Grandes eventos turísticos cancelados

maria_rita_artigo_quinta

Maria Rita

Imagine uma festa tradicional como o carnaval de Santo Antônio de Leverger onde milhares de foliões dançam naqueles blocos de nomes exóticos. Realizado há anos, envolve grande parte dos habitantes e do comércio do município. Alguns esperam a data para curtir a folia de Momo, mas a maioria dos munícipes aguarda o momento do maior faturamento do ano.

Santo Antônio possui um histórico de município com poucos recursos, sempre com dívidas, brigas políticas e até morte. Com uma trajetória turbulenta fica meio difícil atingir um nível de administração pública de excelência e com dinheiro em caixa. O atual gestor Valdir recebeu o cargo e encontrou a prefeitura num estado deplorável.

Ao ler hoje neste site a notícia sobre o possível cancelamento do evento organizado pela prefeitura eu fiquei pensando no revés que isso seria para o prefeito. Sua decisão beira o suicídio político dada a importância que possui para toda a cidade. O fator impeditivo seria a questão financeira, não há dinheiro em caixa. Considero a decisão do prefeito corajosa. Honrar os compromissos básicos é essencial para qualquer gestor e esta postura deve se sobrepor a qualquer outra.

Em 2013 não foi realizado o Festival de Inverno em Chapada dos Guimarães. Faltou financiamento por parte das secretarias de Cultura e Turismo do Estado e a prefeitura não tinha como viabilizar o evento sozinha. A cidade deixou de receber milhares de visitantes e o comércio não faturou  no maior evento do ano.

O Festival Internacional de Pesca  de Cáceres também não foi realizado no ano passado. Em 33 anos de existência, esta foi a segunda vez. O motivo também foi a falta de financiamento do Governo do Estado. A Festa do Pantanal já não é realizada há alguns anos em Cuiabá.

O Governo está quebrado. Gasta o que pode e o que não pode com o estádio e as obras de viabilidade da Copa. Os eventos citados acima atualmente não são prioridade. Além disso, já foram patrocinados tantas e tantas vezes que já está na hora de serem auto-suficientes.

Ninguém vai à falência  por não ter carnaval, Festival de Inverno e Pesca. Acho que está na hora do comércio das cidades turísticas parar de reclamar e começar a agir para atrair os visitantes por conta própria. A parceria entre público é privado é vital. A visão de que o Estado deve prover tudo não corresponde a realidade de hoje.

Somente com a união dos empresários do setor turístico de cada destino teremos sucesso. Fortaleça seu conselho de Turismo, participe das decisões do setor e colabore com a Associação Comercial de sua cidade. O primeiro passo para a mudança deve ser dado pela iniciativa privada. Mas atenção, o primeiro passo não é cobrança e sim colaboração. Depois, só depois, é que podemos criticar.

Maria Rita Ferreira Uemura é jornalista, empresária, diretora da empresa de eventos de aventura ULTRAMACHO e escreve exclusivamente toda quinta-feira neste Blog (www.ULTRAMACHO.com.br) - e-mail: ferreirauemura@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Dorneles | Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2014, 06h36
    1
    0

    "Além disso, já foram patrocinados tantas e tantas vezes que já está na hora de serem auto-suficientes" - Será que este artigo é por que a mesma não vai mais ter verbas do Governo? Dizer que cada evento caminhe com as próprias pernas é até bom, menos o dela, é claro. E viva a mãe Estado de Mato Grosso.

  • Marinho | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2014, 20h52
    2
    1

    Para mim ficou ótimo! Sem carnaval, sem prostituição, promiscuidade, bebedeiras, brigas, mortes. Que cidade feliz ! Não vai gastar na saúde e nem com a polícia !

  • josias lemes | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2014, 14h03
    1
    0

    té que enfim "falou e dizeu".

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

Quebra-cabeça para definir a chapa

eduardo botelho 400 curtinha   Eduardo Botelho (foto) está postergando ao máximo a definição dos nomes de sua chapa ao comando da Mesa Diretora. A eleição já acontece no dia 10, na próxima semana. Como 12 dos 24 deputados brigam por espaço, o presidente da Assembleia sabe que, ao final,...

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.