Henrique Maluf

Lorena Ly e Joelson Conceição, o casal musical em Cuiabá

Por 04/02/2020, 07h:18 - Atualizado: 04/02/2020, 07h:25

Dayanne Dallicani

Colunista Henrique Maluf

Lorena Ly pede passagem. Uma das vozes mais doces que já ouvi, dona de uma finesse única, a elegância em pessoa nos palcos, está de volta aos palcos de Cuiabá nesse mês de fevereiro.

Não é exagero de minha parte tecer esses elogios a Lorena, mas é obvio que nossa longa amizade, eu ser padrinho de casamento, ter dividido vários palcos, facilitam minhas palavras ao elogiar essa grande cantora. Mas nada disso influencia minha admiração pela cantora Lorena Ly.

Lorena Ly e Joelson Conceição representam com classe a nova geração da música cuiabana, mato-grossense e brasileira, se conheceram no antigo Choros e Serestas (Chorinho) e dali começam a trilhar seus passos juntos

Depois de uma madura tour pelo Japão, Lorena muda-se de Cuiabá e hoje faz morada na capital, Brasília, onde vive com seu esposo, o músico Joelson Conceição – referência no violão de 7 cordas no Brasil – e estão vivendo a experiência da maternidade/paternidade com a chegada da Lis, a primeira filha do casal musical.

Lorena Ly e Joelson Conceição representam com classe a nova geração da música cuiabana, mato-grossense e brasileira, se conheceram no antigo Choros e Serestas (Chorinho) e dali começam a trilhar seus passos juntos.

Fizeram parte de grupos de samba, de música popular brasileira, de jazz, implicando sempre um padrão alto de qualidade em seus trabalhos, grande parte da sofisticação da dupla se dá pelas mãos e cérebro de Joelson, um músico que tem a música não só como seu trabalho, respira, transpira, vive e faz dessa arte sua filosofia de vida, como se diz, um músico de alma.

O tempo que convivemos juntos foi de grande aprendizado pra mim, alguns saraus, momentos de descontração, bons papos, e muita música, do jazz ao rasqueado, de profundas apreciações a longas “tocadas”, até estarmos perto da falar a mesma língua, Joelson realmente é um prodígio e sua capacidade técnica é de causar admiração nos mais estudados músicos.

Quando eu estive em Brasília no Curso Internacional de Verão da Escola de Música de Brasília, o CIVEBRA, no ano de 2012, vários músicos de toda parte do país, ao saber que eu vinha de Cuiabá, me perguntavam se eu conhecia o Joelson, eu dizia que muito, era unanime, até o professor Fernando César, um dos maiores do país, veio me perguntar.

Lorena e Joelson chegaram em Brasília no início de 2018 e logo mostraram seus talentos, começaram a tocar com grandes nomes da música da capital se apresentando em casas renomadas da cidade, e que, diga-se de passagem, Brasília hoje leva a alcunha da cidade do choro, título que a muito tempo não pertence mais ao Rio de Janeiro, afinal da capital saem os grandes instrumentistas do Brasil, nomes como Hamilton de Holanda, Fernando César, Hamilton Pinheiro, Gabriel Grossi, André Vasconcelos, Pedro Martins, Reco do Bandolim, dentre tantos outros.

Fica essa super dica pra quem gosta de samba, de mpb, da música brasileira mais sofisticada, não deixem de prestigiar esses dois grandes artistas

Por lá fizeram parcerias com ninguém menos que Serginho Meriti, uma das maiores vozes da música brasileira, compositor de grandes sambas como “Deixa a Vida me Levar”, “Gira Girou”, “Quando eu Contar” imortalizadas na voz de Zeca Pagodinho, além de “Negra Ângela” com Neguinho da Portela e “Cria” na voz de Maria Rita são alguns de seus sucessos. Gravam o programa Face Musical com Victor Angeleas e Marcio Marinho, alguns dos nomes mais influentes da nova geração da música brasileira. Lorena grava quatro músicas no álbum “Em Mãos”.

Fica essa super dica pra quem gosta de samba, de mpb, da música brasileira mais sofisticada, não deixem de prestigiar esses dois grandes artistas, no sábado (08) às 20h, o Espaço Garden será o palco de uma linda roda de samba com Lorena e Joelson, uma noite repleta de convidados e que promete lavar nossas almas com muita música e boas vibrações.

Confira a parceria de Lorena Ly com Serginho Meriti nos links a seguir:

Ô DE LÁ – Serginho Meriti e Claudemir – Feat. Lorena Ly

SEGUNDA-FEIRA COM AR DE DOMINGO – Serginho Meriti – Feat. Lorena Ly

EM MÃOS – Serginho Meriti, Victor Angeleas e Márcio Marinho – Feat. Lorena Ly

Henrique Maluf é músico, produtor cultural e pesquisador em Cuiabá. Escreve nesta coluna com exclusividade às terças-feiras. E-mail: herojama@gmail.com

 

Postar um novo comentário

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.