Uma visita ritual

olga_artigo_domingo

Olga Lustosa

A dinâmica da vida política e social é carregada de metáforas que escondem ou ao contrário, expõe, a pormenorização das mensagens que emitimos. O aspecto simbólico dos rituais contribuem para esclarecer aspectos da vida social. Quando pensamos em ritual, a ideia  que nos vem a mente é quase sempre de algo arcaico feito para celebrar momentos especiais, mas não é isso.

Os rituais são as formas simbólicas e repetidas de poder, de descrição esmiuçada, às vezes sem palavras, de cenários e representações que falam por si. Ao ler Victor Turner, eu fui remetida à minha lida diária com eventos públicos, presididos por pessoas que detém o poder. Turner reforça que os rituais encenam histórias poderosas, tradições seculares, que são traduzidas em ritos que dizem muito. Na verdade a simbologia dos ritos pode significar o enquadramento das tradições, que precisa de movimentos minimamente coreografados para transportar sujeitos de verdade ao mundo das representações simbólicas.

Cada evento é único e somente a criatividade pode quebrar a rigidez das regulamentações hierárquicas. Os rituais acontecem sob certas condições e prioritariamente precisa de público para acontecer. É preciso ter competência para comunicar com a plateia, empatia para transmitir o pensamento de forma que as entrelinhas possam ser lidas e assimiladas. 

As figuras públicas se expressam por meio de rituais ordenados, que favorecem a transmissão das mensagens e das imagens. Todo ato com a presença da presidente da República, não é um acontecimento meramente casual. Ao contrário, são utilizados mecanismos eficientes de comunicação para levar a mensagem ao destino certo.

Escolhi estudar Antropologia das Formas Expressivas esse ano e agora ao estar na coordenação dos preparativos para a visita da presidente Dilma Rousseff ao Estado de Mato Grosso, posso constatar que a organização desse ato é constituído por um conjunto de pequenos atos simbólicos, embora a visita ocorra numa área de plantio, com certa informalidade. O desembarque, o lugar de passagem, a distribuição do público, a arte por trás do palco, tudo cuidadosamente verificado e aprovado.

A maior autoridade do País se movimenta hoje aqui, cumprindo agenda e rituais inerentes ao poder por ela exercido, observando as tradições, fortalecendo as relações com os antepassados. Há simbologia em todas as atividades, em todo o material envolvido na construção do cenário. Tudo ressalta os aspectos políticos dentro do conceito da manutenção dos ritos do poder, sem distrações que possam desvalorizar os rituais.  Devemos estar atentos aos gestos, expressões, pois o   corpo é um veículo que transporta muitos significados, que contextualizados, podem traduzir as diversas formas, através das quais, nos comunicamos.

Olga Borges Lustosa é cerimonialista pública e escreve exclusivamente neste Blog toda terça-feira - olga@terra.com.br

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • benedito rufino da silva | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 20h10
    0
    0

    Parabéns olga pela crônica! obedeceu ao ritual e ao script - próprio do momento exclusivo, presente único para quem vive o dia a dia dos acontecimentos políticos, inerentes aso seu cargo.

  • antonio cesar dos santos | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 18h04
    0
    0

    gostei muito do que escreveu , meus parabéns.

  • dardinelo queiroz | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 09h00
    2
    0

    Cara olga! È bacana ver a sua simplicidade ao comentar sobre os pequenos detalhes que compoem uma mega operação sem erros como é o caso. Só pra ilustrar, é semelhante a composição de um um jornal na casa do assinante; da garimpagem da informação,a foto,o texto,a correção,diagramação,pré-impressão,impressão,expedição,distribuição e entrega,isso para assinantes.ainda tem a venda ávulsa,cobrança,devolução e venda do retorno...são pequenas operações que não permitem o erro...

Queda-de-braço em Alto Araguaia

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), enfrenta uma queda-de-braço com os vereadores. Recentemente, oito dos 11 parlamentares encaminharam ofício ao chefe do Executivo, inclusive com cópia para o MPE, considerando inoportuna, descabida e suspeita, neste momento de pandemia, fazer obra...

Estado amplia leitos de UTI no Sul

gilberto figueiredo 400 curtinha   O secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo (foto) reclama, sem citar nome, da forma como a prefeitura rondonopolitana está encarando a pandemia da Covid-19. Mesmo o governo federal já tendo pago diárias antecipadamente e, inclusive por três meses, de 10 leitos de...

Briga inconsequente com Santa Casa

z� do patio 400 curtinha   Acuado pela consequência da falta de planejamento e de gestão, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, está numa luta descabida de tentar encontrar culpados pelo avanço da Covid-19 no município. A prefeitura não construiu, sequer,...

2 secretários acionados sobre compras

ozenira 400 curtinha   Os secretários municipais de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho (Saúde) e Ozenira Félix Soares (foto), de Gestão, têm 48 horas para prestar esclarecimentos sobre compras, sem licitação, de óculos de proteção e macacões destinados a...

Valdir, conta rejeitada e pedido negado

valdirzinho 400 curtinha   Valdir Pereira de Castro, o Valdirzinho (foto), prefeito de Santo Antonio de Leverger, ingressou com pedido de revisão no TCE sobre o parecer contra aprovação das contas de 2018. O Tribunal apontou uma série de irregularidades, entre elas registros contábeis incorretos, abertura de...

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a administração Emanuel Pinheiro em Cuiabá

excelente

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.