Rose Domingues

Condomínio em Cuiabá declara guerra aos gatos

Por 08/12/2019, 06h:16 - Atualizado: 08/12/2019, 11h:13

Dayanne Dallicani

Colunista Rose Domingues

Faz cinco anos que me mudei para um condomínio fechado, em Cuiabá. No começo havia poucos moradores, hoje, são mais de mil pessoas convivendo em um micro espaço onde a intolerância, infelizmente, virou norma de convivência. Recentemente, fui surpreendida com a nova regra passível de multa: a obrigatoriedade de “prender” os gatos dentro casa.

São mais de três meses pensando, como fazer isso agora? Quando vim morar em uma casa, no início de 2014, busquei o conforto também para os meus bichos de estimação, que não teriam que ficar 100% do tempo presos, como era no apartamento apertado onde vivíamos, ou seja, estariam mais livres para transitar.

Ice e Ox não são mais filhotes, por isso possuem hábitos arraigados, gostam de ficar na rua aqui da frente, dormem embaixo do carro e dentro do meu vaso de plantas, onde a terra é mais fresca. São vacinados, castrados, gentis, têm sua área de higiene, água, ração e não incomodam. Além de serem lindos e fofos.  

A pergunta que não quer calar, que tipo de animal racional poderia não gostar dos meus gatos? Eles são sadios e mais asseados que muita gente, jamais mexeram em lixo, por exemplo. Além do mais, os mesmos vizinhos “civilizados” costumam estacionar trancando a rua, usam a calçada para outros fins interrompendo a passagem de pedestres, trafegam em alta velocidade e jogam todo tipo de resíduo na minha porta (papel de bala, latinha, embalagens, etc).

Vez ou outra também colocam música alta me incomodando no descanso de domingo. As crianças correm, gritam e o que eu faço? Acho normal, um condomínio com meninos e meninas tem vida! Mas, frente à nova situação, me sinto bastante irritada. É complicado ter que prendê-los de uma hora para outra: “Olha, bichanos, as sonecas no gramado da frente ou no telhado vão ter acabar!”.

Criar essa nova rotina em que se tornarão “prisioneiros” não me parece nada agradável, na verdade nem sei ainda como isso vai ser a partir do ano que vem, quando já nos ameaçaram de multar. Então, me lembro que no mês passado um vizinho deixou a torneira quebrada, vazando por mais de quatro dias, com um alagamento gigante e um desperdício criminoso de água, e ninguém fez nada. Que tipo de psicopata prefere hostilizar gatos?

Tenho dois felinos e um cão. Eles acham que são irmãos, inclusive quando saio para passear com o Thor é engraçado observar que os três saem juntinhos. Os gatos brincalhões pulam por cima do cachorro, dão cambalhota, fazem corrida rápida e depois deitam no gramado, felizes e livres, aguardando o melhor amigo do homem chegar. Aqui em casa, todos administram bem suas diversidades.

Então, queridos vizinhos, tenho um recado: se querem exclusividade total, façam como Leonardo DiCaprio, comprem uma ilha em Belize. Mudem-se para lá!

Rose Domingues

Acontece que a grande maioria das pessoas não pensa assim, preferindo pássaros em gaiolas e plantas de plástico, porque não sujam, não dão trabalho, mas não estão vivos. Eu me pergunto se a racionalidade abandonou a humanidade e passou a viver entre outros seres menos inteligentes, como cães e gatos ou mesmo jacarés e capivaras que atravessam na faixa (de pedestre) aqui em Cuiabá.

Para preservar a minha sanidade mental, preferi sair do grupo do condomínio e passo muito bem, obrigada. Não consigo visualizar diariamente comentários depreciativos contra empregadas domésticas, crianças e animais ou mesmo políticos. Então, queridos vizinhos, tenho um recado: se querem exclusividade total, façam como Leonardo DiCaprio, comprem uma ilha em Belize. Mudem-se para lá!

O pacifista indiano Mahatma Gandhi ensinava que “a grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados”. Chego à conclusão que a maioria dos brasileiros não é lá grande coisa, porque ao invés de resolver os problemas quer se livrar deles: animais, árvores, crianças, mendigos, pobres, índios, deficientes e tudo aquilo que não encaixa no quebra-cabeça da sua ignóbil ignorância. (Quem odiaria a natureza sendo parte dela?)

