Henrique Maluf

Vini Batera, um espetáculo de solidariedade

Por 18/02/2020, 07h:07 - Atualizado: 18/02/2020, 07h:13

Dayanne Dallicani

Colunista Henrique Maluf

Mais uma vez alguns artistas se unem em prol de uma nobre causa. Desta vez em prol da recuperação do baterista Vini Batera. Um elenco de grandes artistas matogrossenses, entre produção, músicos, cantores, atores, um número de mais de 40 pessoas envolvidas para a realização do “Viva Vini Batera – O espetáculo”.

Mais uma vez alguns artistas se unem em prol de uma nobre causa

O espetáculo acontece nessa quarta (19) às 20h no Cine Teatro Cuiabá, os ingressos estão custando R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), e todo lucro arrecadada será destinada ao Vini Batera, para ajudar a custear suas despesas médicas.

Nomes como de Pescuma, Henrique e Claudinho, André D’Lucca com sua leitura de Comadre Nhára, Carol Brandalise, Eduardo Butakka e a bocuda Penélope, Trio Brasilis, Maestro Fabrício Carvalho, a querida dupla Nico e Lau, Banda Cão Latino, e eu, Henrique Maluf. Um espetáculo eclético, elegante e irreverente que promete agradar a toda família, essas nove atrações prometem dar seu melhor no palco do Cine Teatro.

Enquanto o público for chegando, no foyer haverá uma esplêndida apresentação de Jazz instrumental, da melhor qualidade com o grupo Kyvavera Jazz que é composto por grandes nomes da música matogrossense, como Sidney Duarte, Paulinho Nascimento, Thiago Costa, que contaram com convidados, além da Cia de Teatro Cena Onze, com seu projeto “Sombras”, uma divertida interação com o público.

No dia 21 de janeiro Vini sentiu fortes dores no coração, correu para o Pronto-Socorro de Varzea Grande, ao chegar logo a equipe constatou que ele estava sofrendo um infarto com quadro grave, teve a situação revertida aos cuidados médicos do Dr. José Geraldo do Amaral (quem o Vini chama de anjo da guarda). No pronto socorro Vini ficou por mais de 10 dias esperando pra ver qual seria seu destino, e como sabemos a vida da saúde pública não é nada fácil.

A situação do Vini gerou uma grande comoção, principalmente aos amigos músicos, que prezam e admiram muito a história de vida dessa grande figura da música brasileira. Várias pessoas se mobilizaram para tentar ajudar de alguma forma, pois do lado de fora só havia seu filho, o também Vinicius, fazendo toda parte burocrática para que a cirurgia de angioplastia ocorresse o mais rápido possível.

No dia 31 de janeiro Vini foi transferido para a Santa Casa de Cuiabá, no dia 06 de fevereiro foi feita a cirurgia, onde foram colocados 3 stants, ocorreu tudo bem, e no dia 8 de fevereiro teve alta. Agora ele passa por acompanhamento para sua recuperação, o que não é nada fácil, pois a recomendação médica é de repouso total, e essa situação complica a situação econômica do Vini, pois sua principal renda é obtida com a música, nos shows em que acompanha cantores da nossa cidade, assim como eu.

Vini é um cara excepcional, tem um coração gigante e é muito generoso com seus amigos, desenvolveu uma forma ímpar de tocar bateria, onde parece haver ele e mais uns 3 percussionistas juntos, principalmente ao tocar samba e ritmos latinos, e está louco para que alguém aprenda com ele a tocar dessa forma

Vocês já devem ter percebido que tenho um grande carinho e amizade pelo Vini, são pelo menos 10 anos tocando juntos, já viajamos para outros estados, já passamos por várias cidades, já tocamos vários carnavais e réveillons, muitos shows, muitos bares, quartos de hotel, dos melhores aos piores e muitas, muitas histórias para contar.

Lembrem da comoção que disse, então, o Vini é um cara excepcional, tem um coração gigante e é muito generoso com seus amigos, desenvolveu uma forma ímpar de tocar bateria, onde parece haver ele e mais uns 3 percussionistas juntos, principalmente ao tocar samba e ritmos latinos, e está louco para que alguém aprenda com ele a tocar dessa forma, é realmente único e impressionante.

Vini é autodidata, paulistano, hoje com seus 64 anos conta muitas histórias da sua época de ouro, quando foi integrante do saudoso grupo “Originais do Samba”, a banda do Mussum, Jair Rodrigues, Milionário e José Rico, Sergio Reis, Reginaldo Rossi, dentre muitos outros, sinto um grande orgulho de poder tocar com essa lenda viva e poder de forma muito singela fazer parte desse espetáculo de solidariedade e que leva todo nosso carinho e respeito ao mestre Vini Batera.

Confira um pouco da história do Vini Batera nessa incrível matéria exclusiva do RDNEWS.

Henrique Maluf é músico, produtor cultural e pesquisador em Cuiabá. Escreve nesta coluna com exclusividade às terças-feiras. E-mail: herojama@gmail.com

Postar um novo comentário

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.