Rose Domingues

Homem "pra casar" tem que cozinhar e lavar louça

Por 16/02/2020, 07h:24 - Atualizado: 16/02/2020, 07h:31

Dayanne Dallicani

Colunista Rose Domingues

Roberto é inteligente, tem formação superior, um corpo bonito, forte, um cheiro bom, além de um jeito tranquilo, calado, sempre abandonado e distante no sofá lendo um livro. Éramos muito amigos até que nos apaixonamos no final da década de 90. Mas de todas as qualidades, ele me conquistou por ser bom pilotando um fogão quatro bocas.

Ele cozinhava divinamente de tudo um pouco: peixe assado, churrasco, leitoa, bife acebolado, sopa, pão caseiro e até bolo. Roberto quem fez o melhor bobó de camarão que eu já comi na vida! Aliás, graças a ele aprendi a comer frutos do mar, que antes não podia nem sentir o cheiro. Que homem abençoado.

Quer saber mesmo onde é o lugar de homem?  Na cozinha, no tanque, no banheiro, em casa fazendo faxina com detergente, sabão em pó e alvejante

Quer saber mesmo onde é o lugar de homem?  Na cozinha, no tanque, no banheiro, em casa fazendo faxina com detergente, sabão em pó e alvejante. Sempre digo ao meu filho Pedro, 20 anos, que dentre todas as qualidades, algo vai chamar mais a atenção da moça com quem um dia se casará.  “Namorei muito até encontrar o homem certo, um parceiro que lava a louça”.

Até porque vocês sabem, mais de 80% dos divórcios são pedidos pelas mulheres, que ficam cansadas de serem empregadas dos maridos. Os tempos mudaram, estamos no mercado de trabalho, nas escolas, universidades, aprendemos vários idiomas, viajamos e cuidamos da saúde. Mas para que tudo isso aconteça sem ter que renunciar ao projeto de casar e ter filhos, eles precisam dividir responsabilidades. 

Aliás, o casamento deixou de ser apenas um mero contrato para se tornar uma aspiração de crescimento pessoal, uma parceria. Por isso, tem que ser construído com pequenos tijolos de gentileza e compreensão. Não dá mais para continuar com a mesma crença antiga de que após o casamento a necessidade de conquista acabou, muito pelo contrário. Mulheres precisam ser reconquistadas diariamente.

Dizem que Sócrates, um dos fundadores da filosofia ocidental, costumava lavar a louça para acalmar a esposa. Xantipa naquela época era considerada um desafio de convivência devido ao temperamento argumentativo e briguento. “Na companhia dela estou me aprendendo a me adaptar ao resto da humanidade. Portanto, seja como for, case-se”. Então, ele completa: “Se escolher uma mulher boa será feliz. Se escolher uma mulher como a minha, será filósofo”.

Acontece que hoje somos milhares e milhões de “Xantipas” e já não nos acalmamos quando recebemos uma “ajudinha”, aconteceu comigo assim. Foram mais de 12 anos de casamento com o Roberto, até que no ano de 2011 fiz as malas e fui embora despedaçando o coração daquele homem gigante. O que aconteceu de verdade? Cansei.

Não foi fácil conviver com a culpa de “destruir” uma família e o amor romântico de uma pessoa. Por isso, eu sinto muito de verdade. Oito anos se passaram e me toquei recentemente que não me casei de novo. Como se estivesse congelada no tempo apenas trabalhando e cuidando dos filhos. De repente surgiu uma angústia, uma urgência, lembrei que também sou mulher e quero um homem ao meu lado outra vez.

Sem saber por onde começar, fui buscar ajuda de uma psicóloga, que me fez redigir uma lista com o perfil desejado, a exemplo de quando a gente quer contratar um funcionário ou fazer compra no supermercado. Não sei se isso funciona assim, universo, tão metodicamente. Então, durante a sessão, perguntei se poderia descrever as características do Roberto com alguns melhoramentos de câmbio, embreagem e conforto térmico?

Ela disse que não e rimos juntas. Sério, eu gostava muito do jeito do Roberto, era quase perfeito. Além de cozinhar, lavar a louça, gostar de crianças, animais e organizar a casa, ele também precisa fazer compras de supermercado seguindo a lista e sempre atento às promoções. Poderíamos brincar de quem é mais pão duro, por exemplo.

Não precisa ter bom humor matinal

Sinceridade é a alma da relação, mas não precisa ser desagradável. Caso você ache que meu vestido pareça a cortina da sua casa, o cinto do Papai Noel e as roupas de ginástica capas de almofada, por favor, fique calado. Um dia você não vai entender porque deixei de amá-lo, mas acho que cansei de rir das suas brincadeiras que não têm graça, é isso.

No meu caso, um homem pra casar não precisa ter bom humor matinal, até porque só me reconheço como pessoa depois das nove da manhã. Melhor que seja uma boa companhia para atravessar a noite bebendo cerveja, ouvindo música e conversando. Um homem notívago, como eu. Mas que seja caseiro, porque odeio barulho, tumulto e usar banheiro sujo de bar. 

Gênio difícil não é a palavra certa, prefiro dizer com uma pitada de teimosia. Daqueles que encasquetam com uma ideia e vão até o fim, que demonstram acima de tudo força de caráter e obstinação. Outra coisa que aprecio é a generosidade, aquele tipo de gente que não mede esforços para ajudar a todos, inclusive a mim.

Para todos os efeitos, ele precisa ser um cara sério e compenetrado, mas quem diria que costuma jogar água da pia no meu rosto e imitar monstros de desenho animado! Um homem inteligente sem ser chato, carinhoso sem ser grudento, independente sem sumir, respeitador sem ser frio, meu Deus, esse homem existe?

Vozes na minha cabeça dizem que sim. Não, não é esquizofrenia. Do alto da torre mais alta, olho para baixo e vejo um homem vindo na minha direção. Ele passou por barreiras quase intransponíveis e matou meu dragão que cospe fogo. Cansado, sentou-se no chão e soltou um grito. Não era eu te amo ou você é a metade da minha laranja (ufa, que brega). Na verdade, ele apenas me pediu um copo d’água. É um bom começo, pode entrar!

Rose Domingues Reis é jornalista graduada pela UFMT, especialista em Liderança e Coaching – MBA pela Unic, com formação em Psicologia Positiva pelo Instituto de Psicologia Positiva e Comportamento (IPPC) de São Paulo e escreve exclusivamente neste espaço aos domingos. E-mail: rosidomingues@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Ana Julia | Domingo, 16 de Fevereiro de 2020, 20h07
    2
    0

    É sério mesmo? #meajudaamiga kkkkkk

  • Comentarista | Domingo, 16 de Fevereiro de 2020, 17h18
    2
    1

    Quanta bobagem...isso aqui agora virou diário? RdNews, por favor....

  • Davi | Domingo, 16 de Fevereiro de 2020, 11h13
    2
    4

    Homem tem que ficar solteiro. O sexo mais caro é o do casado. Já fui e não recomendo.

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.