também disse que a mesma “deseduca”, pois, segundo ele tinha uma programação “totalmente de esquerda”, que promovia “ideologia de gênero” com recursos públicos.

Paulo Freire é um dos nomes unanimes ao se tratar de educação e pedagogia no Brasil e no mundo, seu valor e reconhecimento é imenso. Sua obra é um importante passo na educação, principalmente de adultos. Freire faleceu em 1997, nem pode se defender de tal “energúminidade”, algo que sua esposa pode fazer, e rebateu Bolsonaro dizendo que ele é um homem sem nenhum “pudor, caráter e autocensura”.

Alguns poucos dias atrás o presidente chamou a ativista sueca Greta Thunberg, de pirralha, não sendo a primeira vez que ele ofende a adolescente, que tem 16 anos. Bolsonaro se irritou com jornalistas que o perguntavam sobre a morte de dois indígenas no Maranhão, e sua resposta foi essa, “a mídia da ouvidos a uma pirralha”, alegando que Greta havia dito que índios estão morrendo por defender a Amazônia.

Outra pessoa que Bolsonaro voltou a ofender foi o ator americano Leonardo DiCaprio, acusando o ator de financiar ONGS que estavam botando fogo na Amazônia

Tudo isso enquanto a pirralha estampava a capa da revista Time como nome o ano, além de ter sido indicada ao Prêmio Nobel da Paz, Greta começou a ganhar holofotes da mídia em 2018, quando fez uma solitária greve escolar que pedia pelo cuidado dos governantes com o clima no mundo, isso gerou uma comoção mundial nas redes sociais e Greta dava seus primeiros passos no ativismo, seu poder no mundo é forte, pois representa uma jovem que luta por um mundo melhor. No dia seguinte à ofensa, Greta publicou na descrição de suas redes sociais a palavra “Pirralha”, uma sutil resposta a provocação do presidente.

Outra pessoa que Bolsonaro voltou a ofender foi o ator americano Leonardo DiCaprio, acusando o ator de financiar ONGS que estavam “botando” fogo na Amazônia, isso depois da polícia civil do Pará terem aprendido quatro membros da ONG Brigadas de Alter do Chão, sob suspeita de ligação com as queimadas na Amazônia, eles foram liberados um tempo depois e o delegado do caso foi trocado.

DiCrapio é aclamado mundialmente não só pelo seu talento como ator, mas também pelo engajamento social e filantropo que o ator se dedica. A preservação dos últimos lugares selvagens do planeta é sua principal causa, anualmente DiCaprio se encontra com líderes mundiais e discuti ações de preservação da natureza no planeta. O ator publicou uma nota, obviamente, desmentindo a informação mentirosa que o presidente afirmou.

O que Freire, Greta e DiCaprio tem em comum? Pessoas de tempos diferentes, em lugares diferentes no planeta. Pra mim é uma pergunta simples. Em comum é a luta por um mundo melhor, cada um na sua competência, grau de estudo, poder midiático, ou uma simples greve solitária.

Assim como Bolsonaro faz com professores, artistas, cineastas, jornalistas, ele também alcunha a Freire, Greta e DiCaprio o status de inimigos do Brasil, isso tudo, alegando que essas pessoas atendem as pautas “esquerdistas”. Quando na realidade a importância de cada um deles é imensurável para o bem comum da humanidade.

Com um ano de governo o Dólar teve um recorde no seu valor, ultrapassando os R$ 4,25, o combustível com altas absurdas de um dia para o outro, a carne foi outro item que teve seu preço consideravelmente aumentado. Com todo esse péssimo panorama na economia do Brasil Bolsonaro está preocupado com a educação esquerdista de Freire, com a evidencia mundial de Greta e com Leonardo DiCaprio financiando queimadas na Amazônia. Tá na hora de trabalhar né Senhor Presisente.

Henrique Maluf é músico, produtor cultural e pesquisador em Cuiabá. Escreve nesta coluna com exclusividade às terças-feiras. E-mail: herojama@gmail.com

Postar um novo comentário

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.