Como prevenir o mau hálito

jackelyne_artigo_domingo

Jackelyne Pontes

O mau hálito das crianças é  um dos pontos de maior preocupação por parte dos pais dos meus pacientes. Sou frequentemente questionada sobre esse tema. Se consultarmos a literatura, segundo a Associação Brasileira de Pesquisa dos Odores Bucais, a halitose atinge mais de 40% da população brasileira, sendo que em média 85% dos fatores responsáveis por esta disfunção estão relacionados à falta de higiene oral correta, portanto, ter mau hálito é mais frequente do que possamos imaginar.

Pensamos sempre que problemas estomacais são as causas de mau hálito, mas isso não procede porque o estômago é separado da boca por uma válvula, que só se abre no caso de refluxo, sendo assim os odores só passam do estômago para a boca no instante dessa abertura. 

Para evitarmos a halitose é recomendado que não fiquemos muito tempo em jejum, ou seja, devemos nos alimentar de 3 em 3 horas. A alteração do hálito ocorre porque se ficarmos sem nos alimentar por períodos longos o organismo pode entrar em estado de “economia de energia” diminuindo o metabolismo. O hálito também fica forte e desagradável por causa da queda dos níveis de glicose. O tipo de alimento a ser ingerido também deve ser observado. Queijos e derivados resultam em fermentação quando entram em contato com a saliva resultando em odores desagradáveis. Devemos evitar também alimentos pegajosos, que grudam nos dentes, gengiva e língua, e são difíceis de remover com a escovação. Ingerir líquidos com frequência também ajuda a evitar o problema.

Alimentos consistentes ajudam na limpeza da boca, como cenoura, maçã e rabanete, mas é indispensável o uso de fio dental, uma escova apropriada e creme dental na higiene da boca. Não podemos esquecer de limparmos a língua, pois alguns pacientes tem a língua fissurada (com pequenas rachaduras) que serve de local de acúmulo de resíduos, nesse caso o cuidado deve ser redobrado. Os bochechos com enxaguantes bucais são auxiliares na higiene oral, e devem ser feitos com a orientação do cirurgião-dentista. É o profissional que indicará qual o mais adequado para cada caso.

Problemas no trato respiratório também são predisponentes importantes ao mau hálito. Sinusites, resfriados, gripes, inflamações na orofaringe podem ser a causa do desencadeamento dos maus odores, e devem ser tratados. Se nestes momentos a criança respira pela boca, esta fica seca e as bactérias desta região tendem a crescer mais livremente. Chupar o dedo ou chupeta também pode causar mau hálito, pois a saliva e bactérias bucais ficam constantemente em contato com o ar e, além disso, a chupeta pode ser ambiente de acúmulo de resíduos alimentares. 

Para combater o mau hálito normalmente uma boa higiene bucal já resolve, portanto, é aconselhável que a escovação seja feita após as refeições e antes de dormir. Visitas periódicas ao dentista também são recomendadas para manter os dentes, língua e gengivas saudáveis. E, se mesmo com todas as medidas necessárias o seu filho continuar com um quadro de mau hálito, o pediatra deve ser consultado para investigar causas médicas.

Jackelyne Pontes é cirurgiã-dentista, filiada ao Sinodonto-MT (Sindicato dos Odontologistas do Estado de Mato Grosso) e escreve exclusivamente para este blog todo domingo - jackelynepontes@gmail.com

 

Postar um novo comentário

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.