Henrique Maluf

Testei positivo para a Covid

Por 15/09/2020, 12h:30 - Atualizado: 15/09/2020, 12h:37

Arte/Dayanne Dallicani

Colunista Henrique Maluf

Sim, eu e minha mãe estamos contaminados pelo novo coronavírus. E vou lhes dizer, não foi por falta de cuidado e atenção: O vírus NÃO passou!

Minha mãe é técnica em enfermagem e atua como cuidadora de idosos. Decidimos que durante a pandemia ela não pegaria nenhum trabalho na área da saúde, justamente pra não corrermos esse risco. Temos uma cantina bem modesta em Cáceres, onde ela vende seus bolos de queijo no café da manhã e congelados, e também optamos por fechar durante a pandemia.

Porém as circunstâncias não estão fáceis pra muita gente, minha mãe parada, eu fora de Cuaibá, sem tocar, com salário de professor, as coisas apertam todo mês, e nessa, em seis meses, a única saída da minha mãe a trabalho, como cuidadora, resultou nisso, trazer pra dentro de casa o vírus.

Até aqui, tudo bem, um risco altíssimo que corremos. Porém, quero lhes contar algo que me deixou profundamente magoado e com menos crença no ser humano. Ao ser contactada para esse trabalho, minha mãe fez alguns questionamentos, sobre quem seria a pessoa que ela cuidaria, quais as necessidades pro cuidado e, obviamente, se a pessoa estava com Covid-19.

A resposta da contratante foi de que tratava-se de sua mãe, uma senhora com mais de 80 anos, que tinha grandes dificuldades de locomoção, de higienização e outros agravantes da idade. Acamada e com alguns sintomas de gripe. Nisso, novamente, minha mãe questionou sobre o Covid e a senhora que a contratou negou a contaminação. Infelizmente, dois dias depois a senhora faleceu, uma semana depois uma outra filha dessa senhora também faleceu, ambas vítimas da Covid. A pessoa que contratou minha mãe também testou positivo e um outro irmão.

Meu total respeito e lamento pelo luto, pela dor de tamanho inenarrável dessa família. Não posso nem dizer que posso imaginar a tristeza. Não, não posso. Depois que soubemos do falecimento da senhora, minha mãe voltou a entrar em contato com a contratante, prestou sua solidariedade, perguntou se a senhora tinha falecido pela Covid e, mais uma vez, ela disse que não. Desde o dia da contratação minha mãe deve ter perguntado pelo menos umas quatro vezes se havia a contaminação.

Não importa quem esteja em contato com você, empregados, vizinhos, amigos, familiares, quem quer que seja, avise

Henrique Maluf

Bem, não há como culpar alguém por isso, ainda mais com o luto familiar, mas convenhamos, por que essa mulher não avisou minha mãe? Mesmo depois de tantas vezes questionada. Mesmo depois da mãe e irmã falecidas, ela e outro irmão diagnosticados com o coronavírus, não teve coragem de falar? Vergonha? Medo de exposição social?

Eu sinceramente não tenho uma resposta, pra mim foram reflexos de uma posição egocêntrica e de uma desumanidade descabida. Não importa quem esteja em contato com você, empregados, vizinhos, amigos, familiares, quem quer que seja, avise.

Eu estou assintomático, minha mãe teve dores na coluna e falta de ar, por uns dois dias de forma forte. Como minha mãe a anos sofre da coluna, a ponto de ficar com falta de ar, achamos que fosse mais uma crise, mas não era, ainda demoramos um pouco para ir atrás, tivemos muita sorte.

Fomos diagnosticados, estamos tratando, sendo observados exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde, o nosso SUS. No dia em que procuramos ajuda, vi uma enfermeira chorando abraçando uma médica, em menos de minutos, enxugou suas lágrimas e voltou ao seu posto. Ela que nos atendeu, super educada e solícita. Profissionais da saúde, linha de frente, meus sinceros agradecimentos, vocês são nossos heróis e heroínas.

O vírus é silencioso, altamente contagioso e mortal. O Brasil baixou suas mortes e número de contaminação, mas não significa que acabou. Enquanto não houver a vacina, estaremos sucetíveis a uma das maiores pragas da história da humanidade.

Henrique Maluf é formado em Música pela UFMT, produtor cultural, pesquisador de cultura regional e arte educador. Escreve nesta coluna com exclusividade às terças. E-mail: herojama@gmail.com

Postar um novo comentário

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

Tucano ainda com sequelas da Covid

ricardo saad curtinha 400   O vereador cuiabano e presidente do PSDB na Capital, Ricardo Saad (foto), segue na luta para reverter as sequelas deixadas pela Covid-19. Mesmo Dois meses após ser infectado, diz que 53% do seu pulmão ainda está comprometido e que, por isso, sente muita falta de ar. Candidato à...

Tentando golpe político em Tangará

amauri 400 curtinha   O deputado estadual Paulo Araújo (PP) sofreu uma tentativa de golpe vinda de uma pessoa em quem ele confiava totalmente, o seu ex-assessor Amauri Paulo Cervo (foto). Até há poucos dias, Amauri estava lotado no gabinete do deputado, na AL, quando se licenciou com intenção de concorrer...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.