Odontologia para todos os bebês

Por 02/12/2018, 00h:00 - Atualizado: 02/12/2018, 07h:59

jackelyne_pontes_artigo_400

Jackelyne Pontes

Reparo que muitas vezes, quando me perguntam qual a minha área de atuação e eu respondo que atendo especificamente crianças de zero à seis anos, muitos ficam surpresos. Perguntam o que um bebê sem dentes vai fazer em uma consulta odontológica, outras vezes ouço questionamentos sobre o motivo de tratar os dentes de leite, já que estes serão substituídos pelos dentes permanentes, enfim, as pessoas desconhecem esta especialidade da odontologia, e esta é a motivação que me levou a escrever este artigo: esclarecer dúvidas sobre os cuidados bucais voltados aos nossos pequenos.

A saúde bucal da gestante é importante, e na realidade deve ser a primeira preocupação nesta fase tão especial da vida. São mitos os pensamentos de que “em cada gestação perde-se um dente” ou “a criança tira o cálcio dos dentes da mãe”. Também é mito que a gestante não pode fazer uso de anestesia. Um profissional preparado pode oferecer um serviço seguro à futura mamãe evitando assim intercorrências como parto prematuro, abortos e bebês com baixo peso. Cuidar dos dentes e da gengiva também é importante porque a cárie é uma doença transmissível, e assim diminui-se a possibilidade de transferência de bactérias da boca da mãe para o bebê.

No que se refere ao bebê, é importante saber que a dentição começa a ser formada ainda na vida intrauterina, sendo os dentes de leite a partir da sexta semana e os dentes permanentes a partir do quinto mês. Sendo assim a higienização da boca deve começar antes mesmo da erupção dos dentes, após cada mamada, assim acabamos treinando-os para receber os cuidados bucais com muito maior aceitação deste hábito. Com auxilio de uma gaze embebida em água filtrada ou fervida, ou ainda em soro fisiológico, remove-se gentilmente os resíduos de leite materno da boca do bebê. E assim que os primeiros dentes surgirem, deve-se instituir o hábito de uso do fio dental.

É visível que crianças com a doença da cárie têm dificuldade de comunicação e consequentemente de socialização, ficando assim isoladas do seu grupo

Como já citado, a cárie é uma doença transmissível, sendo assim devemos evitar assoprar a comida, beijá-los na boca ou usar copos e talheres de maneira compartilhada. Os dentes de leite nascem por volta dos seis meses de idade, mas um atraso de seis a oito meses para este acontecimento tão importante pode ser considerado dentro dos padrões. Em alguns casos, pasmem, os dentes podem nascer nos primeiros dias de vida, ou mesmo nos primeiros três meses.

Gosto de ressaltar a importância dos dentes de leite, pois estes servem de guia para os dentes permanentes, promovem uma boa mastigação e deglutição e colaboram para um bom desenvolvimento das estruturas da face, e é por isso que eles devem receber cuidados especiais, e não podemos negligenciá-los. Além do mais um comprometimento desta dentição pode levar a danos nos germes dos dentes permanentes. É visível que crianças com a doença da cárie têm dificuldade de comunicação e consequentemente de socialização, ficando assim isoladas do seu grupo.

E agora a melhor informação: o município oferece em suas clínicas municipais este atendimento, pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Lá as mães recebem orientação sobre dieta, higiene, uso do flúor, uso de chupetas e mamadeiras, maneiras de transmissão da cárie, o que fazer quando ocorre um trauma dentário, além de outros relevantes tópicos. Não espere o seu filho ser acometido pela doença cárie. Procure atendimento.

Jackelyne Pontes é cirurgiã-dentista, filiada ao Sinodonto-MT (Sindicato dos Odontologistas do Estado de Mato Grosso) e escreve exclusivamente para este blog todo domingo - jackelynepontes@gmail.com

Postar um novo comentário

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

Júlio apoiou Bolsonaro pra varrer o PT

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), pré-candidato a senador pelo DEM, diz que em 2018 não só votou em Bolsonaro, como participou de carreata e vestiu camisa com as cores verde e amarela em apoio à candidatura do capitão. Lembra que estava convicto naquele momento de que era preciso varrer o PT...

Já com apoio de mais de 50 prefeitos

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) não para nas articulações políticas. E, se apoio elevado de prefeitos vier a ser decisivo, ele será eleito senador na suplementar de 26 de abril. Dos 141 gestores municipais do Estado, mais de 50 já anunciaram que estarão no palanque do...

Grupo de EP e Kleber pra marketing

kleber lima 400 curtinha   O grupo do prefeito Emanuel Pinheiro decidiu abrir diálogo com o jornalista e marqueteiro Kleber Lima (foto), visando o pleito de outubro. Não há mais resistência a uma possível contratação de Kleber, independente de quem o grupo lançar ao Palácio Alencastro,...

Prefeito coloca secretarias em alerta

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) colocou em estado de alerta a Defesa Civil e as secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos por causa da chuva torrencial que caiu neste sábado em Cuiabá. Em vários locais, inclusive na região central, como em frente à praça...

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.