2014 chegou ao fim para o setor público

maria_rita_artigo_quinta

Maria Rita

Nesta terça meu Whatsapp amanheceu fervendo de tanta informação. Notícias sobre mandados de busca, revistas em residências, depoimentos na Polícia Federal envolvendo os maiores nomes da política da atualidade não paravam de chegar. Videos, fotos e até montagens circulavam pelas redes sociais já demonstravam o impacto que a Operação Ararath teria no setor público.

Diante disso imagino que toda a engrenagem do governo estadual e da Assembleia Legislativa devam estar paralisadas devido ao escândalo. O clima instável com certeza vai atrapalhar o já lento desenvolver do projetos majoritários de Mato Grosso. Mais que isso. Acredito que a a ação da Política Federal antecipou em 22 dias o final de ano de 2014 para o setor público, a data natural seria a abertura da Copa do Mundo, no dia 12 de junho. Eu explico.

Ainda é difícil afirmar o que ocorrerá nos próximos dias na esfera política, mas na prática os jogos irão inviabilizar diversos setores públicos. Repartições, bancos, Correios e até os tribunais funcionarão meio período ou não funcionarão. Escolas irão liberar os alunos. Acho que apenas os shoppings manterão abertas as portas com rigor.

Após o final da Copa, o que ocorrerá nas eleições de outubro é incerto. Previsão sem a operação da Polícia Federal já era palpite, mas com tudo o que já aconteceu só a Mãe Diná poderia afirmar algo. A única certeza é a de que o setor público continuará parado, pois em época de eleição convênios e outras questões de caráter orçamentário e financeiro ficam suspensas. Para deputados federais e senadores, tal momento é denominado recesso branco.

Depois das eleições nossos políticos terão apenas mais um mês de trabalho. Somando os quatro meses que trabalharam no primeiro semestre serão míseros cinco meses de atividade política no Congresso Nacional. O que ocorrerá na esfera estadual só o tempo, a Polícia Federal, o ministro Dias Toffoli e o juiz Jeferson Schneider poderão responder. Mas Mato Grosso só volta a engrenar no início de 2015.

O que ocorreu agora no Estado só impulsiona para trás o andamento do progresso da máquina pública. Se tiverem que pagar, que paguem por seus erros. Pena que nós cidadãos soframos junto pela arbitrariedade alheia. Por isso volto a repetir: somente com a participação popular poderemos mudar o cenário atual. A política não é algo distante de nós. Ela interfere diretamente em nosso cotidiano e por isso devemos nos considerar também agentes de mudança. Participe das reuniões do Conselho de Saúde, de Turismo, de Cultura, de Educação e tantos outros. É neste espaço que temos voz e poder para agir e trazer melhorias para nossa sociedade.

Maria Rita Ferreira Uemura é jornalista, empresária, diretora da empresa de eventos de aventura ULTRAMACHO e escreve exclusivamente toda quinta-feira neste Blog (www.ULTRAMACHO.com.br) - e-mail: ferreirauemura@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • miria | Quinta-Feira, 22 de Maio de 2014, 08h31
    3
    0

    Faço uso deste parágrafo para chamar para cada um de nós a responsabilidade de mudança deste cenário. Somente com a participação popular poderemos mudar o cenário atual. A política não é algo distante de nós. Ela interfere diretamente em nosso cotidiano e por isso devemos nos considerar também agentes de mudança.

  • Roberto Vagner Pinheiro | Quinta-Feira, 22 de Maio de 2014, 08h03
    2
    0

    O que faz com que os políticos mantenham sua dinastia corruptiva é um judiciário corrupto, pois um país onde não podemos confiar no judiciário, o que nos resta. Achar que podemos mudar no voto é pura ilusão, a corrupção não deixa espaço aqueles que desejam mudança e podem dar exemplo de honestidade.........Brasil está em rota de colisão............

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

Sem chance para ser desembargador

pio da silva curtinha 400   Pio da Silva (foto) é um advogado que não desiste nunca. Age no meio jurídico como aquele candidato insistente que faz questão de concorrer a cargo eletivo em toda eleição, mesmo sabendo da chance mínima de êxito nas urnas. Pio já se tornou um "eterno"...

Delação de Riva tira apoios à Janaina

max russi 400 curtinha   A delação de José Riva, que deve complicar a vida de vários ex-deputados e alguns dos atuais, dificultou a entrada da filha, deputada Janaina Riva, como primeira-secretária da futura Mesa, que será eleita na próxima semana, com Botelho na presidência pela terceira vez....

Wallace, calendário eleitoral e disputa

wallace 400 curtinha   Cassado em maio de 2015 por gastos ilícitos na campanha, após dois anos e quatro meses de mandato, o ex-prefeito de Várzea Grande, Wallace Guimarães (foto), do PV, está torcendo pelo adiamento da data das eleições. Com ganho de mais tempo, ele acredita que consiga obter ...

Rossato desiste; Lafin livre à reeleição

ari lafin curtinha 400 sorriso   Depois de ensaiar e travar discussões com seu grupo político, o empresário e ex-prefeito de Sorriso, a cidade conhecida como capital nacional do agronegócio, Dilceu Rossato decidiu não disputar a sucessão municipal neste ano. Com isso, o caminho fica mais livre para o...

Fazendo politicagem sobre Covid-19

rubia fernanda 400 curtinha   A tenente-coronel Rúbia Fernanda, pré-candidata ao Senado pelo Patriota, não só ignora medidas protetivas em relação à Covid-19, como isolamento social, mantendo agenda de visitas e reuniões, como passou a fazer politicagem com coisa séria. Numa...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.