Dados da Organização Mundial da Saúde apontam para mais de 30 milhões de cães e gatos abandonados pelas ruas do país. E ai de quem colocar ração e água, pode virar caso de polícia! Outro dado triste se refere a maus-tratos praticados contra esses seres indefesos, nesta semana, fiquei estarrecida com o caso de uma senhora que explodiu o próprio cachorro (Pinsher) usando uma mangueira de água.

Um crime bárbaro, em que fiquei imaginando a cena com o coração partido. O atenuante é que foi cometido por alguém com transtorno mental, durante uma crise. Mas quantos atropelamentos, abandonos, envenenamentos e violências das mais variadas são praticados todos os dias por gente que se diz “normal” e “cidadão de bem”?  

Rose Domingues Reis é jornalista graduada pela UFMT, especialista em Liderança e Coaching – MBA pela Unic, com formação em Psicologia Positiva pelo Instituto de Psicologia Positiva e Comportamento (IPPC) de São Paulo e escreve exclusivamente neste espaço aos domingos. E-mail: rosidomingues@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Rogerio | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 17h33
    1
    1

    Muita gente vai morar em condomínio de casas deveriam ficar em apartamentos!

  • Dener | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 16h06
    6
    5

    Parei de ler quando quis comparar crianças com gatos... que sociedade é essa que humaniza animais e animaliza seres humanos??!!

  • luciana | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 14h36
    5
    6

    O ser humano está se tornando monstros, qualquer ser vivo, merece respeito, e as diferenças existem, parem de ser birrentos, e aceitem que esse mundo é para todos.

  • Sadi | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h53
    8
    3

    Tem que proibir também de pássaros sobrevoaram esses condomínios e sujarem os carros também. Onde já se viu, nós da elite cuiabano sendo ameaçados por "caca" de pássaros, pombos e também de mosquitos quererem sugar nosso sangue. Absurdo isso.

  • Juca | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 09h57
    4
    3

    Putz Fernando o gato faz tudo isso contigo, caramba, chama um padre pois este gato esta possuído pelo demônio kkkkkkkkk

  • Roger | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 09h55
    1
    0

    Roger, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pablo | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 09h25
    12
    10

    Eu acho que deveriam proibir crianças também em condomínios pois a sociedade não pode conviver com crianças mimadas, birrentas e barulhentas. Queremos viver em paz nos condomínios fechados, sem gritos e choro de crianças. Ou que se coloquem mordaças e coleiras nessas pestinhas também quando saírem para passear.

  • Renato | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 09h09
    8
    11

    É lamentável o comentário de algumas pessoas que se dizem "seres racionais". QUANTO MAIS CONHEÇO A HUMANIDADE MAIS EU AMO OS MEUS CACHORROS.

  • Fernando | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 09h09
    19
    13

    Então seu gato vem sujar meu muro, defecar na minha varanda, "fornicar" no meu telhado, revirar meu lixo, soltar pelo na minha casa, transmitir toxoplasmose para meus filhos, comer a ração do meu cão, miar a madrugada inteira na janela do meu quarto, comer a carne do meu churrasco que está de bobeira no balcão e EU que sou o ERRADO de querer ter minha privacidade dentro da MINHA CASA!!! Faz o seguinte dona Rose, compra todas as casa do condomínio, ai seu gato pode passear lá tranquilamente.... É cada loco nesse mundo que eu vou te contar...

  • Ernani | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h12
    18
    3

    Gatos são animais muito "limpos" onde moram, mas fazem suas necessidades nos terrenos dos vizinhos, mal enterrando e deixando um mau cheiro insuportável. Tenho um vizinha que cria diversos gatos, que faziam suas sujeiras no jardim dianteiro da minha casa e dos demais vizinhos. Tive que instalar alambrados para evitar que fizessem na minha casa, pois ela não aceita reclamações. É melhor criar cães, que se acostumam a defecar e urinar nas áreas externas das casas onde moram, e não nos vizinhos. Pense nisso, psicóloga.

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

Janela tira muitos políticos do calvário

gilberto figueiredo curtinhas   O fechamento da janela partidária, que encerrou-se no último sábado, dia 4, marcou o fim de um longo calvário aos partidos, que tiveram que suportar em seus quadros políticos que não estavam mais de “alma”, mas somente de “corpo”. Na Câmara...

Só 2 vereadores não vão à reeleição

felipe wellaton curtinha 400   Apenas dois entre os 25 parlamentares cuiabanos não vão buscar a reeleição. O licenciado Gilberto Figueiredo, que trocou o PSB pelo DEM, quer concorrer a prefeito, assim como Felipe Wellaton (foto), que até trocou de partido, saindo do PV e agora no Cidadania. Pretende disputar...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.