Morro da Mesa e Machado de Assis

maria_rita_artigo_quinta

Maria Rita

Entre as leituras obrigatórias do primeiro bimestre daquele ano estava o livro Dom Casmurro de Machado de Assis. Sempre gostei de ler, desde bula de remédio até Sidney Sheldon, mas aos 13 anos aquele título não me despertou muito interesse. Nesta mesma época costumávamos viajar para o interior de Mato Grosso com meu pai. Ele sempre nos levava a lugares pouco convencionais onde realizava pesquisas e fazia muitas fotos. Havíamos nos mudado há pouco tempo para o Estado e tudo era uma grande aventura.

Numa dessas andanças levei Dom Casmurro para ler em Poxoréo. A cidade era muito antiga. Praticamente uma vila de garimpeiros já meio sem sorte. Ruas de paralelepípedos, construções seculares e até uma antiga farmácia que parecia lacrada há mais de um século. Imaginei a história do livro se desenrolando naquele contexto. Algumas casas tinham até a construção parecida com as descritas no livro e as pessoas com quem conversei poderiam tranquilamente pertencer ao século 19.

Achei a linguagem do livro muito rebuscada desde as primeiras páginas e confesso que não foi nada fácil finalizar aquela leitura. Mesmo com todo o contexto que criei, aos 13 anos é difícil gostar de um clássico literário. Para mim Capitu se transformou numa manipuladora e Bentinho, um rapaz sem grande personalidade e de baixa auto estima. Por esses dias fizemos um trekking até o imponente Morro da Mesa, no mesmo município, e vimos inscrições rupestres intrigantes. Aquela viagem me marcou muito, pois foi nossa primeira aventura de muitas em família.

Este verão, mais de 20 anos depois, encontrei um exemplar de Dom Casmurro na estante do quarto do meu sobrinho e não resisti a uma releitura. Evocar apenas o título já me remeteu diretamente aqueles anos adolescentes e a esta primeira aventura em Poxoréo. Talvez com a experiência dos anos os personagens se transformaram um pouco para mim. Capitu me pareceu uma mulher encantadora e apaixonada desde a infância, já Bentinho foi um grande ciumento. 

Reler o livro me deu vontade de voltar a Poxoréo. Pois só visitei a cidade nesta época e acredito que uma releitura daquele contexto também me surpreenderia bastante em relação as belezas naturais. Acredito que deveria se repetir este exercício em outras instâncias da vida para refletir. Quantas vezes formamos opinião sobre determinado assunto e a experiência nos permite ver aquilo de outra forma anos depois? O exemplo de Machado de Assis é bobo, mas esta possibilidade de mudar de opinião não. Permita-se reler e reviver os clássicos da sua vida. Olhe para dentro de si e revire as certezas, novas respostas surgirão através do olhar da experiência.

Maria Rita Ferreira Uemura é jornalista, empresária, diretora da empresa de eventos de aventura ULTRAMACHO e escreve exclusivamente toda quinta-feira neste Blog (www.ULTRAMACHO.com.br) - e-mail: ferreirauemura@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Sizaltina do Carmo Macedo | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2014, 21h05
    3
    0

    Maria Rita, fiquei encantada com seu comentário sobre a minha cidade! Realmente Poxoréu tem um pouco desta historia, pois é formada por baiano e maranhenses. E nossa cidade esta de braços aberto pra recebe-la. A cidade em sim mudou pouca coisa, pois é uma cidade formada por garimpeiros. Obrigada por fazer essa matéria sobre a nossa cidade.

  • ademir sabadin da silva | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2014, 17h08
    3
    0

    a leitura nos faz enriquecer e fortalece a alma alem de nos fortalecer no dia dia,sempre comparando o tempo ireal do real.

Reunião pra debater viabilidade do VLT

wellington 400 curtinha   Após participar de uma reunião na Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, o senador Wellington (foto) revelou que no próxmo dia 10 vai ser realizado encontro com o secretário José Carlos Medalia e com integrantes do Governo de MT para discutir a viabilidade do VLT, cujas obras...

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.