Cirurgião-dentista, seja ético!

Por 24/03/2019, 00h:00 - Atualizado: 30/03/2019, 19h:35

jackelyne_pontes_artigo_400

Jackelyne Pontes

Mais uma eleição para dirigir o CRO-MT (Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso) se aproxima. Vamos, através de um processo democrático e digital, eleger os nossos representantes legais, aqueles que, segundo a lei federal nº 4.324 de 14/04/1964 no seu artigo 11 compete:

a) deliberar sobre inscrição e cancelamento, em seus quadros, de profissionais registrados na forma desta lei

b) fiscalizar o exercício da profissão, em harmonia com os órgãos sanitários competentes

c) deliberar sobre assuntos atinentes à ética profissional, impondo a seus infratores as devidas penalidades

d) organizar o seu regimento interno, submetendo-o à aprovação do Conselho Federal

e) sugerir ao Conselho Federal as medidas necessárias à regularidade dos serviços e à fiscalização do exercício profissional

f) eleger um delegado-eleitor para a assembleia referida no art 3º

g) dirimir dúvidas relativas à competência e âmbito das atividades profissionais, com recurso suspensivo para o Conselho Federal

h) expedir carteiras profissionais

i) promover por todos os meios ao seu alcance o perfeito desempenho técnico e moral de odontologia, da profissão e dos que a exerçam

j) publicar relatórios anuais de seus trabalhos e a relação dos profissionais registrados

k) exercer os atos de jurisdição que por lei lhes sejam cometidos

l) designar um representante em cada município de sua jurisdição

m) submeter à aprovação do Conselho Federal o orçamento e as contas anuais

Diante do que eu tenho escutado, eu gostaria de abordar um assunto que anda esquecido em tempos de politicagem e de favorecimento àqueles que fazem parte do círculo de amizades de quem detém o poder: ética (ou a falta dela).

Atitude inaceitável é esta que tem como lema: “aos queridos tudo, aos demais o que sobrar (e se sobrar)”. O termo ética deriva do grego ethos (caráter, modo de ser de uma pessoa). É sabido que somos testados nas mais diversas situações de vida, e que esses nossos princípios da boa conduta, chamados de princípios morais, são exaustivamente colocados em xeque. O que não podemos é pensar que o que fazemos de errado ficará impune ou permanecerá para todo o sempre em segredo.

Todo profissional deve seguir um conjunto de normas morais, seguindo princípios como: respeito ao ser humano, honestidade e lealdade ao trabalho e a empresa para qual presta serviço, assim como a observação das normas administrativas, segredo profissional e respeito ao colega de profissão.

Existe dois tipos de odontologias para que as remunerações sejam diferentes?

Jackelyne Pontes

Este instrumento é denominado Código de Ética, onde as regras básicas que norteiam as ações profissionais são enumeradas. A ética profissional é um compromisso social que estabelece uma certa previsibilidade de ações como forma de garantir o bom serviço prestado, é o estudo que define o que é justo ou injusto, o que é correto ou incorreto, o que é adequado ou inadequado.

Esta deve ser observada muito antes de iniciar-se a prática profissional. Só é um ser comprometido aquele que reflete sobre a sua prática e compromete-se com a sua categoria.

Inúmeras vezes presenciamos troca de farpas e de acusações entre pares, ou ainda acusações de serviço desqualificado com a proteção das quatro paredes do consultório. Mas, rapidamente, tudo é espalhado pelas recepções, bate papos informais, redes sociais e afins. Outras vezes, somos informados sobre disparidades salariais em relação às jornadas de trabalho e aos cargos exercidos, simplesmente pelo fato de ser “amigo do rei”.

Ora, me pergunto: existe dois tipos de odontologias para que as remunerações sejam diferentes embora os cargos sejam idênticos? Existem privilégios para uns, em detrimento de outros? A remuneração do profissional não deve ser condizente com a sua carga horária? Ainda bem que para esclarecer todas as nossas dúvidas existe o portal transparência, cujo acesso é irrestrito.

A ética não é estanque, está sempre em evolução. Um profissional ético tem em mente e persegue valores de consciência, autonomia e coerência, ele faz a coisa certa! Nós não nascemos éticos, esse princípio é amalgamado de acordo com a nossa trajetória de vida e profissional.

Sejamos então éticos, alinhados com os princípios da moral e da conduta reta, só assim teremos crédito para que as nossas ideias sejam não só ouvidas, mas sim avaliadas e quando possível colocadas em prática. Que Santa Apolônia continue nos abençoando!

Jackelyne Pontes é cirurgiã-dentista e escreve exclusivamente para este blog todo domingo - jackelynepontes@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Comentario | Domingo, 24 de Março de 2019, 13h54
    4
    0

    Percebe-se o quanto o Sr é "ETICO" e "GENUINO" http://www.hipernoticias.com.br/conteudo.php?sid=171&cid=30609

  • Edmar Roberto Prandini | Domingo, 24 de Março de 2019, 07h12
    3
    4

    Infelizmente, o artigo está equivocado sobre ética e sobre ética profissional. Os princípios indicados contém itens que não integram a ética pessoal nem profissional. Os objetivos da ética também não correspondem àqueles aos quais a ética se propõe.

Beto decide em maio quem vai apoiar

beto farias 400 curtinha   O prefeito barra-garcense e empresário Beto Farias (foto), que conclui neste ano o segundo mandato consecutivo, não sabe ainda quem apoiar à sucessão municipal. E só tomará uma decisão em maio, já faltando dois meses para as convenções. Até...

Lucas impõe regras pra cortar energia

luiz binotti 400 curtinha   Em Lucas do Rio Verde, a Energisa está proibida de interromper o fornecimento de energia elétrica, mesmo por inadimplência, sem informar ao consumidor, por escrito e com antecedência de 15 dias, sobre a suspensão dos serviços. O projeto aprovado pelos vereadores se transformou na...

Cidinho declina do convite à suplência

cidinho 400 curtinha   O ex-senador e empresário Cidinho Santos (foto), do PL, declinou do convite para compor uma das suplências da chapa ao Senado de Otaviano Pivetta (PDT). Em princípio, ele havia aceitado ser o primeiro-suplente. Mas questões empresariais não permitem que neste ano Cidinho concorra a cargo...

Conselhos, o populismo e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), bastante conhecido pelo perfil populista, busca se apegar cada vez mais às massas. Até para inaugurar um posto de saúde, Pátio, estrategicamente, aproveita para criar, ali na comunidade, os chamados conselhos. Busca debater...

Educação Inclusiva no Nilo Póvoas

marioneide 400 curtinha   A Seduc, sob Marioneide Kliemaschewsk (foto), decidiu desativar a tradicional escola estadual Nilo Póvoas, que funcionava há 50 anos no bairro Bandeirantes, em Cuiabá, o que acabou gerando protesto de pais e alunos. O prédio agora vai abrigar o Centro de Referência em...

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.