Alergias nos tratamentos dentários

Por 04/11/2018, 09h:45 - Atualizado: 04/11/2018, 10h:25

jackelyne_pontes_artigo_400

Jackelyne Pontes

Durante os procedimentos odontológicos usamos muitos materiais que podem causar alergias.  Os exemplos mais comuns são o látex das luvas, os medicamentos, anestésicos, amálgamas, resinas, flúor e alguns metais. As ocorrências de alergias são baixas em relação a quantidade de procedimentos realizados, e na maioria dos casos podem ser resolvidas prontamente pois trata-se de reações de pequena monta. Raros são os casos que atingem proporções significativas.

No caso das luvas de látex, as reações podem atingir principalmente o profissional e se apresentar como dermatite de contato ou ainda sensibilidade às partículas de proteína presentes no pó da luva. Já os medicamentos podem causar desde uma simples coceira e irritação na pele até algo mais grave, portanto sempre devemos informar ao profissional se já apresentamos algum sintoma ao usarmos antibióticos, anti-inflamatórios ou analgésicos.

No caso das luvas de látex, as reações podem atingir principalmente o profissional

Os anestésicos usados na prática da odontologia confere ao paciente o conforto necessário para um tratamento sem dor, e é importante saber que eles contém aditivos como conservantes e antioxidantes e podem causar efeitos adversos, embora se levarmos em consideração o números de vezes que eles são usados podemos afirmar que eles são seguros. Os metais como o amálgama possuem ligas de níquel e mercúrio em sua composição e devem ser evitados por pessoas sensíveis a essas substâncias, uma alternativa é o uso do titânio. Dor, edema, irritação, inchaço, coceira e erupção são os sintomas relatados em caso de sensibilidade. As resinas apresentam baixa incidência de reações, assim como o flúor, e podemos afirmar que seguramente as descrições de alergias são raras.

Muitos pacientes e até mesmo profissionais usam o termo alergia para descrever reações adversas que provavelmente são causadas pelo psicológico

A anamnese, que nada mais é do que o exame inicial feito pelo cirurgião-dentista onde ele avalia o paciente de forma profunda, indagando sobre a sua saúde em geral, deve ser feita de forma eficaz. É essa avaliação do histórico do paciente, incluindo ocorrências de alergias e hipersensibilidade que vai dar segurança ao tratamento. Devemos sempre exigir que o profissional que nos assiste faça uma investigação detalhada de nossa saúde geral, e para evitar qualquer tipo de complicação é indicado o teste alérgico. Uma boa notícia é que a odontologia evolui a passos largos e cada vez mais contamos com materiais biocompatíveis usados nos tratamentos dentários. Um grande avanço no que diz respeito à saúde e bem estar do profissional e do paciente.

Outro fato que devemos levar em consideração é que muitos pacientes e até mesmo profissionais usam o termo alergia para descrever reações adversas que provavelmente são causadas pelo psicológico como vômitos, náuseas e palpitações, nesse caso a administração de medicamentos para sanar o problema devem ser utilizados com cautela.

Não devemos deixar de realizar um tratamento odontológico porque temos alergia a certo material, o que devemos é informar ao dentista para que este busque alternativas para tratar-nos. Saúde geral e saúde bucal andam juntas.

Jackelyne Pontes é cirurgiã-dentista, filiada ao Sinodonto-MT (Sindicato dos Odontologistas do Estado de Mato Grosso) e escreve exclusivamente para este blog todo domingo - jackelynepontes@gmail.com

 

Postar um novo comentário

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

Júlio apoiou Bolsonaro pra varrer o PT

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), pré-candidato a senador pelo DEM, diz que em 2018 não só votou em Bolsonaro, como participou de carreata e vestiu camisa com as cores verde e amarela em apoio à candidatura do capitão. Lembra que estava convicto naquele momento de que era preciso varrer o PT...

Já com apoio de mais de 50 prefeitos

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) não para nas articulações políticas. E, se apoio elevado de prefeitos vier a ser decisivo, ele será eleito senador na suplementar de 26 de abril. Dos 141 gestores municipais do Estado, mais de 50 já anunciaram que estarão no palanque do...

Grupo de EP e Kleber pra marketing

kleber lima 400 curtinha   O grupo do prefeito Emanuel Pinheiro decidiu abrir diálogo com o jornalista e marqueteiro Kleber Lima (foto), visando o pleito de outubro. Não há mais resistência a uma possível contratação de Kleber, independente de quem o grupo lançar ao Palácio Alencastro,...

Prefeito coloca secretarias em alerta

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) colocou em estado de alerta a Defesa Civil e as secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos por causa da chuva torrencial que caiu neste sábado em Cuiabá. Em vários locais, inclusive na região central, como em frente à praça...

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.